Lançada programação da Expogestão 2018 em Joinville - Economia - A Notícia

Versão mobile

Negócios07/02/2018 | 17h06Atualizada em 07/02/2018 | 17h21

Lançada programação da Expogestão 2018 em Joinville

Transformação digital e futuro do trabalho estão entre os temas de destaque do evento neste ano, que conta com quatro palestrantes internacionais

Lançada programação da Expogestão 2018 em Joinville André Kopsch/Divulgação
Evento de lançamento da programação da Expogestão 2018 aconteceu na manhã desta quarta-feira em Joinville Foto: André Kopsch / Divulgação

A transformação digital e os impactos das novas tecnologias nas relações de trabalho, nos negócios e no futuro das profissões e carreiras darão o tom das palestras e debates da Expogestão 2018, em Joinville. Os temas aparecem em evidência nas atrações da 16ª edição, que teve a programação lançada nesta quarta-feira (7). O evento, considerado um dos maiores encontros corporativos do País, está marcado para os dias 8, 9 e 10 de maio.

Apresentada pelo empresário Giuliano Donini, presidente da comissão organizadora, e Alonso José Torres, da Ópera Eventos, a programação da Expogestão conta com 12 nomes de palestrantes e painelistas confirmados - 85% do total, quatro deles internacionais. Entre os participantes estão o embaixador da Argentina no Brasil, Carlos Magariños, Décio da Silva, presidente do Conselho Administrativo da WEG S.A, Peter Walker, sócio-fundador da R&G Global Consultants e Vince Molinaro, Diretor Global de Soluções Estratégicas na Lee Hecht Harrison.

Os convidados terão a missão de expor temas multidisciplinares como liderança, cultura e gestão, comportamento, excelência profissional, inovação e saúde e bem-estar. No centro dos debates também haverá destaque para uma leitura do cenário político-econômico atual.

— Temos o compromisso de trazer assuntos que inspirem as pessoas, façam elas inovarem e, a partir disso, evoluam. Vamos trazer muito forte a questão da transformação digital e como ela afeta o dia a dia das empresas, do indivíduo, além da parte da saúde e do bem estar e o futuro do trabalho. Também, no meio do ano, vamos  estar em um turbilhão com relação à política e economia e o empresário ele tem que estar atento para essas questões, então trazemos um cientista político fazer uma leitura deste cenário — salienta Alonso.

Durante o evento devem ser reiterados ainda os impactos da Internet Industrial, tema de maior destaque na última edição, e um aprofundamento nas novas tecnologias financeiras como o universo das moedas digitais.

A exemplo do ano passado, são esperadas mais de seis mil pessoas de mais de 100 cidades nos três dias da Expogestão. A 16ª edição terá em paralelo rodas de negócios, encontro de startups, o Congresso Nacional de Atualização em Gestão e a Feira de Negócios e Relacionamentos - gratuita mediante cadastro. Outros cerca de 40 workshops estão sendo idealizados em cinco salas do Complexo Expoville, com capacidade para até 50 pessoas cada um, que terão palestras gratuitas específicas em torno das temáticas do evento.

PALESTRANTES E PAINELISTAS

CARLOS MAGARIÑOS
Economista, diplomata, fundador da Foresight 2020 e da Global Business Development Network
Tema: O Futuro do trabalho
Título: Soluções e oportunidades, presentes do futuro
Ficha:
Mudança. Futuro. Soluções. Estes três conceitos que balizam a determinação de aproveitar a transformação para alcançar objetivos, incluindo o de vencer ao mesmo tempo desafios dos séculos 19, 20 e 21, serão abordados pelo embaixador Carlos Magariños na palestra de abertura da Expogestão 2018. Para ele – um dos maiores especialistas sobre o impacto do futuro do trabalho na economia, nas empresas e na sociedade, as soluções virão de instituições, porque o protagonismo do futuro está nas pessoas.

PETER WALKER
Sócio cofundador da R&G Global Consultants
Tema: Cultura de Gestão
Título: Das mudanças individuais à geração de resultados
Ficha:
Em sua palestra, Walker, que é engenheiro químico e cursou Lean Six Sigma no Centro de Desenvolvimento da Gestão da GE, desvendará o Processo de Aceleração de Mudança e defenderá a importância do desejo individual de transformar e da maneira como se olhas para as empresas, que 80% da mudança corporativa se baseia em comportamento e definição de métricas.

VINCE MOLINARO
Diretor Global de Soluções Estratégicas na Lee Hecht Harrison
Tema: Liderança
Título: Contrato de liderança
Ficha:
O que é liderança hoje e como se preparar para ser líder amanhã? Como desenvolver essa capacidade, atrevendo-se a sair da zona de conforto para transformar o mundo ao seu alcance em um lugar melhor? Desenhar e estabelecer um novo contrato de liderança é o tema da palestra de Vince Molinaro, que atua há mais de duas décadas como conselheiro de executivos que buscam aumentar o comprometimento dos líderes em suas organizações.

ROBERT PEARLSTEIN
Vice-Presidente para Negócios Corporativos e Desenvolvimento Internacional da SRI
Tema: Inovação e Transformação
Título: Pesquisa, desenvolvimento e a força transformadora das inovações
Ficha:
A Stanford Research Institute (SRI), ligada à respeitada universidade Stanford, tem sete décadas de atuação voltada para inventar um futuro no qual pesquisa e desenvolvimento fazem da inovação uma realidade em setores de ponta – como neurociência à microrobótica, da biotecnologia à energia e da cibersegurança a inteligência artificial. Pearlstein apresentará na Expogestão as tecnologias que estarão em breve em nosso cotidiano e também trará a reflexão e o aprendizado de pesquisa, desenvolvimento e inovação da SRI baseados na prática de negócios bem sucedidos, nos Estados Unidos e no mundo, provocando um repensar sobre o que é inovação hoje.

GIL VAN DELFT
Presidente da Michael Page Brasil
Tema: Talentos e novas tecnologias
Título: O profissional do amanhã – mitos e fatos
Ficha:
O impacto das novas tecnologias nas relações de trabalho, no perfil das profissões e no futuro das carreiras é um caminho sem volta. A inteligência artificial, antes associada a um futuro longínquo, entrou com força na vida das pessoas e das corporações. Como os líderes, executivos e gestores podem se preparar para esse novo contexto, no qual a inteligência artificial terá um papel crescente, é o ponto de partida da palestra de Gil van Delft, CEO do Page Group – que volta à grade de palestrantes na Expogestão 2018. Com base em dados levantados pela empresa, líder global em recrutamentos especializados, Gil indicará como profissionais que já estão no mercado de trabalho podem fazer a transição para carreiras e postos de trabalho que hoje não se sabe quais serão; e como as empresas podem se preparar para esse percurso.

FABIANO MOULIN DE MORAES
Neurologista e mestre em ciências, membro titular da Associação Brasileira de Neurologia
Tema: Saúde e bem-estar
Título: O cérebro, nosso guia pela jornada da vida
Ficha:
Para a maioria dos executivos, a lista dos motivos mais corriqueiros e perfeitos para causar estresse parece infindável. A opção a ficar estressado ou deprimido é mudar de dentro para fora. Pensar no que é saúde leva a outra questão, mais básica, fundamental e fascinante: o que é a vida? Para o médico Fabiano Moulin de Moraes, especialista em Neurologia do Comportamento e da Cognição, a partir do entendimento científico da vida é possível elaborar um conceito sobre o que são saúde, doença e morte e, principalmente, estimular e incentivar nosso papel nessa construção. E mais: esse processo ajuda a descobrir as finas relações que se estabelecem entre a saúde e o adoecimento do corpo biológico e do corpo social.

MARCOS PIANGERS
Jornalista, escritor, radialista e apresentador
Tema: Comportamento
Título: A mudança que você faz no mundo
Ficha:
Diante do passo exponencial das revoluções tecnológicas, o controle dos algoritmos e a impressionante aderência das novidades às mais diferentes camadas etárias e sociais, como podemos usar essas mudanças a favor das relações afetivas, familiares e profissionais, lançando novos olhares sobre o mundo e sobre a realidade de cada um? É a partir desse fio condutor que Marcos Piangers conduzirá os congressistas da Expogestão à trajetória de pensamento com a qual cada um encontrará pontos de identificação e tangência. Em síntese, o palestrante lança um profundo olhar sobre as relações – sociais, profissionais, familiares, consigo -, neste mundo permeado pelas tecnologias digitais.

DÉCIO DA SILVA
Presidente dos Conselhos de Administração da WEG, da Oxford e da WPA, membro do Conselho de Administração da Tigre e do Conselho Consultivo da Havan
Tema: Cultura de gestão
Título: Conselhos que todo líder deve levar em conta
Ficha:
Empresário admirado por gestores públicos e privados do Brasil e do exterior, Décio da Silva é um defensor contumaz do tripé de preceitos que seu pai lhe transmitiu: visão de longo prazo, execução e pessoas. Décio leva para a Expogestão reflexões e ensinamentos sobre processos de decisão de investimentos, governança familiar, profissionalização da empresa WEG, papel do CEO e do  presidente de conselho, além de passar a visão prática de quem já passou por todas estas experiências.

SESSÃO: TRANSFORMAÇÃO DIGITAL E NOVOS NEGÓCIOS

FERNANDO ULRICH (palestra 1)
Economista, especialista de criptomoedas na XP Investimentos, conselheiro do Instituto Mises Brasil
Título: Moedas digitais – a democratização da inovação
Ficha:
Considerado o maior especialista em criptomoedas do Brasil, Fernando Ulrich vislumbra nelas um potencial bem além de uma simples moeda digital. São, na verdade, uma invenção tecnologia disruptiva, capaz de formar e sustentar sistemas de pagamento globais, sem fronteiras, que funcionam em redes distribuídas e independentes dos sistemas financeiros tradicionais, com valores determinados livremente pela oferta e pela demanda. Como empresas dos mais diversos setores podem aprender com a experiência das que já aceitam moedas digitais em transações – a exemplo de Dell, Microsoft e Expedia? Por que o tema é tão polêmico no Brasil, a exemplo da Bitcoin? Estes serão alguns dos pontos levantados por ele na Expogestão.

OLIVER CUNNINGHAM (palestra 2)
Sócio na área de Estratégia & Operações em Serviços Financeiros da KPMG
Título: Novos mapas mentais, novos modelos de negócios
Ficha:
Com vasta experiência em bancos, gestão de ativos, meios de pagamento, seguradoras e fundos de pensão, Oliver Cunningham defende que as inovações digitais disruptivas - a exemplo de modelos descentralizados de negócios, inteligência artificial, blockchain, moedas digitais, big data – causarão um impacto cuja magnitude ainda nem seja possível antever. E mais: quando somadas a alterações na curva demográfica, nos valores sociais e no comportamento dos clientes, os resultados serão ainda mais impressionantes. Nesse cenário, o desafio é criar novos mapas mentais que compreendam a mudança. Esses aspectos serão destacados ao longo da explanação do painelista.

SESSÃO: CENÁRIOS - ECONOMIA & POLÍTICA

CARLOS ALBERTO PRIMO BRAGA (palestra 1)
Mestre e doutor em Economia pela Universidade de Illinois, professor de Economia Política Internacional no IMD (Suíça), professor associado da Fundação Dom Cabral e ex-Diretor do Banco Mundial
Tema: Cenário econômico
Ficha:
Braga traz em seu currículo experiências docentes em instituições acadêmicas de calibre, como a Universidade de São Paulo, a escola suíça de negócios International Institute for Management Development (IMD), eleita pela terceira vez consecutiva a melhor do mundo na categoria “open programmes” pelo Financial Times e o título de Professor Associado na prestigiosa Fundação Dom Cabral, além de ter passado por outras das melhores escolas de gestão do planeta, a exemplo da Universidade de Harvard, como aluno, palestrante ou professor convidado. Ex-Diretor de Relações Exteriores do Banco Mundial, com sede em Paris, tem no radar um profundo conhecimento de questões internacionais de impacto para a economia brasileira, além de navegar com maestria pelos fundamentos do quadro econômico nacional.

RAFAEL CORTEZ (palestra 2)
Sócio da Tendências Consultoria, doutor em Ciência Política pela USP, professor universitário, especialista em instituições brasileiras, política comparada e economia política.
Tema: Cenário Político
Ficha:
Em meio a um cenário de transformações acirrado nos últimos anos, a transição política se tornou mais complexa e voltou a integrar o cerne da pauta do dia, a afetar a atividade profissional de todos e a indicar os rumos do país para 2019. Especialista em instituições brasileiras, política comparada e economia política, Rafael Cortez desvenda com perícia admirável o xadrez do jogo político e de suas inter-relações com a vida econômica brasileira. Que cenários políticos se delineiam no curto, no médio e no longo prazo e como impactam no cenário econômico, na tranquilidade dos mercados e, por decorrência, na vida das empresas? Como precificar os riscos políticos e as perspectivas que devem ser levadas em conta no desenvolvimento das estratégias corporativas, em meio à efervescência cotidiana da caixa de Pandora dos fatos políticos? Cortez é responsável por análise política na Tendências Consultoria Integrada, uma das maiores consultorias econômicas do país, referência em assuntos econômicos, financeiros e políticos.

A Notícia
Busca