Vendas na Black Friday devem superar os R$ 19 milhões em Joinville - Economia - A Notícia

Vers?o mobile

 

Economia22/11/2018 | 13h58Atualizada em 22/11/2018 | 14h06

Vendas na Black Friday devem superar os R$ 19 milhões em Joinville

Projeção de vendas no município é quase 12% superior ao levantamento feito no ano passado pelo idealizador do evento no Brasil

Vendas na Black Friday devem superar os R$ 19 milhões em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Evento vai movimentar milhões no comércio joinvilense nesta sexta-feira Foto: Salmo Duarte / A Notícia

O volume de vendas da Black Friday 2018, marcada para esta sexta-feira (23), deve ultrapassar os R$ 19 milhões no comércio de Joinville. A projeção é 11,76% maior do que o previsto no mesmo período do ano passado, de acordo com o idealizador do evento no Brasil, o site Busca Descontos. O impacto econômico esperado para Joinville representa ainda 18% do movimento gerado em Santa Catarina, no qual o valor de vendas deve exceder os R$ 106 milhões.

Confira dicas para aproveitar as promoções da Black Friday com segurança

No Brasil este é considerado o dia mais importante para o comércio eletrônico nacional, e gira em torno dos R$ 2,5 bilhões ao longo de 24 horas (19% maior que em 2017), segundo Ricardo Bove, diretor do site oficial do evento.

— Este crescimento ocorre desde quando trouxemos o evento para o Brasil em 2010 e demonstra o diferencial da Black Friday daqui: ela nasceu inclusiva por conta do foco no comércio eletrônico, já que o ambiente digital possibilita a participação de todos, inclusive fora dos grandes centros, e basta ter internet para aproveitar — aponta.

Em Joinville, o otimismo vai além da consolidação da data no cenário eletrônico. As lojas do comércio de rua da cidade contam com promoções e que começaram antes mesmo da ‘sexta-feira negra’, e traz descontos em setores diversos desde o início da semana. Em parte dos estabelecimentos, na região central, as ofertas serão estendidas até sábado.

Data traz empolgação ao comércio

 JOINVILLE,SC,BRASIL,21-11-2018.Black Friday.Comercio da cidade já entrou no clima.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Em Joinville, comerciantes aumentaram os dias de promoção para atrair a clientelaFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Assim como no ano passado, os lojistas apostam como preferência dos joinvilenses a compra de produtos eletrônicos como celulares e smartphones, televisores, além de itens de vestuário e perfumaria. No entanto, a expectativa é de aumento nas vendas no comparativo com a última edição.

— Esse ano a expectativa é de que o fluxo aumente, porque até para quem vende essa mudança no preço é sentida nesses dias. A depender do produto, o desconto pode variar de 30% a 50%, então compensa — afirma Robson Lima, gerente da Loja MM, que deve focar as promoções nas vendas de móveis, cama-box, guarda-roupas e sofá, cujos descontos devem variar de R$ 300 até R$ 500 em alguns produtos.

O pagamento da primeira parcela do décimo terceiro também é visto como motivador. Conforme o gerente da ‘Top Cell’, João Vitor Sani, a perspectiva é de que o resultado nas vendas deste ano supere o conquistado um ano antes. Para isso, o comerciante também direcionou as promoções em uma linha específica que tende a ter maior procura na data, os chamados ‘kits de proteção de aparelhos celulares’.

— É uma data em que as pessoas acabam trocando de aparelho ou compram celulares e precisam colocar película e capas de proteção. Então vamos ter esse foco, hoje um kit que chega a custar R$ 250 poderá ser encontrado a R$ 150 — exemplifica.

Para os clientes, mesmo antes da sexta-feira, a procura por novidades já era feita. De Manaus e São Paulo, Inês Franco (50) e Iraci Alcântara (42), aproveitaram a vinda para alugar uma casa em Joinville, na última quarta-feira, e foram até o comércio pesquisar os preços.

— Já encontramos bastantes promoções, ótimos preços e atendimento muito bom, a sensação é de que a Black Friday já começou, disse Inês.

“Na verdade a Black Friday costuma ser uma boa data devido ao seu simbolismo, mas hoje o cliente está muito exigente e ele quer qualidade e bom preço em qualquer tempo, então as ações para agradar o público permanecem o ano todo”, considera Matias dos Santos, vendedor da Loja Sedução, que há 36 anos está instalada no centro de Joinville.

 JOINVILLE,SC,BRASIL,21-11-2018.Black Friday.Comercio da cidade já entrou no clima.Matias Monteiro e Sônia Rcheter,organizando a vitrine da loja.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Os vendedores da Loja Sedução, Matias e Sonia, fazem os últimos ajustes na vitrine para a Black Friday 2018Foto: Salmo Duarte / A Notícia


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMuseu de Arte de Joinville recebe Feira Jardim Criativo neste domingo  https://t.co/MOm7Jj6md7há 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaApós boa estreia, Joinville e Avaí têm grande teste pelo Catarinense 2019   https://t.co/qwo0qpjs7zhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca