Estaleiro Fibrafort apresenta pedido de recuperação judicial - Economia - A Notícia

Versão mobile

Economia10/11/2016 | 09h12Atualizada em 10/11/2016 | 09h25

Estaleiro Fibrafort apresenta pedido de recuperação judicial

Retração econômica freou as vendas em 75% na empresa de Itajaí

Foto: Foto: Divulgação


O estaleiro Fibrafort, de Itajaí, surpreendeu o mercado ao apresentar pedido de recuperação judicial. A empresa, com 25 anos de história, já ostentou o título de maior da América do Sul e, até o ano passado, experimentava crescimento com o aquecimento do mercado nacional e o aumento da demanda de exportações.

A previsão de bons negócios fez com que o estaleiro ampliasse o parque de produção e abrisse o portfólio para barcos maiores. A retração econômica, entretanto, afetou diretamente o consumidor emergente, cliente-alvo da Fibrafort. E a conta não fechou mais: a média de produção e venda de quatro embarcações por dia passou para um barco diário _ uma queda de 75%.

O dólar alto estimulou as exportações, mas a venda para o mercado externo não foi suficiente para compensar a baixa no mercado nacional. O resultado foi a adequação da linha de produção para alcançar o ponto de equilíbrio, o que resultou na demissão de quase dois terços dos 300 funcionários.

Com a estrutura enxuta, a Fibrafort apelou para a recuperação judicial para ganhar prazo para o pagamento das dívidas, que não tiveram o valor divulgado. Márcio Ferreira, empresário que comanda o estaleiro, diz que o processo protegerá a marca, que é conhecida internacionalmente, e os empregos. ¿Estamos comprometidos em pagar todos os credores¿, afirma.

A recuperação ainda depende de aceitação na Justiça. Só então a empresa terá prazo para apresentar o plano de pagamento das dívidas, que terá que ser aceito pelos credores.

A Fibrafort garantiu, em nota, que os compromissos assumidos junto a clientes, revendedores, funcionários e credores serão mantidos. 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia'Não haverá confronto', afirma representante dos taxistas de Joinville após anúncio do Uber na cidade:… https://t.co/3gdvHNL0RZhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaUber começa a operar nas ruas de Joinville nesta sexta-feira: https://t.co/r0o6vU1YCx https://t.co/Z64ka18wEghá 4 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros