Calcule quando você poderá se aposentar se a reforma da Previdência for aprovada - Economia - A Notícia

Versão mobile

Quantos anos?21/04/2017 | 15h15Atualizada em 19/10/2017 | 17h14

Calcule quando você poderá se aposentar se a reforma da Previdência for aprovada

Texto que irá a votação na Câmara dos Deputados é diferente da proposta original; ZH preparou ferramenta que ajuda a saber a partir de que ano é possível solicitar aposentadoria

Zero Hora
Zero Hora

A proposta de reforma da Previdência sofreu mudanças em relação ao projeto original avaliado em 2016. O novo texto, que ainda precisa ir a votação na Câmara dos Deputados, traz pontos que atenuam o projeto original do governo, mas também inclui mudanças que podem deixar mais longe a aposentadoria.

ZH criou uma calculadora para que você estime a idade em que você pode solicitar a aposentadoria caso seja um funcionário urbano da iniciativa privada.

*ZH contou com a contribuição de Jane Berwanger, especialista em direito previdenciário, para analisar e testar a calculadora.

Leia mais:
Reforma da Previdência: entenda as principais mudanças da proposta
Reforma da Previdência: entenda como funciona a regra de transição
Reforma da Previdência começará a ser votada a partir de 8 de maio

Regra de cálculo do percentual do benefício

Uma vez que o trabalhador atinja o tempo mínimo de contribuição (25 anos), o valor do benefício mensal a que ele terá direito parte de 70% da média salarial das contribuições feitas por ele desde 1994. A cada ano a mais de contribuição, o percentual aumenta progressivamente da seguinte forma:

25 anos de contribuição = 70% da média de salários
26 anos de contribuição = 71,5%
27 anos de contribuição = 73%
28 anos de contribuição = 74,5%
29 anos de contribuição = 76%
30 anos de contribuição = 77,5%
31 anos de contribuição = 79,5%
32 anos de contribuição = 81,5%
33 anos de contribuição = 83,5%
34 anos de contribuição = 85,5%
35 anos de contribuição = 87,5%
36 anos de contribuição = 90%
37 anos de contribuição = 92,5%
38 anos de contribuição = 95%
39 anos de contribuição = 97,5%
40 anos de contribuição = 100%

Regra de transição

Além de reduzir a idade mínima da aposentadoria para as mulheres, o relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA), criou uma nova regra de transição. Essa regra vale, teoricamente, para todas as pessoas que já contribuem para a Previdência. Isso porque é preciso atingir uma idade mínima, que vai subir gradativamente até 2038.

Dentro da regra de transição, a idade mínima é de 53 anos para mulheres e de 55 anos para homens a partir da entrada em vigor da reforma. Antes disso, ninguém pode se aposentar.

A proposta prevê que, com o passar do tempo, esse ponto de corte aumente gradativamente até chegar à idade mínima de aposentadoria da regra geral (62 anos para mulheres e 65 para homens). Quando isso ocorrer, em 2038, ninguém poderá se aposentar antes disso, e a regra de transição acaba (veja no quadro abaixo).

Foto:

Como funciona hoje

Na calculadora abaixo você pode simular seguindo as regras que valem até a reforma entrar em vigor:

Atualmente, as mulheres podem pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição e os homens, após 35 anos de trabalho. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade e do tempo de contribuição.

Leia as últimas notícias sobre reforma da Previdência

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDiretor do JEC/Krona quer 'tríplice coroa' nesta temporada https://t.co/tgxqqr4WZR #LeianoANhá 16 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDesaparecimento de taxista é investigado como um possível latrocínio em Jaraguá do Sul https://t.co/wDopUqiEoO #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca