Movimentação de cargas cresce 10% no terminal de logística do Aeroporto de Joinville - Economia - A Notícia

Versão mobile

 

Economia24/04/2018 | 15h10Atualizada em 24/04/2018 | 15h10

Movimentação de cargas cresce 10% no terminal de logística do Aeroporto de Joinville

Terminal de Logística de Cargas (Teca) do aeroporto movimentou 501,7 t no primeiro trimestre

Movimentação de cargas cresce 10% no terminal de logística do Aeroporto de Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Aeroporto de Joinville Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

O Terminal de Logística de  Cargas (Teca) do Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola registrou crescimento de 10% no movimento de cargas no primeiro trimestre de 2018 com relação ao mesmo período do ano passado. Foram processadas 501,7 toneladas ante 455,6 t de cargas totalizadas nos três primeiros meses de 2017.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o destaque ficou por conta do setor de importação, registrando 501,2 t em movimentação. Esse volume representa um acréscimo de 10,4% na comparação com os três primeiros meses do ano passado, quando foram computadas 453,8 t no complexo logístico.

O Teca de Joinville trabalha com cargas provenientes de países da Europa com destino a região norte do Estado de Santa Catarina. Os setores metal-mecânico, eletrodomésticos da linha branca, fármacos e equipamentos médicos hospitalares foram os principais segmentos da carga movimentada pelo complexo logístico. O terminal foi inaugurado em 11 de dezembro de 1974 e conta com uma área de 2.627 m².

Para o superintendente do aeroporto, Rones Rubens Heidemann, a retomada do crescimento econômico, os números da balança comercial refletem o bom momento do País, e as importações na Região de Joinville acompanharam essa tendência. 

— Com fortalecimento da produção das indústrias instaladas no estado, o TECA de Joinville se mantem como porta de entrada para as cargas de alto valor agregado — aponta.

Complexos logísticos da Infraero

As operações dos terminais de logística de cargas da Infraero apresentaram crescimento de 19,5%, saltando de 104,5 mil toneladas em 2016 para 124,8 mil toneladas em 2017. O destaque foi o setor de importações, com incremento de 24,6%, chegando a 85,5 mil toneladas. Enquanto isso, a arrecadação da atividade de Soluções Logísticas obteve um incremento de 35,1% em 2017 na comparação com 2016, alcançando a marca de R$ 263,6 milhões.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 12, 13, 14 e 15 de outubro de 2018 https://t.co/w00Q4GLn6A #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDuas professoras de Joinville estão na final de prêmio nacional https://t.co/7ZD08Kwya1 #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca