Rejane Gambin: Joinvilense conquista 3º lugar em concurso de beleza mundial - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Variedades07/12/2017 | 15h45Atualizada em 07/12/2017 | 16h51

Rejane Gambin: Joinvilense conquista 3º lugar em concurso de beleza mundial

A etapa final ocorreu no fim de semana, na Polônia

Rejane Gambin: Joinvilense conquista 3º lugar em concurso de beleza mundial Arquivo Pessoal/Divulgação
Matheus, o segundo da direita para a esquerda, é natural de Joinville Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

O joinvilense Matheus Song comemora a ótima colocação no concurso que escolheu o homem mais bonito do mundo: o Mister Supranational. Matheus ficou com o terceiro lugar e volta para Joinville trazendo essa faixa com muito orgulho. Ele participou do concurso mundial depois de vencer o Mister Brasil CNB 2017.

A grande final do Mister Supranational ocorreu no sábado, mas as provas já vinham acontecendo há duas semanas. Isso porque os jurados queriam conhecer bem cada candidato, já que o concurso busca um Mister com perfil de modelo fashion, sem deixar de lado características indispensáveis como boa oratória, educação e personalidade. 

As avaliações preliminares aconteceram no Hills Hotel, na Eslováquia, com provas de traje de banho, traje de gala, entrevista e prova top model. Entre as avaliações do candidato, também estão comportamento em eventos sociais, simulação de comerciais para TV e muitas sessões de fotos.

Confira mais fotos do Matheus no evento:

Vestindo @rafferoficial na prova do Traje de Gala. @songhomememulher

Uma publicação compartilhada por Matheus Song (@matheussongf) em

Vestindo @rafferoficial na prova do Traje de Gala. @songhomememulher

Uma publicação compartilhada por Matheus Song (@matheussongf) em

No fim de semana, a coluna publicou uma entrevista com o joinvilense. Relembre: 

Como você se sente representando Joinville num concurso internacional?
Me sinto extremamente honrado e muito feliz em poder levar o nome da nossa cidade para o mundo.

São várias provas. É difícil? O que foi mais desafiante?
Com certeza é difícil, mas eu sei o que estou fazendo e me preparei bastante para estar aqui. A parte mais difícil foi a entrevista, por precisar falar em inglês sob pressão dos jurados.

Qual é a tua expectativa? Dá pra trazer a faixa pra casa?
A minha expectativa, além de fazer boas amizades com pessoas de diversos países, é conquistar o primeiro lugar. Está bem disputado, mas tenho grandes chances de trazer a faixa sim.

Teu pai e tua irmã estão aí contigo. Essa é uma torcida especial e ajuda muito nesse momento né?
Apesar de quase não termos tempo para ficarmos juntos, faz bastante diferença ter mais esse apoio incrível de pessoas que eu amo!

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC conhece nesta sexta seu adversário na Copa do Brasil https://t.co/nevcKhkLFs #LeianoANhá 32 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona vence o Concórdia e está a um empate do título catarinense https://t.co/eHSjjHnyOC #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca