Porto de São Francisco do Sul antecipa para domingo previsão de retomada da exportação de grãos - Economia - A Notícia

Versão mobile

 

Economia14/03/2018 | 08h33Atualizada em 14/03/2018 | 08h52

Porto de São Francisco do Sul antecipa para domingo previsão de retomada da exportação de grãos

Novo prazo foi definido em reunião realizada na noite de terça-feira

Porto de São Francisco do Sul antecipa para domingo previsão de retomada da exportação de grãos Divulgação/Divulgação
Parte de esteira cedeu no Porto de São Francisco Foto: Divulgação / Divulgação

A previsão de retomada dos carregamentos no terminal graneleiro do SCPar Porto de São Francisco do Sul foi encurtada após reunião realizada na noite de terça-feira (13). Inicialmente a administração portuária havia estabelecido quinta-feira da próxima semana como data de liberação das esteiras de embarque de grãos, após uma delas ceder há três dias. Agora, a expectativa é de que esse prazo seja encurtado para domingo (18).

A possibilidade de rever a data de retomada do serviço foi possível depois de superadas as dificuldades de conseguir equipamentos para calçar a galeria, conforme aponta o diretor-presidente do SCPar Porto de São Francisco do Sul, Luís Furtado. O problema no carregamento dos produtos para exportação no terminal graneleiro impede o embarque de 30 mil toneladas de grãos por dia na unidade. 

A previsão de que ao menos 50% dos carregamentos sejam retomados nos próximos dias e a totalidade do serviço seja restabelecida até 40 dias depois da liberação. Investimentos também são esperados no local até 2020.

A exportação de granel sólido via Porto de São Francisco do Sul está paralisada desde a manhã de domingo, 11, quando uma parte de aproximadamente 40 metros da galeria de uma das duas esteiras de embarque cedeu. O problema foi registrado às 10h45, enquanto uma carga era transportada. De acordo com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), responsável pela manutenção das esteiras, a estrutura foi erguida em 2004, é resistente, e não ficou totalmente comprometida. No entanto as atividades no local foram suspensas até que a situação seja regularizada. 

Os impactos financeiros decorrentes do incidente ainda são levantados e ao menos sete navios aguardam à retomada do serviço para zarpar - outros dois chegam ainda hoje.

Leia mais
Confira mais destaques de Joinville e SC no NSC Total


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC goleia o Figueirense e vence a primeira na Copa Santa Catarina https://t.co/Os8SoSQEaQ #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDo clássico ao rock, Pianíssimo de Joinville prova que piano é para todos os gostos e idades  https://t.co/CAz69AcaB7 #LeianoANhá 13 horas Retweet
A Notícia
Busca