Loetz: Salário médio do joinvilense é R$ 2.811, diz levantamento do IBGE - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado31/08/2017 | 06h15Atualizada em 31/08/2017 | 06h15

Loetz: Salário médio do joinvilense é R$ 2.811, diz levantamento do IBGE

Dados referentes a 2015 mostram um retrato socioeconômico importante da realidade da população brasileira

A pesquisa sobre população divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira, revela dados fundamentais para a compreensão da realidade dos municípios. O retrato socioeconômico de Joinville, com apuração de dados feita em 2015, dá informações importantes e qualificadas, para orientar empreendedores e investidores, além de nortear políticas públicas para melhoria da qualidade de vida.

O estudo nos diz que o salário médio mensal dos trabalhadores de Joinville é de três salários mínimos, o que, atualmente, representa R$ 2.811. O IBGE também mostra que a proporção de pessoas ocupadas em relação à população total é 40,2%.

Na comparação com outros 295 municípios do Estado, Joinville aparece, respectivamente, na 11ª posição na questão do salário médio mensal e na 36ª no quesito de pessoas ocupadas. Na comparação com os 5.570 municípios brasileiros, Joinville aparece nas posições 220 e 187, respectivamente.

Sempre a partir de tabulação de dados de 2015, o IBGE conta que mais de um quarto dos joinvilenses (26,5%) ganham até meio salário mínimo per capita. Evidentemente, não é um bom número e demonstra a grande concentração de renda.

Este último dado coloca Joinville na 173ª posição entre as cidades do Estado. A propósito: o PIB per capita de Joinville é estimado em R$ 44.303,65. O levantamento indica ainda que a população neste censo é de 577.077 pessoas, contra 515.288 em 2010. Já a densidade demográfica é de 457,58 habitantes por quilômetro quadrado. 

Educação 
Destaque no contexto geral é o padrão educacional na cidade. O levantamento do IBGE aponta que os alunos dos anos inicias da rede pública ganharam nota média de 6,9 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Para os alunos dos anos finais do ensino fundamental, a nota é 5,5. O resultado coloca Joinville na 18ª posição entre os 295 municípios de Santa Catarina.

Considerando a nota dos alunos dos anos finais do ensino fundamental, Joinville também aparece bem, no 24º lugar. Outro dado relevante é a quase total universalização da escolarização das crianças e adolescentes. No caso, o IBGE registra que a taxa de escolarização (para pessoas de seis a 14 anos) atinge 97,3%. 

Confira outras notícias de Joinville e região
Confira outras colunas de Claudio Loetz

Startup
A startup joinvilense Meus Pedidos, com sete anos de atividades pretende dobrar de tamanho até o final do ano na comparação com 2016. Desenvolvedora de software de vendas para indústrias e distribuidoras, a startup processa anualmente R$ 2 bilhões em transações, atendendo a 5,5 mil clientes e 25 mil usuários em todo o País. Emprega 75 funcionários.

Tendências do varejo

Winkler esteve na reunião da CDL de Jaraguá do Sul Foto: Divulgação / CDL

Michel Winkler, da Xperienz, falou sobre as tendências para o varejo no futuro em reunião plenária da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul. O profissional alertou e deu algumas pistas. Uma delas, sobre o e-commerce, que vai se expandir de forma intensa. Outra é que o importante é ter foco nas pessoas e na valorização de equipes e clientes. Além disso, explorar novos nichos de mercado como o das pessoas com mais de 60 anos. Ainda citou a influência do público infantil na decisão de compra, a automatização, o atendimento personalizado e a entrega compartilhada.

A assinatura do contrato
A coluna Livre Mercado antecipou na edição do dia 15 de agosto e, nesta quinta-feira, o Perini Business Park e a UFSC oficializam o contrato de locação para que os 1,8 mil alunos estudem, a partir de fevereiro de 2018, em um novo endereço em Joinville. O evento contará com a presença do reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. A UFSC se manterá no Perini até a conclusão das obras da sede própria, na zona Sul de Joinville. O novo campus terá 13 mil metros quadrados. Em uma área coberta de 1,8 mil m² ficará o restaurante universitário. O estacionamento oferecerá 670 vagas para alunos, 87 vagas para professores e servidores; e uma área de 1,7 mil m² de testes para carros de competição.

Mais de 10 mil m²
O Instituto Federal de Santa Catarina tem projeto de nova unidade em Joinville. Áreas com mais de 10 mil m2, na região Sul da cidade podem ser analisadas. Atualmente, a unidade do bairro Costa e Silva é segunda maior do Estado e oferta variados cursos.

À venda
O prefeito de São Paulo, João Dória, coloca à venda, via privatização e concessões, vários dos mais importantes e conhecidos equipamentos públicos paulistanos: o Autódromo de Interlagos, o Centro de Exposições Anhembi, além de terminais urbanos.

Cases reunidos
A unidade do Senai de Jaraguá do Sul apresenta nesta quinta-feira, a alunos e professores da instituição, o livro Ensinar é Aprender. A obra reúne situações de aprendizagem desenvolvidas por mais de 1,5 mil alunos dos cursos técnicos mantidos pela instituição em todo o Estado. Os 40 casos práticos de projetos elaborados em sala de aula são propostas diferenciadas, como a construção de robô e de um fliperama, e situações inovadoras, como uma receita de refrigerante saudável. Todos os projetos foram testados. Alguns já despertam o interesse de empresas.


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinvilense abre museu para exibir coleção de mais de 300 bicicletas e motos https://t.co/daKDmURiS3 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: PIB cresce 1,5% neste ano, afirma presidente da CNI durante evento em Joinville https://t.co/mWqIZ7FSG1 #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros