Empresas precisam ser atentas e estar em "alerta" para sobreviver ao mercado, indica palestrante - Economia - A Notícia

Versão mobile

 

Expogestão 201809/05/2018 | 17h50Atualizada em 09/05/2018 | 18h37

Empresas precisam ser atentas e estar em "alerta" para sobreviver ao mercado, indica palestrante

O presidente da Thymus Branding, Ricardo Guimarães, participou do evento em Joinville na tarde desta quarta-feira

Empresas precisam ser atentas e estar em "alerta" para sobreviver ao mercado, indica palestrante Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Em seu segundo dia, na tarde desta quarta-feira (09), a Expogestão 2018 contou com uma palestra sobre valores e propósitos, em Joinville. O presidente da Thymus Branding, Ricardo Guimarães, falou sobre como as empresas se comportam atualmente e como elas devem se transformar para continuar perenes diante de um cenário que muda de maneira imprevisível e fora de controle.

Segundo o especialista, o fator mais relevante e que muda tudo na vida das pessoas é a aceleração do tempo nas relações. Isso tem a ver com a tecnologia e a quantidade de gente no mundo. Antigamente, eram poucas pessoas e uma tecnologia muito pobre e cara, levando a anos ou décadas sem algo novo e relevante acontecer em nosso cenário.

Atualmente, a realidade mudou e tudo está acelerado. No entanto, Guimarães aponta que é o medo da insegurança que faz com que não mudemos, porque a certeza de que o futuro será igual ao passado foi justamente o motivo de valorizarmos as melhores práticas deste passado.

— Uma cultura de empresa para sobreviver ao ambiente não é a calma. É uma empresa atenta e alerta. Isso tem que mudar — garante.

Ricardo defende que as empresas devem contratar o profissional que se identifique com ela para que a pessoa participe da mudança como agente e não como vítima. Assim, o sistema funcionará como um canal, em que a pessoa entra, contribui com a empresa e também sai com uma contribuição adquirida. A empresa será perene e útil para a sociedade.

— As gírias capturam a essência da época. Por isso, "tamojunto e misturado. É nois" — brinca.

Guimarães diz que o ecossistema atual das tecnologias alimenta quem contribui para ele e pune quem não o faz. Por isso, quem quer uma empresa perene precisa ter um sonho grande e bom. Porém, deve ser bom para todos para que isso também retorne para a empresa e a ajude a se manter forte.

Ricardo Guimarães: Presidente da Thymus Branding. Fundador da RAPS e do instituto ATA, co-autor dos livros ¿Gestão Integrada dos Ativos Intangíveis¿ e ¿Liderança Baseada em Valores - caminhos para a ação em cenários complexos e imprevisíveis¿.Tema: Valores e PropósitosPalestra: Propósito, Tensão e Evolução
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Ricardo Guimarães

Presidente da Thymus Branding. Fundador da RAPS e do instituto ATA, co-autor dos livros "Gestão Integrada dos Ativos Intangíveis" e "Liderança Baseada em Valores - caminhos para a ação em cenários complexos e imprevisíveis".

Leia mais: 

Confira a programação das palestras da Expogestão 2018

Especialistas mostram os potenciais das criptomoedas e novas tecnologias digitais nos negócios

"Precisamos de líderes que sejam verdadeiramente responsáveis", diz consultor internacional




 

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre dois caminhões é registrado na BR-280 em Rio Negrinho https://t.co/L8DqQpqY7L #LeianoANhá 31 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFestival de Dança de Joinville: conheça a programação completa do evento https://t.co/jI0AFd9GOV #LeianoANhá 56 minutosRetweet
A Notícia
Busca