'Cinesolarzinho' leva, de van, cinema itinerante com conceitos sustentáveis a São Francisco do Sul - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

 

Cultura01/05/2018 | 14h16Atualizada em 01/05/2018 | 16h33

'Cinesolarzinho' leva, de van, cinema itinerante com conceitos sustentáveis a São Francisco do Sul

Projeto utiliza energia limpa e renovável para exibir filmes e unir arte, cinema e sustentabilidade

'Cinesolarzinho' leva, de van, cinema itinerante com conceitos sustentáveis a São Francisco do Sul Murilo Durães/divulgação
Projeto viaja pelo país Foto: Murilo Durães / divulgação

São Francisco do Sul, no Litoral Norte, é a primeira cidade catarinense a receber a temporada do 'Cinesolarzinho 2018', em Santa Catarina. O projeto, que consiste em apresentar eventos das séries de cinema ao ar livre em diversos municípios brasileiros, desembarca na Ilha de São Chico nesta quarta-feira (2). Ao todo, o Cinesolarzinho visitará este ano 41 cidades do País, realizando 90 sessões de cinema.

De acordo com a promotora do evento, Brazucah Produções - em parceria com o Ministério da Cultura, o espetáculo é uma versão infantil do 'Cinesolar' - iniciativa de cinema itinerante que utiliza a energia solar para exibir filmes. A sessão é gratuita e aberta ao público e, na cidade, conta com o apoio da Águas de São Francisco do Sul.

A estrutura do evento é equipada com placas solares e um sistema conversor de energia, instalados em praças públicas e quadras esportivas da cidade selecionada para a mostra. O material é transportado dentro de um veículo que viaja pelo País para realizar as sessões de cinema - equipado com 100 assentos, telão de 200 polegadas, além de sistema de projeção e som e estúdio de gravação.

Democratização cultural

Cinesolarzinho
Intuito de espetáculos de cinema gratuitos é democratizar o acesso às produções audiovisuaisFoto: Israel Barreto / divulgação

O intuito é "democratizar o acesso às produções audiovisuais, principalmente em regiões "carentes", além de promover ações sustentáveis através do projeto", aponta a realizadora. Neste ano, cada evento conta com duas programações de curtas infantis (cerca de uma hora cada) e com participação de um apresentador, responsável pela mediação entre os filmes e o público.

Além de São Francisco, estão previstas passagens em Penha (3 de maio); Bombinhas (4) e Camboriú (5), também com patrocínio de empresas de abastecimento locais, por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet. O projeto também estará em outras quatro cidades de Santa Catarina: Araranguá (7 de maio); Imbituba (8); Timbó Grande (10 e 11) e Três Barras (16 e 17).

Em Bombinhas, Penha, Três Barras, Timbó Grande e Imbituba o Cinesolarzinho também realizará oficinas de cinema, onde, no período da manhã ou à tarde, além de participarem de uma introdução ao audiovisual, as crianças produzirão um curta-metragem - exibido à noite, junto com os outros curtas da programação. Os visitantes terão acesso também a uma exposição tecnológica sustentável dentro do veículo itinerante.

Serviço:
Data: 2 de maio;
Horário: 19h e 20h30;
Local: CRAS Majorca, à rua Herval do Oeste, esquina com a rua São Joaquim, s/n (em caso de chuva será na EBM Ida Beatriz, à rua Rio dos Cedros, 434, no bairro Majorca);
Valor: Gratuito

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC goleia o Figueirense e vence a primeira na Copa Santa Catarina https://t.co/Os8SoSQEaQ #LeianoANhá 20 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDo clássico ao rock, Pianíssimo de Joinville prova que piano é para todos os gostos e idades  https://t.co/CAz69AcaB7 #LeianoANhá 1 diaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca