Espetáculo de dança "Cão Sem Plumas", de Deborah Colker, será apresentado em Florianópolis - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

poesia dançada29/08/2017 | 11h15Atualizada em 29/08/2017 | 13h08

Espetáculo de dança "Cão Sem Plumas", de Deborah Colker, será apresentado em Florianópolis

Montagem baseada no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto abriu o Festival de Dança de Joinville neste ano. Ingressos para duas apresentações na Capital começam a ser vendidos nesta terça-feira (29)

Espetáculo de dança "Cão Sem Plumas", de Deborah Colker, será apresentado em Florianópolis Cafi/Divulgação
Cão Sem Plumas é baseado no poema homo¿nimo de João Cabral de Melo Neto Foto: Cafi / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Depois de abrir o Festival de Dança de Joinville neste ano, a companhia de dança Deborah Colker traz para Florianópolis seu novo espetáculo Cão Sem Plumas. Serão duas apresentações, nos dias 21 e 22 de outubro, no Teatro Ademir Rosa, no CIC. Os ingressos começam a ser vendidos nesta terça-feira (29), às 14h, via Blueticket

Cão Sem Plumas é baseado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto e é o primeiro espetáculo de temática explicitamente brasileira da companhia. Publicado em 1950, o poema acompanha o percurso do rio Capibaribe, que corta o estado de Pernambuco. O texto mostra a pobreza da população ribeirinha, o descaso das elites, a vida no mangue.

Os bailarinos cobertos de lama fazem uma alusão às paisagens que o poema descreve, e seus passos evocam os caranguejos, animal que vive no mangue. Para construir esse conceito de bicho-homem, base da coreografia, Deborah Colker se baseou em manifestações que são fortes em Pernambuco, como maracatu e coco, e também se inspirou no samba, kuduro e outras danças populares.

No palco, a dança se mistura com o cinema. Cenas de um filme realizado por Deborah e pelo pernambucano Cláudio Assis, diretor de longas como Amarelo Manga e Febre do Rato, são projetadas no fundo do palco e dialogam com os corpos dos 13 bailarinos. Coreógrafa, cineasta e toda a companhia viajaram durante 24 dias do limite entre sertão e agreste até Recife para produzir as imagens.

A jornada também foi documentada pelo fotógrafo Cafi, também pernambucano. Na trilha sonora original estão mais dois conterrâneos de João Cabral de Melo Neto: Jorge Du Peixe, da banda Nação Zumbi, e Lirinha (ex-cantor do Cordel do Fogo Encantado, poeta e ator), além do carioca Berna Ceppas, que acompanha Deborah desde o trabalho de estreia, Vulcão (1994).

Agende-se
Deborah Colker apresenta Cão Sem Plumas
Quando: 21 e 22 de outubro
Onde:  Teatro Ademir Rosa, no CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: ingressos a partir de R$ 140 e R$ 70 (meia). Sócios do Clube do Assinante pagam R$ 110, via Blueticket

Leia mais:

Veja como foi a estreia do espetáculo em Joinville

"Prêmio Desterro - 8° Festival de Dança de Florianópolis" começa nesta quarta-feira

Agenda da semana: Ivete Sangalo em Florianópolis e Blumenau e outros eventos em SC

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVocê sabe qual é o meio de transporte mais rápido na hora de pico na área central de Joinville? Confira: https://t.co/AugMvOEqmIhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC sofre segunda derrota no Campeonato Catarinense júnior https://t.co/gAyq4ukOv5 #LeianoANhá 5 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros