É na crise que se distinguem os amadores dos profissionais, afirma Leandro Karnal, na Exposuper - Economia - A Notícia

Versão mobile

Economia21/06/2017 | 22h15Atualizada em 22/06/2017 | 09h25

É na crise que se distinguem os amadores dos profissionais, afirma Leandro Karnal, na Exposuper

Historiador palestrou nesta quarta-feira na Expoville e deu lições para driblar os problemas e se manter competitivo no mercado

É na crise que se distinguem os amadores dos profissionais, afirma Leandro Karnal, na Exposuper Salmo Duarte/Agencia RBS
Karnal abordou o tema gestão de mudança Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

"A mudança é difícil, mas não mudar é fatal". Essa é a avaliação do professor e historiador Leandro Karnal para quem busca se manter competitivo no mercado brasileiro em meio à crise. A ideia foi compartilhada com centenas de pessoas na manhã desta quarta-feira, em Joinville, durante palestra magna na 30ª Feira de Produtos, Serviços e Equipamentos para Supermercados (Exposuper).

O evento no complexo da Expoville termina e com expectativa de público de 35 mil pessoas. A palestra trouxe uma visão sobre o tema "gestão de mudança", que para o convidado, é imprescindível no momento "de crise econômica profunda" pelo qual o Brasil passa.

Segundo Karnal, apesar da recessão, por conta de seus trabalhadores, o País se mostra forte porque "resiste aos seus administradores" e isso é sinal de solidez. Ele destaca ainda que é na crise que se distinguem os amadores dos profissionais, que permanecerão fortes depois da recessão.

– O tornado está intenso e nós optamos por continuar trabalhando, não temos muita outra opção, mas o Brasil está de pé por essa decisão. Existe um pessimismo, mas ele é fundamental para a vida e para os negócios porque, se você não leva em conta que as coisas podem dar errado, você irá fracassar.

Esse planejamento, incluindo possíveis erros, é apontado como fundamental para as transformações que o mercado atual exige, principalmente nos momentos de incerteza. A falta de concorrência também é um empecilho para quem quer se manter competitivo.

– Toda crise passa e não temos certeza sobre o futuro, mas temos que sair dessa zona de conforto porque as mudanças não são negativas, elas devem ser constantes. A falta de concorrência leva à "não mudança" e provavelmente é essa concorrência que nos faz enfrentar desafios. Tenho duas opções: acompanhar ou ser superado – aponta.

Para ele, mudar não significa apostar apenas em produtos ou métodos inovadores, mas também resgatar velhas práticas que dão certo, "não mudar é que é fatal". A avaliação do historiador é de que, em meio a um mundo em constante transformação, quem deseja crescer não pode se acomodar.

– No momento em que você olha o seu negócio e ele parou, quando você diz "está bom" porque tem muitos clientes, o mercado está dominado, e pensa "estou fazendo caixa, tenho reserva e consigo viajar", começou o seu fim. O seu fim começa no instante do seu apogeu. É preciso pensar após cada objetivo alcançado: amanhã, o que nós faremos de novo para que isso continue? Esse é o desafio.

Leandro Karnal explica que muitos deixam de ser competitivos e não encaram novos desafios por medo de errar. A visão, segundo ele, deveria mudar, pois os erros emitem mensagens importantes que podem ser aproveitadas por quem busca o sucesso.

– Quem está ligado ao mercado já percebeu que a crise vai passar e já está pensando lá na frente. Toda decisão postergada é sabotada, o medo é natural e deve ser encarado hoje. É preciso trocar "passado" por "experiência", "presente" por "ação", e "futuro" por "estratégia".

Ele destaca que a visão de um estrategista vai além dos riscos que se corre e deve ser aplicada do micro ao macro do negócio, trocando peças, se necessário, mas sem mudar o objetivo. A ética é apontada como fundamental para quem quer alcançar e manter o sucesso.

– Ética é banho, é diário. Quanto maior o salto sem essa rede de proteção, maior é a chance de quebrar o "pescoço" – destaca.

Exposuper termina nesta quinta-feira
Encerra na noite desta quinta-feira, em Joinville, a 30ª edição da Feira de Produtos, Serviços e Equipamentos para Supermercados (Exposuper) e a Convenção Catarinense de Supermercadistas. O encerramento terá a entrega do Prêmio Mérito Acats Exposuper 2017, nas categorias supermercados e fornecedores.

Considerado um dos mais importantes eventos do setor supermercadista do Brasil, a Exposuper iniciou na terça-feira com expectativa de levar 35 mil pessoas ao complexo da Expoville.Hoje, a programação contará com palestra magna do especialista em produtividade pessoal e empresarial Christian Barbosa.

O encontro será no auditório principal a partir das 11h e terá como tema Mais tempo – como conquistar uma vida com mais equilíbrio e produtividade.À noite, a Acats divulga os ganhadores do Prêmio Mérito Acats Exposuper 2017.

Na categoria de supermercados, os ganhadores serão divididos entre regionais por porte, nas dez regiões catarinenses e na modalidade estadual. Na categoria de fornecedores, os vencedores serão divididos em categorias de produtos e serviços.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaIdoso é arrastado por caminhão na zona Sul de Joinville https://t.co/i1cIFncdMN #LeianoANhá 25 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFortalece ideia de transformar bairro Espinheiros em via gastronômica em Joinville https://t.co/XkzM667Uwo #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca