Rubens: Museu Nacional do Mar de São Francisco do Sul reabre alas o público - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada18/07/2017 | 05h01Atualizada em 18/07/2017 | 10h46

Rubens: Museu Nacional do Mar de São Francisco do Sul reabre alas o público

Espaços serão entregues em evento na quinta-feira, às 15h30

Rubens: Museu Nacional do Mar de São Francisco do Sul reabre alas o público Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

A Fundação Catarinense de Cultura conclui mais uma etapa das reformas emergenciais do Museu Nacional do Mar com a reabertura total ao público, na quinta-feira, da Ala do Mar, que abriga as salas de artesanato e modelismo, da navegação, das canoas e a Biblioteca Kelvin Palmer Rothier Duarte. Para marcar a ação, além de uma cerimônia às 15h30, o museu retomará a exposição permanente dos modelos e miniaturas de embarcações do seu acervo de mais de 150 peças, que reproduzem em boa parte as originais da Coleção Alves Câmara. Já a sala dedicada ao navegador Amyr Klink, que inclui a réplica do barco I.A.T., também reencontrará o público nesta semana. Outra novidade será a entrega, em breve, do píer do Museu do Mar, obra custeada pelo Porto de São Francisco do Sul, uma das entidades que compõem o conselho gestor da instituição.

Objetos dançantes

Foto: Divulgação / Divulgação

O processo da Essaé Cia. que deu tão certo no espetáculo Fadas — a humanização cênica de objetos a fim de narrar uma história — é empregado no novo trabalho do grupo, que estreia hoje, às 10 horas, primeiro dia da Feira da Sapatilha, armada no Expocentro Edmundo Doubrawa. "Tudo Vira Dança" se apropria de ferramentas, material escolar, abridores de garrafa e outros instrumentos rotineiros para explorar o universo do movimento. A peça dos diretores e manipuladores Cassio Correia e Muriel Szym será reapresentada no dia 29, no mesmo local e horário.

Pintura

Na véspera da abertura de mais um Festival de Dança de Joinville, o artista Wilson Lamberto Doin realiza um antigo projeto: homenagear o evento com uma exposição que tem a arte do movimento como inspiração e foco central. As telas de "Dançando nas Cores de Doin" começam a ser exibidas hoje e ficam assim até o dia 30 no Shopping Cidade das Flores.

Frase

Foto: Divulgação / Divulgação

"Agora, por causa da 'Guerra Mundial Z' e 'The Walking Dead', não posso lançar um pequeno e modesto filme de zumbis, que deve ser sociopolítico. Eu costumava lançá-los com base na ação zumbi, e poderia esconder a mensagem dentro disso. Agora não dá. No momento em que você menciona a palavra `zumbi¿, deve ser: 'Ei, Brad Pitt pagou US$ 400 milhões para fazer isso'."
George Romero, em outubro passado, explicava para o site Indiewire por que seus filmes rarearam. Em 1968, ele marcou o cinema com "A Noite dos Mortos-vivos", que ultrapassou o gênero terror para ser visto como um libelo sobre a falta de comunicação e o racismo, dando início a uma infinita linhagem de filmes de zumbis. Apesar de ter menos de 20 títulos como diretor no currículo, Romero foi um revolucionário e morreu no domingo como lenda, aos 77 anos, vítima de câncer.

Luto

Outra perda no cinema ocorrida no final de semana foi de Martin Landau, que muitos lembrarão como o Bela Lugosi de "Ed Wood" (1994), filme de Tim Burton que lhe valeu o Oscar de ator coadjuvante. Mas ele também atuou em filmes de Alfred Hitchcock, Francis Ford Coppola e Woody Allen e na clássica série "Missão: Impossível". Landau morreu no sábado, aos 89 anos, de "complicações inesperadas", segundo seu agente.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br
Confira outras colunas de Rubens Herbst

Cover com estilo

O que antes era típico de bares e pubs, com pagamento embutido nas comandas, migra a passos largos para os teatros sob um banho de produção e ingressos vendidos antecipadamente pela internet. São os shows-tributo, que têm aparecido com frequência cada vez maior em espaços nobres de Joinville (e também de Jaraguá) nos últimos meses. Abba, Pink Floyd, AC/DC, Guns n' Roses, Led Zeppelin e Queen foram alguns dos dinos do pop e do rock "coverizados" com mais pompa que o habitual por estes lados. Agora, desponta na agenda do Teatro Juarez Machado o espetáculo "Cazuza, o Poeta", protagonizado pelo carioca André Juan, que, como esperado nestes casos, incorpora o falecido cantor no palco. A apresentação, marcada para 16 de setembro, já tem ingressos à venda pelo site ticketcenter.com.br.

Vivaldi em turnê

Foto: Divulgação / Divulgação

Quase 600 pessoas lotaram a Sociedade Cultural Lírica no domingo para a abertura da nova temporada de Vivaldi in Concert, projeto da Orquestra Prelúdio avalizado pelo Simdec. O êxito dá fôlego para as próximas quatro apresentações do espetáculo, a primeira delas no próximo domingo, às 10h30, no Ancianato Bethesda, em Pirabeiraba. Em Vivaldi in Concert, a orquestra regida por Rafael Daniel Huch repassa as principais facetas do compositor italiano e não fica apenas em sua obra mais famosa, "As Quatro Estações".

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinville tem avenidas e ruas duplicadas sem infraestrutura nos bairros https://t.co/OA5Xyb96BD #LeianoANhá 44 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaElton Carvalho: JEC foi castigado por uma estratégia sem necessidade https://t.co/QLZchJE2zH #LeianoANhá 6 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros