Vice-presidente da BMW em Araquari diz que Brasil deve voltar a crescer em três anos - Negócios e Cia - A Notícia

Versão mobile

 

Indústria automotiva28/04/2016 | 07h03Atualizada em 28/04/2016 | 14h44

Vice-presidente da BMW em Araquari diz que Brasil deve voltar a crescer em três anos

Carsten Stöcker fala sobre desafios da multinacional no Brasil

Vice-presidente da BMW em Araquari diz que Brasil deve voltar a crescer em três anos Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Carsten Stöcker mora pela primeira vez fora da Alemanha Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Quando o executivo alemão Carsten Stöcker assumiu, em fevereiro, o cargo de vice-presidente sênior da fábrica da BMW em Araquari, encontrou um ambiente de negócios adverso. Em meio a uma das maiores crises na história recente do Brasil, o segmento de carros de luxo, que até o ano passado não sentia o baque da retração econômica, registrou queda nas vendas pela primeira vez – e com a companhia não foi diferente.

Evitando entrar no debate sobre a conjuntura nacional, o executivo diz que o cenário é difícil. Em almoço com jornalistas na última quarta-feira em Joinville, ele pontuou que a crise política, com impacto na área econômica, foi responsável pela redução de 36,4% das vendas da multinacional no primeiro trimestre.

Leia as últimas notícias de Joinville e região
Saiba como são feitos os carros de luxo da BMW

— A retomada do crescimento, com ou sem impeachment, deve levar em torno de três anos — afirmou, acrescentando que a companhia continua acreditando no potencial do mercado brasileiro a longo prazo.

A boa notícia para a operação catarinense foi a conquista da confiança da sede na Alemanha para produzir 10 mil unidades do modelo BMW X1 para os Estados Unidos até o início de 2017. A outra fábrica que produz o X1, em Regensburg, na Alemanha, estava impossibilitada de fornecer as remessas extras.

O plano de exportação justifica a contratação de 300 trabalhadores temporários, anunciada na semana passada. A produção teve início neste mês e os embarques começam em julho. A expectativa da empresa é permanecer até o final do ano com cerca de 1 mil funcionários, somando efetivos e temporários.

De acordo com Stöcker, apesar do custo Brasil, que encarece a produção e afeta a competitividade, a unidade atendeu aos requisitos para suprir a demanda reprimida pelo produto no mercado norte-americano.

— A operação de Araquari apresenta flexibilidade produtiva, a equipe é bem treinada e oferece produtos de alta qualidade — destacou.

O executivo chamou a atenção para a rapidez com que o lançamento chegou ao Brasil. O modelo foi lançado mundialmente em setembro de 2015 e iniciou a produção no País em março deste ano, representando 70% da produção local. Em relação ao gosto do brasileiro, o modelo mais vendido é o BMW Série 3.

Família passa por período de adaptação cultural

Morando pela primeira vez fora da Alemanha, Stöcker está em fase de adaptação e conhecendo a região. Disse que por enquanto sobra pouco tempo livre para se dedicar a hobbies, mas é adepto de esportes e tem conseguido correr. Nos finais de semana, passeia pelas praias do litoral catarinense com a esposa e os dois filhos adolescentes, de 12 e 14 anos.

– A nova experiência familiar é o maior desafio –  afirma o executivo, já que do ponto de vista de negócios, diz que está acostumado a viagens internacionais, e sente-se preparado para o cargo, em virtude das várias funções que exerceu na BMW.

Stöcker recebeu os jornalistas com cordialidade e contou, de forma bem-humorada, algumas curiosidades para o olhar de um estrangeiro. Uma delas é o cumprimento com beijos, algo que a própria filha se espantou na escola.

–  Na Alemanha, a relação entre aluno e professor tem um distanciamento maior –  explicou.

Os filhos também contaram espantados para o pai que não conseguiam atravessar a rua na faixa de pedestres porque os carros não paravam. Para ele, trata-se de uma questão educacional, já que, na Alemanha, estes ensinamentos começam na infância, tornando-se algo natural. Os filhos estudam em Joinville, de manhã no curso formal, e, à tarde, têm aulas em alemão. Para estimular o filho, de 14 anos, a aprender português, o pai usou um argumento irrefutável: ter uma namorada brasileira.

Perfil Carsten Stöcker
45 anos

Possui ampla experiência em estratégia e acumula passagens por diversos departamentos e áreas dentro do BMW Group. Formado em engenharia industrial pela Universidade de Siegen, na Alemanha, Carsten iniciou sua carreira no BMW Group em 1998, no Departamento de Produção da empresa, em Munique, também na Alemanha, com passagens pelas áreas de construção de carrocerias automotivas e de rede e estratégia de produção.

Em 2006, após oito anos de atuação no Departamento de Produção, Carsten foi transferido para o Departamento de Desenvolvimento da empresa, onde exerceu a função de gerente de projeto de produção para os modelos BMW Séries 3 e 4. A partir de 2012, ele passou a ocupar a vice-presidência das áreas de Gestão de Qualidade de Componentes Eletro-Eletrônicos e de Compras e Gestão de Qualidade de Componentes Internos. Em fevereiro de 2016, o executivo assumiu como vice-presidente Sênior da fábrica do BMW Group em Araquari.

Nascido em Opladen, Leste da Alemanha, Carsten é casado e pai de dois adolescentes. Entre seus hobbies estão viagens e esportes como ciclismo de montanha, corrida e esqui. Em 1997, ele integrou a equipe que representou a Alemanha no rali Camel Trophy, realizada na Mongólia.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Economia 09/10/2014 | 07h49

Lideranças comemoram o estímulo ao desenvolvimento com a instalação da BMW

Mesmo assim, reforçam os desafios de qualificar a mão de obra e melhorar a infraestrutura da região

Economia 09/10/2014 | 07h20

BMW eleva nível de exigência de fornecedores no Norte de SC

Nível de excelência na montadora alemã faz empresas aprimorarem processos

Economia 09/10/2014 | 06h11

Empresa que fornece bancos automotivos para a Ferrari veio para o Norte de SC para atender à BMW

A Lear Corporation disputa a liderança mundial na fabricação de bancos automotivos

Preparação para Araquari 17/05/2014 | 07h03

Saiba como são feitos os carros de luxo da BMW

Em um galpão de 800 m² em Joinville, 180 pessoas montam e desmontam automóveis da montadora alemã

Referência nacional 08/05/2014 | 19h29

Central da BMW em Joinville deve movimentar 20 mil veículos em 2014

Localizado no Perini Business Park, centro recebe todos carros da montadora que entram no Brasil

Automóvel de luxo 07/04/2014 | 22h42

Primeiro carro feito pela BMW em Araquari ficará pronto em 30 de setembro

Fábrica da montadora alemã terá capacidade para produzir 32 mil veículos por ano

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFestival de Dança de Joinville: conheça as novidades vendidas na Feira da Sapatilha  https://t.co/cl0qTJfRb7 #LeianoANhá 38 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFestival de Dança de Joinville: confira o resultado da terceira noite da Mostra Competitiva https://t.co/6I2pyhi7Sj #LeianoANhá 53 minutosRetweet
A Notícia
Busca