Para a Döhler, de Joinville, estar à frente da realidade atual do mercado é uma forma de garantir destaque à empresa - Ano da Alemanha no Brasil - A Notícia

Vers?o mobile

 

Inovação27/06/2013 | 15h37

Para a Döhler, de Joinville, estar à frente da realidade atual do mercado é uma forma de garantir destaque à empresa

Empresa têxtil fornece produtos especiais para as Forças Armadas do Brasil e é uma das fornecedoras oficiais da Copa

Para a Döhler, de Joinville, estar à frente da realidade atual do mercado é uma forma de garantir destaque à empresa Leo Munhoz/Agencia RBS
Alguns dos produtos enviados para o Exército garantem invisibilidade ao soldado Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS
A têxtil Döhler, de Joinville, reinventou-se de diversas formas nos últimos 132 anos, desde que foi fundada pelo imigrante alemão Carl Göttlieb Döhler em 1881.

Hoje, o modelo de gestão é descaracterizado e o comprometimento com um trabalho de qualidade, uma das características da cultura germânica, continua presente e cada vez mais forte.

— Ao longo de todos estes anos, percebemos inseridas no nosso DNA a inovação e a vocação em não aceitar o conformismo. Todos os dias acordamos pensando em um
desafio diferente —, conta Carlos Alexandre Döhler, diretor comercial da companhia.

Nos últimos anos, a Döhler emplacou uma tecnologia capaz até de produzir tecidos para as Forças Armadas do Brasil.

A fabricação do produto que retém até 100% de líquidos e vento foi descoberto a partir
de pesquisas para desenvolver tecidos para velejar e esquiar. Ainda neste desafio, a têxtil joinvilense conseguiu desvendar os segredos para elaborar produtos com invisibilidade noturna e diurna e que distorcem a visão por raios infravermelhos.

— O nosso sucesso vem da capacidade em observar as tendências e usar isto para
estar sempre um passo à frente. Claro que isto demanda investimentos pesados em
pesquisa e novas tecnologias. Mas temos nossos objetivos muito claros e os caminhos
bem definidos para alcançá-los —, acrescenta o diretor Döhler.


Têxtil é uma das fornecedoras da Copa do Mundo

Recentemente, a última grande jogada da Döhler garantiu um golaço, literalmente, para
a marca.

Quando a última Copa do Mundo se encerrou, a empresa já estava em contato com a Fifa para entrar na lista de fornecedores oficial dos eventos futebolísticos deste ano e de 2014 no Brasil. O desafio foi concluído e a promessa é que muitas outras inovações vêm pela frente.

— Vamos iniciar as obras de uma nova tecelagem e queremos chegar à produção de 2,5 mil toneladas em quatro anos. Hoje, fabricamos 1,3 mil toneladas. Estamos nos
antecipando e nossas equipes pesquisam para encontrar as oportunidades do mercado
—, completa Döhler.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Nosso time na Copa! 23/02/2013 | 06h02

Onze empresas da região Norte prestarão serviços na Copa do Mundo 2014

Na lista, há nomes tradicionais da cidade e empresários iniciantes que se destacaram na seleção feita pela organização

 
A Notícia
Busca