Rubens: Livro sobre proibição ao idioma alemão é lançado em Joinville - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada11/09/2017 | 05h44Atualizada em 12/09/2017 | 15h43

Rubens: Livro sobre proibição ao idioma alemão é lançado em Joinville

Em livro, Jorge Zimmermann entrevista pessoas detidas na época da Segunda Guerra Mundial

A proibição do idioma alemão em público foi uma das medidas da campanha de nacionalização instituída pelo governo de Getúlio Vargas no final dos anos de 1930. A medida, claro, teve muito impacto em lugares onde a presença germânica era forte, caso de Joinville – e este colunista ouviu histórias de antepassados seus detidos pela “falha” – e Blumenau, terra natal do escritor Jorge Zimmermann. Os relatos quanto a essa proibição 

Foto:

durante a Segunda Guerra, ouvidos na infância, ficaram na memória e acabaram transbordando para Serei Preso só por falar Alemão? – Histórias de Campos de Concentração no Brasil, quarto livro do autor, que o apresenta hoje, às 19 horas, na Livrarias Curitiba do Shopping Mueller. Fundindo fato e ficção, Zimmermann foi atrás de depoimentos de gente que passou por maus bocados naquele período, caso de um morador do Ancianato Bethesda, em Pirabeiraba, que, quando jovem, ficou detido no campo que funcionava numa colônia penal em Charqueadas (RS). O livro está à venda por R$ 40.


Confira outras colunas de Rubens Herbst.
Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br.

Comédia

Depois de dois filmes e uma série de TV, Meu Passado me Condena virou peça de teatro com os mesmos Fábio Porchat e Miá Mello.A história mostra o começo do relacionamento da dupla, que se conhece numa festa e se casa um mês depois. Mas a noite de núpcias não é a esperada. Em Joinville, a apresentação está marcada para o dia 22, no Teatro CNEC. Ingressos no ticketcenter.com.br.

Pista

Orelhada deixa a dica para os apreciadores de baladas eletrônicas: Alok, o DJ brasileiro com mais moral no mo-mento, é a principal atração do aniversário da festa Adore, no Joinville Square Garden, no dia 6 de outubro. Os ingressos estão à venda no site oficial da casa. Eleito o 25o melhor do mundo pela revista DJ Mag, no ano passado, Alok foi escolhido pessoalmente por Mick Jagger para remixar uma recente faixa solo.

Imagens em movimento

artista plástico ronaldo diniz
Foto: Divulgação / Divulgação

Tendo as fusões como uma de suas características, a arte contemporânea finca o pé no Garten Shopping com a exposição Orgânica, encontro de pintura, projeções e videoinstalação. O cruzamento se dá a partir de hoje, às 20 horas, e é protagonizado pelas ilustrações de Ronaldo Diniz (foto), presentes em nove telas e um grande painel monocromático, nas quais serão inseridos os efeitos visuais do VJ Vigas, famoso por seus videomappings. Projeções em quatro TVs de LED e monitores espalhados pelos corredores – que contam um pouco da trajetória de Vigas – também integram a mostra. Ela puxa a terceira edição do projeto Garten Art, que conta ainda com a apresentação do Projeto Hesséx Alone nesta quinta, às 19h30, e de um workshop sobre videoarte com Nilton Tirotti nos dias 21 e 28, às 18 horas.





A Notícia
Busca