Saiba como baixar o consumo de combustível em até 40% - Economia - A Notícia

Versão mobile

 

 

Seu Bolso23/03/2015 | 07h24

Saiba como baixar o consumo de combustível em até 40%

Checar itens como velas, pneus e filtros pode reduzir o valor gasto na hora de abastecer o carro

Saiba como baixar o consumo de combustível em até 40% Leo Munhoz/Agencia RBS
Vinícius optou por comprar novo carro por causa do consumo Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

O preço dos combustíveis passou por dois reajustes só no primeiro trimestre do ano. Desde a última semana de fevereiro, quando entrou em vigor a decisão do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) que atualizava o valor de referência para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o valor nas refinarias subiu em 15 Estados. Com isso, o litro da gasolina teve acréscimo – chegou a custar R$ 3,54 em Joinville, segundo o Procon.

Criatividade pode ajudar a economizar na conta de luz em Joinville

Segundo o engenheiro petroquímico e especialista em consumo consciente de combustíveis, Fábio Marconatto, o recente reajuste nas tabelas dos postos é reflexo da elevação do PIS/Cofins anunciada no início de fevereiro, que gerou efeito cascata sobre o ICMS.

— Como o imposto é estadual, o impacto varia conforme a unidade da Federação. No caso da região Sul, a mudança na alíquota do imposto que incide sobre o faturamento das distribuidoras foi alterada. Eles lucram menos, e por isso o custo médio ao consumidor ficou defasado e precisou ser ajustado — explica.

Leia mais notícias sobre economia

Agora que encher o tanque começou a pesar ainda mais no bolso no consumidor, economizar no consumo de combustível ficou ainda mais importante. Mas muitas pessoas não sabem que não é necessário fazer grandes adaptações no carro ou no modo de dirigir para reduzir o gasto de combustível.

— Basta colocar em prática algumas medidas simples, assim como alguns cuidados com a manutenção. É importante que as pessoas saibam que uma manutenção adequada no carro pode economizar até 40% no valor mensal que se gasta abastecendo — diz o especialista.

Pensamento no longo prazo

Para o funcionário público Vinícius Sanzon, a preocupação com a economia na gasolina não é novidade. Ainda em 2014, ele trocou seu carro antigo, 1.0, por um modelo mais novo e com motor 1.4. A escolha foi única e exclusivamente por conta do consumo.

— O carro antigo fazia cerca de dez quilômetros por litro. Com a troca, consegui fazer 14 durante quase um ano, até os reajustes de fevereiro — explica.

Abandonar o carro por uma bicicleta não era uma opção. Assim, a solução foi levar o carro no mecânico, renovar componentes, filtros e velas e começar a pensar em soluções alternativas.

— Segui o conselho do meu mecânico e comecei a abastecer com gasolina aditivada. O custo aumentou, mas o benefício aparece quando consigo fazer 12 ou 13 quilômetros por litro. Sei que, no fim das contas, estou poupando meu motor.

FAÇA O TANQUE DURAR MAIS

1 - Velas

Estão entre os itens que mais influenciam no consumo. Precisam ser trocadas com a quilometragem recomendada pela montadora, que varia de modelo para modelo. Se as velas estão ruins, a queima de combustível fica irregular, o que reflete diretamente no aumento do combustível injetado.

2 - Pneus calibrados
Pneus murchos ou com a calibragem errada fazem o carro consumir mais combustível. A calibragem deve ser feita no máximo a cada 15 dias, seguindo as orientações das montadoras para pressão, que é diferente para traseira e dianteira e se o veículo está carregado ou não. Os pneus podem ser responsáveis por até 20% do consumo.

3 - Peso
Um carro mais pesado precisa de maior aceleração para se movimentar. Quanto mais carregado, mais o veículo consome. Por isso, é fundamental observar o peso máximo recomendado. Estudos mostram que 40 quilos de excesso de peso aumentam o consumo em até 2%. Faça uma revisão nos objetos inúteis deixados no porta-malas.

4 - Troca de marcha
A troca de marcha faz muita diferença. Todos os veículos trazem no manual a velocidade certa para a mudança, que deve levar em conta o torque do carro. Um carro a 40 km/h não pode estar em quinta marcha, por exemplo. O uso do câmbio deve ser suave, sem necessidade de “espichar” até o fim.

5 - Ar-condicionado e filtros
Em dias de temperaturas amenas, é possível desligar o ar-condicionado. Ele aumenta, em média, 20% o consumo do veículo. Os filtros de ar e combustível precisam ser trocados nas datas previstas pelas montadoras. Em caso de entupimento, eles interferem na mistura de ar e combustível na câmara de combustão, o que faz o veículo gastar mais.

6 - Gasolina aditivada
Em um primeiro momento, ela não influencia no consumo. Sua função é manter a limpeza e preservar o motor. Mas um motor mais limpo e sem desgaste pode apresentar melhora de desempenho, o que inclui economia de combustível.

Leia as últimas notícias

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Seu Bolso 20/03/2015 | 21h40

Criatividade pode ajudar a economizar na conta de luz em Joinville

Dicas para poupar energia elétrica abrem série que mostra como evitar impacto maior no bolso diante do aumento de tarifas

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEstudantes de Joinville são premiados em concurso nacional de redação https://t.co/mWWFuZIKKZ #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCoronel Araújo Gomes assume comando-geral da PM com operações na Capital https://t.co/2nYPTM5PVl #LeianoANhá 5 horas Retweet
A Notícia
Busca