Preço do ovo de Páscoa varia até 100% em Joinville, mostra pesquisa do Procon - Economia - A Notícia

Vers?o mobile

 

Economia15/03/2018 | 15h08Atualizada em 15/03/2018 | 15h12

Preço do ovo de Páscoa varia até 100% em Joinville, mostra pesquisa do Procon

Levantamento considera preços praticados em seis estabelecimentos da cidade

Preço do ovo de Páscoa varia até 100% em Joinville, mostra pesquisa do Procon Salmo Duarte/A Notícia
Divulgada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) nesta quarta-feira Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Em Joinville, quem não abre mão de comprar uma lembrancinha e deseja economizar na Páscoa, celebrada em 1º de abril, tem uma grande aliada antes de ir às compras: a pesquisa de preços dos produtos para a data. Divulgada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) nesta quarta-feira, a iniciativa reúne as variações de valores de cerca de 70 qualidades de chocolates, de cinco marcas diferentes em seis estabelecimentos comerciais.

O levantamento ocorreu nas lojas Americanas e nos supermercados Angeloni, Big, Condor, Fort Atacadista e Giassi. Foram avaliados os preços dos ovos de Páscoa, caixas de bombom e barras, com pesos que variam de 70 gramas (g) até um quilo (kg).

Entre os itens pesquisados, o Batom Fazenda de 115g, da Garoto, apresentou a maior diferença percentual de preço entre um estabelecimento e outro. A variação chega a 100,7%, sendo vendido a R$ 14,99, no Condor, e a R$ 29,99, nas lojas Americanas. Já o menor desnível proporcional é verificado no Kinder Maxi Feras de 150g, da Kinder Ovo, 4,6%, decorrente dos valores mínimo, de R$ 48,90, e máximo, de R$ 51,15, no Fort Atacadista e Angeloni, respectivamente.

 Blumenau - Sc - Brasil - 15032018 - O que o mercado espera da Páscoa 2018, case Guiomar Luz
Preços das caixas de bombom e chocolates em barra estão mais em conta do que os ovos de Páscoa, demonstra pesquisaFoto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina

A pesquisa mostra ainda que, considerando o preço dos produtos, o Ferrero Collection, da Ferrero Rocher, mantém a tendência do ano passado e é o ovo de Páscoa com maior diferença de valores, em reais, R$ 20,44. A unidade de 241g chega a variar entre R$ 49,55 (Condor) a R$ 69,99 (Americanas). Em compensação, o maior equilíbrio ocorre nas caixas de bombons da Garoto, que sai por R$ 6,98 (Giassi) e R$ 8,15 (Angeloni). Variação de R$ 1,17 de um mercado ao outro.

O resultado do levantamento apontou ainda que os ovos continuam sendo os mais caros devido ao seu simbolismo para a data. Nos locais visitados pelo Procon o preço desses chocolates variam de R$ 8,90 a R$ 114,90, dependendo da marca e quantidade. Para o bolso a melhor pedida continua sendo o chocolate em barra, que pode ser adquirido por R$ 3,19 até R$ 6,99.

 
A Notícia
Busca