Porto de Imbituba vai receber R$ 9 milhões após acordo sobre movimentação mínima de cargas  - Economia - A Notícia

Versão mobile

Economia18/07/2017 | 22h10Atualizada em 19/07/2017 | 11h39

Porto de Imbituba vai receber R$ 9 milhões após acordo sobre movimentação mínima de cargas 

Verba virá da Santos Brasil, que fez acordo com a SCPar

Porto de Imbituba vai receber R$ 9 milhões após acordo sobre movimentação mínima de cargas  Alvarélio Kurossu/Agencia RBS
Verba virá da Santos Brasil, que fez acordo com a SCPar Foto: Alvarélio Kurossu / Agencia RBS

Um acordo entre a SCPar Porto de Imbituba e a Santos Brasil, que opera no porto catarinense, determinou que a empresa pague R$ 9 milhões referentes à cobrança anual da movimentação mínima de contêineres. A empresa solicitou ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) um pedido de reequilíbrio econômico-financeiro e, entre os contratos a serem revistos, está a negociação com o porto. O valor será pago em três parcelas nos próximos meses.

Apesar do acordo, o pedido de revisão de reequilíbrio financeiro continua em tramitação. Com o pagamento dos R$ 9 milhões, a empresa está com os valores quitados até maio do ano que vem. A administração do Porto de Imbituba preferiu não comentar sobre as negociações entre as partes, assim como a Santos Brasil. O acordo foi intermediado pelo MTPA e pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

Rota da Ásia vai aquecer os negócios

A Santos Brasil tem dois terminais arrendados no porto catarinense, um para movimentação de contêineres e outro de carga geral. No contrato assinado pelas partes, fica definido o pagamento pela movimentação mínima, mesmo que ela fique abaixo do previsto. No final do ano passado, a Santos Brasil entrou com pedido de reequilíbrio econômico-financeiro junto à Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), para rever o contrato.

Mesmo com a discussão dos valores a serem pagos, a empresa continuou o negócios junto ao porto, e deve ganhar um novo fôlego a partir do mês que vem. Uma nova rota de navios, vindos da Ásia, passa a ancorar em Imbituba. Com esse incremento, a Santos estima que o volume adicional chegue a 75 mil TEUs (equivalente a um contêiner de 20 pés), com cerca de 70% das cargas de exportação e 30% de importação.

Leia mais:
Crescimento dos preços das moradias desacelera no 1º trimestre na zona do euro
Polícia Civil deflagra operação contra jogo da Baleia Azul em cinco cidades de Santa Catarina
Engenheiro Gabriel Vieira é o novo presidente da SCPar



Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"O corte de despesas é o caminho para o país crescer", disse Henrique Meirelles na Fiesc https://t.co/RR4UYpkn7v #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona treina no palco do jogo deste sábado https://t.co/5BGTHiFsL2 #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca