Loetz: Estacionamento rotativo em Joinville demora mais meio ano - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado22/06/2017 | 09h00Atualizada em 22/06/2017 | 11h35

Loetz: Estacionamento rotativo em Joinville demora mais meio ano

Licitação para o estacionamento rotativo, no Centro da cidade, deverá ser lançado em agosto 

O secretário de Proteção Social da Prefeitura de Joinville, Bráulio Barbosa, afirmou, em reunião-almoço na CDL, que numa ¿perspectiva otimista¿, a licitação para o estacionamento rotativo, no Centro da cidade, deverá ser lançado em agosto, mas depende de análise e aprovação do Tribunal de Contas do Estado.

No encontro com os empresários, o secretário – há um mês no posto – foi claro:

– Se o processo seguir normalmente, o prazo para o estacionamento ser retomado é final deste ano ou início de 2018. Se houver questionamentos de empresas envolvidas na licitação (judicialização), só Deus sabe.

Continua na fala:

– Há tendência de esvaziamento dos centros das cidades, e Joinville não está fora disso. O processo tem de andar. O prefeito tem consciência de que se não fizer alguma coisa em relação a esta necessidade, o comércio central de Joinville estará condenado.

Os comerciantes estão revoltados com a demora: são quatro anos sem o estacionamento rotativo.

Leia mais

Rastreabilidade

Informação apurada na Exposuper indica que, até o primeiro trimestre deste ano, 80% dos produtos hortifrutigranjeiros comercializados em Santa Catarina estão em conformidade com as normas de controle de uso de agrotóxicos nas plantações. Atualmente, há 24 redes supermercadistas engajadas no processo. Elas são responsáveis pela venda de mais de 60% do volume de hortifrútis consumidos no Estado.

Na segunda

A posse da nova diretoria da Acij será na segunda-feira, dia 26, na Harmonia-Lyra. O conselho superior recém-eleito tem três novos membros: Felipe Hansen, Nagib Daher e Marco Antonio Corsini, além de 17 conselheiros reeleitos para o período de junho 2017/2019. No conselho deliberativo, foram eleitos cinco novos membros: Carla Pinheiro, Julio Skowasch, Tina Marcato, Renato Feres e Vanderlei Bufon.

Correção

A Infraero vai licitar o terminal de cargas e não todo o Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, diferentemente do que foi publicado na coluna de ontem. Leia mais sobre o assunto nas páginas 4 e 5.

Investimentos

O secretário da Fazenda do governo do Estado, Almir Gorges (foto), desabafou em palestra durante a Exposuper, em Joinville. Disse que pedem o fim das vantagens fiscais de Santa Catarina. Argumentou: se não fossem os benefícios fiscais, 300 mil empregos não existiriam. O setor têxtil não subsistiria.

O cometário surgiu a partir de críticas direcionadas às vantagens concedidas a empresas instaladas. Na questão financeira, afirmou que o governo do Estado mantém investimentos à custa de empréstimos: o déficit do Estado foi de R$ 1,5 bilhão no ano passado. Em 2017, também haverá déficit. O Estado, hoje, é incapaz de investir com seu caixa próprio.

Meia nota

Para uma sala lotada de supermercadistas, e sem citar especificamente empresas do setor, o secretário Gorges alertou para o aumento da evasão fiscal. A fiscalização detectou elevação da emissão de meia nota e do subfaturamento.

– Esse pessoal está prestes a ser surpreendido.

Descartada

A Fazenda descarta a possibilidade de criar a nota fiscal catarinense, a exemplo do modelo que dá prêmios aos contribuintes, como é o caso da nota fiscal paulista. Daria prejuízo, explica.

WEG compra empresa

A WEG adquiriu a CG Power Systems Belgium (CG Group). O negócio é de 37 milhões de dólares. A conclusão da transação só se efetivará após o cumprimento de determinadas condições precedentes, usuais em negociações desta natureza, previstas para serem concluídas até 31 de julho deste ano. A empresa é especializada na fabricação, serviço de montagem, supervisão e comissionamento de transformadores de distribuição e de força até 60 MVA – 161 kV. Possui três unidades, que ocupam área construída de 26.300 metros quadrados e emprega 452 trabalhadores. No ano fiscal 2016/17, a receita líquida da companhia foi de 128 milhões de dólares.


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaIdoso é arrastado por caminhão na zona Sul de Joinville https://t.co/i1cIFncdMN #LeianoANhá 7 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFortalece ideia de transformar bairro Espinheiros em via gastronômica em Joinville https://t.co/XkzM667Uwo #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca