Whirlpool investe R$ 18,1 milhões em gestão ambiental - Economia - A Notícia

Versão mobile

Economia07/06/2017 | 19h02Atualizada em 07/06/2017 | 19h02

Whirlpool investe R$ 18,1 milhões em gestão ambiental

Empresa divulga relatório de sustentabilidade e ações desenvolvidas nos últimos anos com foco na preservação dos recursos naturais

Whirlpool investe R$ 18,1 milhões em gestão ambiental Sérgio Zacchi/Divulgação
Vanderlei Niehues aponta uma fórmula simples para conquistar os resultados Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

Na Semana Nacional do Meio Ambiente, a Whirlpool, multinacional americana que mantém em Joinville a sua maior unidade fabril no Brasil, com cerca de cinco mil funcionários, divulgou os resultados do relatório de sustentabilidade feito pela empresa entre 2015 e 2016. Dona das marcas Brastemp e Consul, a líder no mercado latino-americano de eletrodomésticos investiu R$ 18,1 milhões em gestão ambiental no período, zerando o envio de resíduos para aterros sanitários.

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

Os dados foram divulgados na manhã de ontem, na sede da Brastemp Experience, em São Paulo, e correspondem ao balanço das plantas e escritórios de Joinville, São Paulo (SP), Rio Claro (SP), Manaus (AM) e uma unidade na Argentina. Segundo o relatório, entre 2014 e 2016, a companhia registrou no País a redução de 20% no consumo de água utilizada nas fábricas, além de reduzir em 36% a energia consumida em relação ao faturamento alcançado no triênio.

Um dos impulsionadores é a implantação de um projeto de captação da água pluvial no complexo da Whirlpool em Joinville, hoje de 287 mil m² de área construída. Na unidade, foi desenvolvido um sistema de tratamento de efluentes que capta, por exemplo, a água da chuva. Atualmente, a empresa contabiliza 14,26% da água utilizada nas linhas de produção brasileiras como provenientes de maneira sustentável.

Esse volume, que deixou de ser retirado de fontes de abastecimento, é equivalente ao consumo diário de 1 milhão de habitantes, segundo estimativa de consumo médio do Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos 2014, usado como parâmetro pela empresa.

Ainda no ano passado, a multinacional conseguiu zerar o número de resíduos enviados para aterros sanitários no Brasil. Em 2015, o volume de sobras enviadas para os aterros era de 405 toneladas, entre perigosos (1t) e não-perigosos (404t).

Na planta joinvilense, uma parceria entre duas empresas do grupo, Whirlpool e Embraco, para a gestão de resíduos sólidos feita em 2015, possibilitou a reutilização de materiais descartados na produção dos isoladores térmicos dos aparelhos de refrigeração.

Para conquistar os resultados, Vanderlei Niehues, diretor de Sustentabilidade, Saúde, Segurança e Meio Ambiente e Assuntos Regulatórios da Whirlpool, aponta uma fórmula simples: reduzir a sobra de resíduos, reutilizar parte dessa matéria prima e reciclar. As ideias abarcadas pelos projetos sustentáveis da empresa também surgem a partir dos princípios do pacto global da Organização das Nações Unidas (ONU), que considera a difusão de tecnologias ambientalmente responsáveis e o desenvolvimento de práticas socioambientais.

— A Whirlpool tem uma preocupação de que não podemos olhar só para o próprio umbigo. A gente se relaciona com muitas instituições, consumidores e o público em geral, e é sempre importante entender qual a expectativa deles de como é que essa empresa, líder no mercado de eletrodomésticos, e de que forma pode contribuir com a sociedade. Baseados nos resultados dessas conversas e dos objetivos globais do desenvolvimento sustentável, é que nós priorizamos ações e projetos e como eles vão gerar maior impacto para a sociedade — explica.

O alcance da meta de zerar o envio de resíduos industriais e não-industriais para aterro não considerou o descarte de 146 toneladas de telhas de amianto, retiradas da unidade de Joinville durante uma reforma. O volume não entrou na contagem por se tratar de um procedimento extraordinário, já que o amianto é um passivo sem alternativa de reciclagem disponível. O telhado antigo foi trocado por uma cobertura metálica de material reciclável.

Leia também:
Especial - Saiba mais sobre o conceito de Indústria 4.0

Consulado da Mulher já beneficiou mais de 34 mil empreendedoras

Relatório da Whirlpool mostrou também a o impacto gerado na área social por meio do Instituto Consulado da Mulher Foto: Sérgio Zacchi / Divulgação

O relatório da Whirlpool mostrou também a o impacto gerado na área social da empresa por meio do Instituto Consulado da Mulher, que está ligado diretamente à Consul. O projeto criado em 2002 já beneficiou mais de 34 mil empreendedoras individuais de pelo menos 21 estados brasileiros, sendo 12 mil em Joinville. O instituto apoiou mais de 200 empreendimentos populares por meio de consultorias gratuitas, principalmente na área de alimentação, somente nos dois últimos anos.

Conforme Leda Böges, diretora executiva do Consulado da Mulher, a iniciativa gerou faturamento conjunto de R$ 13,6 milhões às participantes no período.

— Quando o consulado surgiu, pouco se falava no empoderamento feminino, da inclusão da mulher e da equidade de gênero. Essa conversa começou a vir depois, então, foi uma visão inovadora da empresa no sentido de incluir a mulher como um elemento importante no desenvolvimento econômico e social. Você não pode pensar em desenvolvimento social pleno se não considerar também a participação da mulher na economia – enfatiza.

Em Joinville, o projeto conta com parcerias junto a entidades públicas e privadas como a Associação Empresarial de Joinville (Acij), Univille, Casa Brasil e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. Para Armando Ennes do Vale Jr, vice-presidente da Whirlpool Latin America, mais importante do que atingir os resultados esperados com as práticas adotadas, está a continuidade delas. Segundo ele, a previsão é de que os investimentos na gestão ambiental continuem equivalentes ou aumentem nos próximos anos com relação ao total que vem sendo investido.

* Repórter viajou a convite da Whirlpool

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPingo é apresentado no JEC e garante que equipe brigará pelo acesso https://t.co/AnhmTNYZID #LeianoANhá 2 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcusado de matar técnico de futebol no Meio-Oeste de SC é condenado a 61 anos de prisão https://t.co/XagSuZki7N #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros