Fã de Roberto Carlos, francisquense faz show cover do ídolo por SC - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Cultura05/12/2017 | 07h30Atualizada em 05/12/2017 | 07h30

Fã de Roberto Carlos, francisquense faz show cover do ídolo por SC

Júlio de Britto descobriu que tem o timbre vocal semelhante ao do cantor que admira desde a infância

Fã de Roberto Carlos, francisquense faz show cover do ídolo por SC Salmo Duarte/A Notícia
Em seu show, Júlio imita o ídolo nos movimentos, no jeito de falar e no figurino Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Em 1969, o cantor Roberto Carlos tinha sucesso, prêmios internacionais e o título de "rei" da música no Brasil. Foi quando deixou a Jovem Guarda e lançou um novo disco, que trazia, na primeira faixa, a melancólica As Flores do Nosso Jardim. Três anos depois, o francisquense Júlio de Britto subia ao palco pela primeira vez para imitar o ídolo. Tinha 10 anos e, diante dos professores e colegas da Escola de Educação Básica Victor Konder, em São Francisco do Sul, interpretou a canção.

– Eu cantava e apontava as flores do jardim da escola. As professoras adoraram – recorda Júlio, aos risos.

É possível que seja uma coincidência, mas, em um exercício de imaginação, também haveria a chance de toda a admiração que ele sentia desde a infância por Roberto Carlos ter sido incorporada às cordas vocais de Júlio enquanto ele crescia. O fato é que, já adulto, ele começou a ouvir com frequência, ao cantar em festas e karaokês, que sua voz era muito parecida à do rei. Foi assim que, a pedido dos amigos, deixou o lado artístico aflorar e passou a fazer apresentações como cover do cantor em festas íntimas e de família.

– Só há cinco anos é que ficou mais sério. Formei um grupo de entretenimento para oferecer shows em que cantamos de tudo, mas, em determinado momento, "aparece" o Roberto Carlos – conta Júlio, atualmente com 55 anos.

Estudo para imitar ídolo

Desde a entrada do rei cover, a apresentação é um teatro pensado e ensaiado para tornar o momento o mais parecido possível à experiência de assistir ao cantor "original". Júlio chega vestido de branco, com lenço azul, rosas nas mãos e é escoltado por dois seguranças – que não permitem que ninguém coloque a mão no Roberto Carlos de São Chico. Segundo ele, o público realmente entra na brincadeira e reage como se estivesse diante do cantor.

– Eu fico até tarde da noite assistindo a vídeos para captar o jeito que ele fala, que se movimenta ao cantar, os trejeitos, a risada. Faço tudo para pegar o modo do Roberto Carlos – explica.

Desde que criou o grupo musical, Júlio já levou o Roberto cover a eventos de Joinville, Blumenau e outras cidades catarinenses, além de se apresentar no Paraná. Na terra natal, há apenas um ano ocorreu o primeiro show, como se fosse necessário aprovação fora da cidade para começar a fazer shows em São Francisco do Sul, explica ele. Tudo isso ocorre aos finais de semana, quase como uma diversão para o corretor de seguros que tem, com esses momentos, a oportunidade de se dedicar às músicas que mais gosta.

– Roberto é um cara carismático, do bem, que em toda a sua história nunca fez nada que o desabonasse. Ele só fala do amor, e muitas de suas canções poderiam ser enviadas na íntegra a uma namorada, como uma carta – explica Júlio, que já aproveitou a letra de Como é Grande o Meu Amor por Você para se declarar à esposa, Silvana, maquiadora e figurinista do cover.

Chance de assistir ao ídolo

Em 14 de dezembro, Roberto Carlos apresenta um show no Centreventos Cau Hansen, em Joinville, evento promovido pela NSC Comunicação. A última vez em que esteve na região, também para show no Centreventos, foi em 2013 e, antes disso, em 2005. 

Apesar de ser um grande fã, Júlio nunca havia conseguido ir a uma destas apresentações. Para o show da semana que vem, no entanto, o ingresso já está garantido. A única dúvida que ainda resta é: ir à caráter, como Roberto Carlos cover, ou deixar o artista em casa e permitir que Júlio assista à apresentação como mais um fã?

– Eu queria muito encontrá-lo depois do show e fazer uma foto com ele, aí seria legal estar vestido como Roberto, né? Mas nem sei como seria a minha reação se o encontrasse, eu ia ficar sem palavras – diz.

O show que passa por Joinville na próxima semana colocou Roberto Carlos no primeiro lugar no ranking das turnês que venderam mais ingressos no Brasil em 2017, segundo levantamento da plataforma Stubhub. Na apresentação, ele canta clássicos e acrescenta novidades como Sereia, Chegaste e Este Cara sou Eu. Até a noite de segunda-feira, ainda havia ingressos disponíveis em cadeiras do setor azul (mais perto do palco) e do setor amarelo, além de lugares na arquibancada inferior.

Agende-se:

O quê: Roberto Carlos
Quando: quinta-feira, 14 de dezembro, às 21 horas
Onde: Centreventos Cau Hansen (Avenida José Vieira, 315, bairro América, Joinville)
Quanto:
Plateia Azul: R$ 600
Plateia Amarela: R$360
Arquibancada Inferior: R$ 240

À venda no site oficial do cantor e no segundo piso do Shopping Mueller. A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE).

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaServidores municipais que trabalham no recesso entram em greve em Joinville https://t.co/YwrqIBzufT #LeianoANhá 21 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRejane: professoras de Joinville apresentam estudo inédito na Colômbia  https://t.co/GubXg76Hfc #LeianoANhá 5 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca