Loetz: PIB cresce 1,5% neste ano, afirma presidente da CNI durante evento em Joinville - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado22/09/2017 | 06h00Atualizada em 22/09/2017 | 06h00

Loetz: PIB cresce 1,5% neste ano, afirma presidente da CNI durante evento em Joinville

Robson Andrade afirma que pesquisa que será publicada nesta sexta-feira pela entidade, mostra índice de confiança maior

Loetz: PIB cresce 1,5% neste ano, afirma presidente da CNI durante evento em Joinville Maykon Lammerhirt/A Notícia
Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

A economia do Brasil vai crescer 1,5% neste ano. A afirmação é do super otimista presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Andrade, no evento de inauguração dos dois institutos de inovação (sistemas de manufatura e em processamento a laser) do Senai Santa Catarina, localizados em Joinville. O boletim Focus, com a média das opiniões do sistema financeiro, aponta para alta de 0,7%. Andrade entende que há muitos investimentos externos em andamento. 

– O País é o local de cada vez mais aporte de recursos, as exportações brasileiras crescem de maneira significativa e a inflação está baixa e controlada. 

O ambiente para os negócios melhora, diz o líder empresarial nacional. 

– Pesquisa da CNI, a ser divulgada nesta sexta-feira, dia 22, mostra que o índice de confiança está no maior patamar desde 2013. 

Confira outras notícias de Joinville e região.
Confira outras colunas de Claudio Loetz  

Não há nome

O problema, segundo Andrade, continua na órbita política.

 – Ainda não temos perspectivas. Qual é o nome de candidato ( a presidente da República) que faz brilhar os olhos? Hoje não temos. Mesmo assim, no último ano, avançamos. O Congresso aprovou as mudanças na legislação do ensino médio; a modernização da legislação trabalhista. Diz mais: 

– Outro fator a atrapalhar a expansão maior é que o setor público representa 45% de toda a economia. Nos EUA é inferior a 10%.

Sem piloto

Nós, na CNI, avaliamos cenários do futuro da indústria nacional em diferentes áreas. Daqui a dez anos, por exemplo, os aviões não terão mais pilotos. Talvez depois de outubro se consiga aprovar a reforma da Previdência.  Se as reformas não forem aprovadas até março de 2018, só no próximo governo.  

Em seu discurso, Andrade elogiou a cultura empreendedora de Santa Catarina. “Por isso, olhamos Santa Catarina de maneira diferente”. 

O presidente da Fiesc, Glauco Côrte, exaltou a instalação dos dois centros de inovação. “A inovação é decisiva para a indústria ser mais competitiva. É nesse sentido que se move a indústria catarinense.” Ele destacou a excelência dos trabalhos. Os institutos têm Embraco (projeto Diili); Petrobras, General Motors como alguns dos clientes. 

 JOINVILLE, SC, BRASIL (21-09-2017) - Inauguração do Instituto Senai de Inovação. (Foto: Maykon Lammerhirt, A Notícia)
Evento de inauguração dos institutos de inovação reuniu presentantes da Acij, dos governos municipal e estadual, da CNI e do SenaiFoto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

Pequenos

Da presidente da câmara de comércio exterior da Fiesc, Maria Teresa Bustamante, no Senai: as exportações catarinenses estão crescendo. Com uma boa novidade: as pequenas empresas estão vendendo mais para o exterior.

Presença

Quem apareceu no evento foi o ex-presidente da Fiesc, Osvaldo Moreira Douat. Foi saudado nas falas de Glauco Côrte e de Robson Andrade. 



Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC jogará na manhã de domingo pela terceira rodada da Copa SC https://t.co/Mb1YysElZx #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona usará força máxima em jogo do Estadual de Futsal nesta quinta https://t.co/pinslwruXl #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros