Para ouvir: audiolivros são tendência e opção para quem tem pouco tempo para ler - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Ler com os ouvidos03/09/2017 | 08h30Atualizada em 03/09/2017 | 09h58

Para ouvir: audiolivros são tendência e opção para quem tem pouco tempo para ler

Com ambientação de histórias e até cinco vozes, livros em áudio são algumas das novidades da Bienal do Livro do Rio 2017

Para ouvir: audiolivros são tendência e opção para quem tem pouco tempo para ler Felipe Panfili / Divulgação/Divulgação
Foto: Felipe Panfili / Divulgação / Divulgação

Se é a voz de Cid Moreira narrando as histórias da Bíblia que lhe vem à cabeça quando se fala em audiolivros, atualize seus conceitos. Mais tendência que nunca, e bem mais simples que os jurássicos CD-Rooms, os livros em áudio são os que mais crescem em vendas pela internet. Durante a 18ª Bienal do Livro do Rio, maior evento literário e da indústria editorial do Brasil que ocorre até o dia 10 no Rio de Janeiro, a possibilidade de ouvir histórias em vez de decifrá-las com os olhos foi uma ideia que caiu bem para adultos e crianças. 

— Tem um pouco a ver também com a tradição oral, lembra o tempo que nossos antepassados contavam histórias — comentou Lucas Souza, 24 anos, um adepto desse formato. 

Imagine, por exemplo, ouvir a história do clássico Drácula, Bram Stoker, com ambientações e diferentes vozes. E isso enquanto faz academia ou qualquer outra atividade. 

— É um dos formatos que mais cresce na rede. Muitas editoras estão apostando nisso por ter a ver com a ideia de se oferecer diferentes experiências. Está ligado também ao fato de as pessoas terem pouco tempo para consumir informação — diz Adriano Tarolassi, diretor de e-commerce da Saraiva.

|| Best-seller A Garota no Trem, de Paula Hawkins, também em áudio:

A rede varejista vende livros e e-books e hoje tem um acervo também com 10 mil obras em áudio, em parceria com a plataforma Ubook. 

—Os smartphones mudaram a forma de consumir livro. E tem a vantagem de que se pode ouvir em duas ou até em mais pessoas — diz Gustavo Mondo, gerente de e-commerce da Saraiva. 

Hoje é possível ter acesso a audiolivros até mesmo por plataformas de streaming de música como o Spotify, que já disponibiliza alguns clássicos e livros de negócios. Na Saraiva, com uma mensalidade a partir de R$ 24,90 se pode ter acesso ao catálogo e ouvir livros enquanto dirige, caminha, vai para academia ou aguarda em sala de espera.

Para ter um gostinho:

* A repórter viajou à Bienal do Livro do Rio à convite da Saraiva

Leia também

Catarinense Pam Gonçalves escreve história para personagem da Turma da Mônica Jovem

18ª Bienal do Livro do Rio celebra as histórias como elementos fundamentais de sobrevivência 


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTerceirizada que administra prisões em SC suspende serviços por falta de pagamento https://t.co/xQ78IOoQlR #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Ajorpeme quer mais prazo para para recolher FGTS https://t.co/TTVgcIDfyh #LeianoANhá 3 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros