Loetz: Projeto de lei federal quer autorizar Estados a criarem loteria - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado01/11/2017 | 07h46Atualizada em 01/11/2017 | 07h46

Loetz: Projeto de lei federal quer autorizar Estados a criarem loteria

Intenção é reverter parte dos recursos para a educação pública

Um projeto de lei federal quer autorizar os Estados e o Distrito Federal a criarem loteria para reverter parte dos recursos para estimular a melhoria do ensino público e o desempenho de professores e alunos. 

A aposta custaria R$ 5, com sorteios semanais. Pela proposta, 70% da arrecadação deverão ir para as 150 melhores escolas da rede pública. 

A ideia de estimular o ensino e qualificar mais seus operadores sempre merecerá aplausos. Daí a se criar mais uma loteria e retirar mais dinheiro do bolso do povo, não é nada razoável.

Confira mais notas de Claudio Loetz.
Confira as últimas notícias.  

Logística
Organizadores da Feira Internacional de Logística, Transporte e Comércio Exterior  (Logistique) transferem o evento de Chapecó para Joinville a partir de 2018. A expectativa por mais resultados de negócios, o fato de a região Norte do Estado  ser o maior e mais importante polo de logística catarinense e a localização estratégica – entre Curitiba e Florianópolis – e próximo a cinco portos foram fatores decisivos para a decisão. Cem expositores deverão participar da Logistique no próximo ano.

Cenários
Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul (CDL) promove, no dia 7, a palestra gratuita Cenários econômicos e suas perspectivas, com o economista do Sicredi Pedro Ramos. O evento será no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas).

LAI para a CMO
A coluna antecipou: em reunião realizada ontem, dia 31, a comissão central de licenciamento ambiental da Fatma aprovou o licenciamento ambiental de instalação (LAI) para a etapa terrestre e supressão de vegetação pedida pela CMO, que vai construir estaleiro em São Francisco do Sul.

Aliás
Renato Lacerda assumiu a Secretaria da Fazenda do Governo do Estado. Almir Gorges pediu exoneração para tratamento de saúde. 







A Notícia
Busca