Loetz: Pesquisa aponta valor médio do m² de imóveis usados em Joinville - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado18/05/2017 | 06h02Atualizada em 18/05/2017 | 06h02

Loetz: Pesquisa aponta valor médio do m² de imóveis usados em Joinville

Confira estas e outras notícias do colunista Claudio Loetz

Pesquisa feita pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe) mostra um retrato do mercado imobiliário brasileiro, incluindo Joinville e outros principais municípios catarinenses. O estudo indica que o preço médio do metro quadrado do imóvel usado na cidade é de R$ 2.952, com alta de 2% em relação a um ano atrás. Os valores mais baixos foram encontrados em áreas periféricas de bairros das regiões Sul e Leste, predominantemente, além de grotões de bairros das regiões Norte e Oeste. Os valores mais elevados estão no Centro e na zona industrial, variando de R$ 5.500 a R$ 7 mil o m². Localização privilegiada – com toda a infraestrutura desejável – e pequena oferta de imóveis explicam essa situação. As outras áreas muito valorizadas abrangem os bairros América e Atiradores, onde o m² vale entre R$ 4.700 a R$ 5.100; seguido dos bairros Anita Garibaldi, Glória, Bucarein, Saguaçu e – surpresa – São Marcos. Nestes espaços, o interessado em comprar imóvel usado vai pagar de R$ 4.200 a R$ 4.600 por m².O trabalho da Fipe também mapeou o mercado em outros municípios. Em Jaraguá do Sul, por exemplo, o preço médio é de R$ 2.919, com alta de 5,8% nos últimos 12 meses.Um caso atípico é o de Balneário Camboriú. Na cidade praiana, em local bem específico, no Centro, o m² construído de imóvel está avaliado em R$ 26.600. Surreal.

Leia mais notícias do colunista Claudio Loetz

Painel Brand Safety 
Fake news e crises de reputação das empresas estão entre os temas a serem abordados no Painel Brand Safety em Foco, realizado pelos jornais ¿A Notícia¿, Diário Catarinense, Jornal de Santa Catarina, e Hora de Santa Catarina. O evento ocorrerá no próximo dia 24 no auditório da Fiesc, em Florianópolis. As inscrições podem ser realizadas gratuitamente por meio do site clic.sc/paineljornais.

Discussões sobre como anunciantes estão descontentes com a associação de suas marcas a conteúdos inadequados na internet, além dos números falsos de tráfego inflados por robôs, também estarão em pauta. A ideia é alertar para os riscos que são assumidos por uma marca quando associada a veículos sem certificação e credibilidade.Entre os debatedores estará Marcelo Rech, que preside a Associação Nacional de Jornais (ANJ) e o Fórum Mundial de Editores (WEF), ligado à Associação Mundial de Jornais (WAN-Ifra). Ainda participam Pedro Silva, presidente do IVC Brasil e da Federação Internacional dos Institutos Verificadores de Comunicação (IFABC), e Pedro Cherem, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina (Sinapro/SC).

A fundo perdido
A Caixa Econômica Federal vai operacionalizar o Programa Cartão Reforma que permitirá às famílias com renda mensal de até R$ 2.811 captar dinheiro, a fundo perdido. Os recursos serão destinados para a compra de materiais de construção e reforma de imóveis. 1.930 municípios serão atendidos. O edital com todas as condições do programa será divulgado em breve.

Disputa
A Câmara de Dirigentes Lojistas de Joinville quer trazer para a cidade a 48ª Convenção Estadual do Comércio Lojista de Santa Catarina em 2019. A disputa é com Jaraguá do Sul. A escolha será no sábado, último dia da convenção deste ano, em Florianópolis.

Ampliação
A Fundação de Meio Ambiente do Estado (Fatma) autorizou o pedido de ampliação da licença ambiental de operação (LAO) da APM Terminals, em Itajaí. O processo tem o número DIV.00451/CVI.

Boas perspectivas
Executivos da marca de cosméticos catarinense Bio Vegan, com fábrica em Araquari, participaram da feira Beautyworld Middle East, em Dubai, a maior feira internacional de negócios nas áreas de produtos para beleza e bem-estar do Oriente Médio. A empresa saiu do evento com bons contatos para exportação para mercados da Índia, África do Sul, Irã, Líbano, Emirados Árabes Unidos.

ContaAzul e Endeavor
O ContaAzul foi selecionada para receber apoio da Endeavor. O anúncio foi feito no encontro mundial da ISP, que é um painel internacional de seleção de empreendedores. Mentores vão auxiliar no desenvolvimento dos seus negócios. A startup joinvilense fornece uma plataforma baseada na nuvem para gerenciar contabilidade, NF-e, inventário, fluxo de caixa e pagamentos.

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros