Silas lembra trajetória no Avaí para explicar momento do Grêmio - JEC - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

06/02/2010 | 09h10

Silas lembra trajetória no Avaí para explicar momento do Grêmio

Técnico reitera que time está em construção e que vai se encaixar

Silas lembra trajetória no Avaí para explicar momento do Grêmio Valdir Friolin/
Silas garante que Grêmio vai se encaixar Foto: Valdir Friolin

O técnico Silas já convive com as cobranças da torcida pelo início de temporada que não acompanha as expectativas. O Grêmio contratou jogadores de qualidade, manteve alguns da temporada passada e conta com meninos que se destacaram na base no grupo principal. Porém, o Gauchão, a equipe saiu perdendo em todos os jogos, além de ter perdido o primeiro Gre-Nal do ano.

Para tentar explicar o momento do Grêmio, Silas lembra de sua trajetória no comando do Avaí. O clube catarinense terminou o Brasileirão do ano passado como uma das surpresas, em sexto lugar, na frente até mesmo do Grêmio. Porém, o treinador destaca que o começo foi bem complicado.

– Quando eu comecei no Avaí não foi diferente. É que o torcedor vê o Silas que ficou em sexto no Brasileiro com o Avaí na frente do Grêmio. Mas se ver o início, perdemos para a Chapecoense por 5 a 1 e na final do Catarinense enfiamos 6 a 1 neles. Tivemos que ajustar muito, o Avaí não ficou daquele jeito do dia para a noite. Com o Grêmio também não vai ser diferente – destacou.

Cobrança por parte da direção, o técnico Silas diz que ainda não sofre.

– Nenhuma cobrança. A direção esta acompanhando o trabalho, e por também viver a questão do lado de dentro, eles sabem. A direção também entende que é um momento de construção – declarou.

Silas acompanha o início de temporada de outros clubes, e diz que sente a mesma dificuldade na maioria.

– A gente que acompanha jogo a jogo, detalhe de marcação, vê que está todo mundo sofrendo um pouco. Exceto um ou outro clube que está junto há mais tempo, mas a maioria ainda está se encaixando – avaliou.

– Você percebe isso quando o Muricy dá uma entrevista, o próprio Fossati aqui no Inter falou que só no sétimo ou oitavo jogo para se atingir um nível bom. Os jogadores que estão aqui de uma forma progressiva são o Victor, o Mário, o Rafael, o Ferdinando, o Borges. São poucos. O Leandro, por exemplo, vai praticamente começar de novo, mais por causa do entrosamento – completou.

CLICESPORTES

Notícias Relacionadas

05/02/2010 | 18h06

Atacante de área, William evita comparação com Maxi López

Jogador já está liberado para atuar pelo Grêmio

05/02/2010 | 17h49

Grêmio está de olho em zagueiro que disputa a Liga dos Campeões

Técnico Silas afirma que direção vai contratar substituto para Réver

05/02/2010 | 17h08

Grêmio próximo de anunciar zagueiro Igor

Entre o Jogador e o clube já está tudo certo

05/02/2010 | 09h10

Douglas trabalha para ser um dos cobradores oficiais de faltas

Meia do Grêmio também tem qualidade na bola parada

05/02/2010 | 07h42

Grêmio passará a segunda-feira viajando

Tme estreia pela Copa do Brasil na próxima quarta

05/02/2010 | 07h10

Maylson se sente bem como volante, meia e lateral

Jogador não escolhe posição e se coloca à disposição de Silas

04/02/2010 | 18h25

Maylson: O que me falta é sequência de jogos

Jogador espera chance para ganhar confiança e se firmar no time do Grêmio

04/02/2010 | 17h46

Calor faz Grêmio remarcar treino desta sexta para as 18h

Ainda não está definido se trabalho será com portões fechados

 

Siga JEC na Rede no Twitter

A Notícia
Busca