'O tempo é o fator de maior impacto na moda', diz consultora Caroline Amhof - Economia - A Notícia

Versão mobile

Livre Mercado20/02/2017 | 07h31

'O tempo é o fator de maior impacto na moda', diz consultora Caroline Amhof

Em entrevista exclusiva, palestrante fala sobre como lojas físicas deve atuar em tempos de comércio virtual

'O tempo é o fator de maior impacto na moda', diz consultora Caroline Amhof Divulgação/Divulgação
Para Caroline, consumidor não pode mais ser atendido com fórmula pronta Foto: Divulgação / Divulgação

Caroline Amhof, especialista em consultoria de moda e fundadora e diretora de criação da Rarha Beach Couture, fará palestra na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Joinville na próxima quarta-feira. Vai falar sobre o mercado da moda e desafios das lojas físicas. Nesta entrevista exclusiva, traça panorama dos negócios e explica o comportamento do consumidor nestes tempos de hiperconectividade e decisões rápidas.

O consumidor mudou o comportamento. A era digital traz apelos de compras inimagináveis há dez anos. Como avalia a transição? O que caracteriza este momento novo nas relações de consumo?
Caroline Amhof –
Vivemos a era do consumidor hiperconectado e extremamente informado, o que sabe avaliar um produto, benefícios e características. Os comércios físico e eletrônico devem estar preparados para manter uma comunicação muito pontual e eficaz, capaz de envolver e criar experiências em compras.

O consumo de moda se relaciona a padrões estéticos e de atitudes coletivas de sociedades. A sociedade mudou? As pessoas mudaram?
Caroline –
A moda muda com uma frequência extremamente veloz. Assim como o mercado, os profissionais da área devem estar antenados a todo esse processo para que a comunicação com seus consumidores venha a ter um retorno claro e objetivo. O tempo é o fator de maior impacto quando falamos em mercado de moda. É ele quem direciona o caminho a ser percorrido com relação a novos produtos, experiências, serviços e informação. Análises política, cultural e social serão as responsáveis pela atitude coletiva, e isso sempre será traduzido nos artigos que permeiam a moda.

Ir a lojas físicas para comprar roupas e joias, por exemplo,  ainda é regra. Ou as compras via internet já são expressivas,  hoje, também nestes segmentos?
Caroline –
O consumo online vive em uma constante crescente. O número de pessoas que procuram por esta experiência aumenta a cada dia. Existem os que aderiram a esta forma de consumo de forma simples, clara e prática – e outros que preferem a compra em espaços físicos. Algumas marcas vendem sonhos, experiências que somente nas lojas você conseguirá vivenciar. Falo das marcas de luxo. Mas isto tende a acabar, pois os e-commerces são grandes potências comerciais e a cara de um futuro muito próximo.

Os jovens querem experiências e não apenas ter as coisas. Como é possível atender a demandas dessa natureza de caráter único, para cada cliente?
Caroline –
Vivemos uma era de micromomentos, principalmente quando falamos nos jovens. Querem tudo de forma muito veloz, para logo partirem para vivenciarem outras experiências. Por isso, uma comunicação full time nas redes sociais é o que os alimenta. As marcas devem acompanhar estes novos meios de comunicação com seus consumidores. Quem não está presente na realidade virtual não é lembrado, e muito menos desperta o desejo. Estamos em um momento de muita revolução tecnológica, mas devemos lembrar em jamais perder a relação humana.

Neste período de tamanhas novidades tecnológicas, o que resta fazer ao gestor de loja física para atrair e manter clientes?
Caroline –
Ele tem de elevar sempre a experiência do consumidor no espaço físico, promovendo abordagens multissensoriais, proporcionar benefícios exclusivos e atendimento premium. De um lado, temos uma tecnologia mais fria e objetiva;  do outro, o calor humano que pode influenciar na tomada de decisão.

O que vende mais na loja física: um ambiente visualmente atrativo e chamativo ou promoções e preços baixos?
Caroline –
É um conjunto de situações que transforma o momento da compra: a comunicação do ambiente por meio do merchandising, o treinamento dos consultores de venda, serviços exclusivos e uma integração com as redes sociais. Claro que preços sempre são pontos muito atrativos, mas o conjunto faz com que mantenha e ganhe novos consumidores.

Quais são os erros comuns de quem vende moda?
Caroline –
A falta de informação sobre o que se está vendendo. Vejo muito isso no comércio e acredito que é um dos principais e piores erros. O consumidor de hoje é muito atualizado. Um consultor que não entende do produto que está vendendo passa falta de credibilidade. Produtos de moda são cheios de detalhes, e o consumidor quer saber o máximo sobre aquilo que está comprando.

O consumidor rejeita que tipo de situação quando entra em uma loja?
Caroline –
Existem vários tipos de abordagens e estas devem ter uma certa sutileza. Deixar o cliente muito à vontade para entrar na atmosfera da loja e detectar em frações de segundos que tipo de satisfação veio procurar no espaço, seja ela de necessidade ou prazer. Portanto, o ambiente deverá lhe proporcionar este estado de conforto e aconchego.

