Livre Mercado: Microempreendedores individuais de Joinville crescem 19,63% em um ano - Economia - A Notícia

Versão mobile

Economia17/07/2017 | 09h46

Livre Mercado: Microempreendedores individuais de Joinville crescem 19,63% em um ano

A cidade é a 2ª mais bem colocada do Estado e 4ª da região Sul

Com 24.459 microempreendedores individuais (MEIs), Joinville é a segunda cidade mais bem colocada no ranking das MEIs em Santa Catarina e a quarta da região Sul do Brasil, segundo dados do site portaldoempreendedor.gov.br no fechamento do primeiro semestre. Em números absolutos, Joinville está atrás de Curitiba, que tem 82.016 MEIs; Porto Alegre, que  tem 57.506; e Florianópolis, com 28.728.

Leia as últimas notícias


Em Joinville, das mais de 24 mil MEIs, 13.169 são de pessoas do sexo masculino e 10.822, do sexo feminino. Na comparação com junho de 2016, quando havia 20.444 MEIs na cidade, houve um acréscimo de 19,63%. Entre os ramos de atividade escolhidos pelo empreendedores de Joinville, destaque para comércio varejista do vestuário e acessórios (522 homens e 1.910 mulheres); cabeleireiros (1.370 mulheres e 374 homens); e obras de alvenaria (1.522 homens e 43 mulheres).

No Estado, existem atualmente 264.488 MEIs, número relativamente baixo quando comparado ao restante do País, que registra hoje 7.210.745 empresas desse porte. MEIs são pessoas que trabalham por conta própria e que aderem ao programa para legalizar a pequena empresa. Para ser um MEI, o candidato deve cumprir algumas regras, como faturar, no máximo, R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

Por meio da lei complementar nº 128, de 19/12/2008, criou-se condições para o trabalhador informal, aquele que não tem registro em carteira, trabalhar de forma legalizada.Entre as vantagens está o registro da empresa no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), com facilidades para a abertura de conta bancária e pedidos de empréstimos e emissão de notas fiscais.

Além disso, o MEI fica isento de pagar tributos federais como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL. Ele terá um custo fixo mensal que varia entre R$ 47 e R$ 52 (as quantias são atualizadas anualmente) para cobrir despesas com Previdência Social e ICMS ou ISS (dependendo do ramo de atividade).

Salão Náutico

A 2ª edição do Salão Náutico Marina Itajaí, maior evento do gênero no Sul do País, que ocorre na próxima semana em Itajaí, contará com a participação de quatro empresas joinvilenses. A American Boat, representando o estaleiro americano Chris Craft, levará ao evento o modelo Launch 32 com motorização de 800HP.

Consultores da Prime Share, especializada na compra compartilhada e gerenciamento de barcos, apresentarão o modelo de negócios que tem atraído quem deseja ingressar no mercado náutico. Já a Sanautica, representante exclusiva da marca Yamaha para as regiões de Joinville e Itajaí, levará os modelos de motores náuticos de 4, 15, 150 e 200HP utilizados em barcos de apoio e de pesca. E a cervejaria Opa Bier oferecerá ao público grande variedade de cervejas artesanais.

Parceria

A Camerite, startup de Joinville, firmou parceria com a Prefeitura de São Paulo no projeto City Câmeras, em que está prevista a instalação de dez mil câmeras. A Camerite é uma plataforma inovadora de monitoramento em nuvem, que se destacou nos últimos meses devido seu padrão hightech e adaptação a qualquer câmera IP ou DVR para pontos de monitoramento.

 

A NOTÍCIA

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrograma da TV Globo será exibido de Joinville na sexta-feira https://t.co/o5GT1vGr4T #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaNormalização de prazo de entrega de passaportes em Joinville deve ocorrer em um mês https://t.co/bqFwg6nvcA #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros