Torcedores queimam bandeira e camiseta da Seleção no Mercado Público de Joinville - Copa 2014 - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Decepção08/07/2014 | 20h41

Torcedores queimam bandeira e camiseta da Seleção no Mercado Público de Joinville

Público protestou e até chegou a pedir pelo o oitavo gol do time alemão

Torcedores queimam bandeira e camiseta da Seleção no Mercado Público de Joinville Rodrigo Philipps/Agencia RBS
A imagem mostra um torcedor ateando fogo na bandeira enquanto outras pessoas assistem à cena Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

— Oito! Oito! Oito! Oito!

É o que gritavam os torcedores que lotaram a praça do Mercado Público de Joinville no fim do jogo da Seleção Brasileira contra a Alemanha. O pedido pelo oitavo gol da Alemanha, mais do que um protesto, virou o coro de decepção. Mas não exatamente de tristeza.

>> Torcedores joinvilenses não imaginavam que presenciariam baile de gols
>> As dez expressões que resumem a derrota do Brasil para a Alemanha
>> Veja todas as notícias sobre a Copa do Mundo
>> ENQUETE: como você classifica a goleada sofrida pelo Brasil?

A derrota, que já estava escrita ainda no primeiro tempo, fez com que boa parte dos torcedores passassem a olhar para o celular, começassem a namorar, caminhar, conversar... ainda no começo do segundo tempo.

No fim do jogo, um grupo que acompanhou a partida ao lado de um dos estacionamentos do Mercado Público queimou uma bandeira e uma camiseta da Seleção. O protesto começou com um torcedor, mas a reportagem de "AN" viu que logo apareceram outros, cada um com seu isqueiro, para ajudar a atear fogo nos tecidos.

A camiseta foi queimada primeiro. Depois, a bandeira. O protesto, acompanhado de gritos de indignação, como "vergonha" e "humilhação", logo revoltou outros torcedores, que consideraram o ato exagerado.

Algumas pessoas pediram para que a queima fosse parada e alertaram o grupo de que isso é crime. Outro torcedor, com a camiseta da Seleção, disse que a torcida deveria ficar unida, na vitória ou na derrota.

Queimar a bandeira do Brasil é crime previsto em leis diferentes. A principal delas é a Lei 5.700, de 1971. Pelo texto, destruir ou ultrajar a bandeira é um ato de contravenção, ou seja, um crime menor.

Assim que a bandeira e a camiseta foram abandonadas no chão, o grupo de dissolveu e ninguém foi detido.

O Centro da cidade nem de longe lembrou o fim dos últimos jogos. Em vez de buzinas e festa, tristeza e pessoas voltando em silêncio para casa.

A NOTÍCIA

 
A Notícia
Busca