As pessoas estão cada vez com mais pressa. Como conduzir vendas de produtos que exigem grande demonstração ao cliente com essa exigência por rapidez?
Caroline –
Por meio de nossa inteligência emocional é possível detectar de forma rápida do que aquele cliente está precisando no momento e, a partir deste diagnóstico, conduzir a venda de forma eficaz, gentil e clara. Hoje, as pessoas não podem ser atendidas com uma fórmula pronta. O consultor de vendas deve estar preparado para vários tipos de situações e agir da forma como o cliente está pedindo por meio de suas atitudes e expressões.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Livre Mercado  11/02/2016 | 07h06

Claudio Loetz: Espaço Inovaparq, em Joinville, será inaugurado no dia 17

Localizado no Perini Business Park, iniciativa vai apoiar empresas na tomada de decisões e antecipar tendências para negócios com estudos realizados por professores e alunos

Livre Mercado 18/01/2016 | 07h04

Claudio Loetz: Havan terá terceira loja construída em Joinville

Planos da empresa é de instalar também uma loja em Praia Grande e outra em Jundiaí

Livre Mercado 16/01/2016 | 11h34

Claudio Loetz: As dores cotidianas

Livre Mercado 15/01/2016 | 07h07

Claudio Loetz: Novas regras do Minha Casa, Minha Vida afetam as cidades do Norte de SC

Principal mudança trata do valor máximo dos apartamentos ou casas a serem financiadas pela Caixa Econômica Federal

Livre Mercado 11/01/2016 | 07h04

Governo do Estado quer acelerar o cadastro de propriedades rurais em SC

Prazo termina no dia 5 de maio e, até agora, pouco mais da metade dos imóveis foram regularizados

Livre Mercado 09/01/2016 | 06h31

Balança Comercial de Santa Catarina tem déficit de US$ 4,96 bilhões em 2015

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior divulgou balanço nesta semana

Livre Mercado 08/01/2016 | 07h02

Perini reforça a segurança com instalação de novas câmeras de monitoramento

Complexo localizado na zona industrial de Joinville terá equipamentos que reconhecem as placas de veículos em apenas três segundos

Livre Mercado 06/01/2016 | 07h09

Celesc firma contrato de concessão com cinco usinas catarinenses por 30 anos

Assinatura do contrato ocorreu em Brasília, nesta terça-feira. Entre as usinas está a do Bracinho, localizada em Schroeder

Livre Mercado 05/01/2016 | 07h07

CDL de Joinville projeta crescimento de 10% nas vendas do comércio em janeiro

Para presidente da entidade, Luiz Kunde, a presença de turistas e a permanência de moradores na cidade têm contribuído para a perspectiva otimista neste início de ano

Livre Mercado 04/01/2016 | 07h02

Em Joinville, Caixa registra aumento de imóveis comercializados pelo Programa Minha Casa, Minha Vida em 2015

Foram comercializadas 1.918 unidades habitacionais, 45% mais do que em 2014

Livre Mercado 02/01/2016 | 12h17

Aeroporto de Joinville comemora avanços em 2015

Confira entrevista com Rones Rubens Heidemann, superintendente do aeroporto

Livre Mercado 30/12/2015 | 18h13

Walmart fecha unidades da rede Todo Dia em Joinville

Grupo americano não confirma número de unidades desativadas, apenas que serão "algumas"

Livre Mercado 30/12/2015 | 07h08

Mais da metade dos joinvilenses está com dívidas, diz pesquisa da Fecomércio

Índice de famílias endividadas na cidade atingiu 50,4% em dezembro. No ano passado, no mesmo mês, a taxa era 39,2%

Livre Mercado 29/12/2015 | 07h09

Mercado imobiliário de Joinville dá sinais de recuperação em alguns setores

Pesquisa encomendada pelo Sinduscon mostra que no terceiro trimestre deste ano foram comercializadas 40% mais unidades de prédios verticais do que no trimestre anterior

Livre Mercado 28/12/2015 | 06h31

Loetz: Trabalhadores das indústrias têxteis definem pauta de reivindicações

Documento tem 80 cláusulas e pede, entre outras coisas, a reposição da inflação oficial a partir de 1º de fevereiro

Livre Mercado 25/12/2015 | 19h12

Claudio Loetz, sobre 2016: "Luz no fim da escuridão? Sempre há. Precisaremos de paciência, determinação e disciplina"

Colunista faz análise sobre o que esperar da economia no ano que vem

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMeia emprestado ao JEC desejava permanecer até o fim do ano https://t.co/6vAh79SVPL #LeianoANhá 10 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCiro Gomes faz palestra em Joinville nesta quinta-feira https://t.co/trvAIFHqxW #LeianoANhá 39 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros