Rubens: Exposições fotográficas têm como tema o Festival de Dança de Joinville - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada24/07/2017 | 05h01Atualizada em 24/07/2017 | 05h01

Rubens: Exposições fotográficas têm como tema o Festival de Dança de Joinville

"Barra e Centro" e "Degas – Lembranças Após 100 Anos" são algumas destas mostras 

Rubens: Exposições fotográficas têm como tema o Festival de Dança de Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Barra e Centro é uma coleção de 40 imagens feitas pelo fotógrafo Cleber Gomes  Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

É uma frase batida, eu sei, mas vamos dizer que há dança também fora dos palcos do Festival de Joinville. O exemplo disso é a grande oferta de exposições fotográficas que a têm como tema, uma delas acontecendo neste momento na Escola do Teatro Bolshoi.

Barra e Centro é uma coleção de 40 imagens feitas pelo fotógrafo Cleber Gomes nas salas e corredores da instituição. A busca pelo sonho de se tornar bailarino transparece nos registros de detalhes técnicos, artísticos e na rotina dos jovens alunos, também escancarada na dedicação e no suor clicados por Gomes. A exposição vai até 8 de setembro.

A alguns metros do Bolshoi, na galeria de arte do Teatro Juarez Machado, outra mostra se desenrola durante o Festival: Degas – Lembranças Após 100 Anos, com réplicas de obras do francês, mestre do impressionismo e conhecido como ¿o pintor das bailarinas¿.

Estima-se que ele tenha deixado cerca de 1,5 mil trabalhos (gravuras, pinturas, esculturas e pastéis) sobre o tema das bailarinas. No século 19, a proximidade de seu ateliê com o teatro onde se apresentava o balé da Ópera de Paris deu a Degas acesso aos bastidores do mundo da dança, permitindo que registrasse não só o fulgor dos espetáculos, mas também aulas, ensaios e momentos menos glamourosos. Vários deles podem ser vistos na mostra, que permanece até sábado.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br
Confira outras colunas de Rubens Herbst

MinC tem novo chefe

Com cargo vago há mais de um mês, o Ministério da Cultura (MinC) tem um novo líder. O jornalista Sérgio Sá Leitão assume a pasta nesta semana e será o quarto ministro da Cultura em quatro anos. Leitão – que foi repórter nos áureos tempos da revista Bizz – vem da direção da Ancine, foi secretário de Cultura do Rio de Janeiro e integrou a equipe do ex-ministro Gilberto Gil. Ou seja, é um nome ligado diretamente à área, um alívio depois das notícias de que a chefia do MinC viraria campo de leilões políticos para tentar barrar as denúncias contra Michel Temer.

Foto: Divulgação / Divulgação



Cinema francês

Os joinvilenses terão nesta semana uma pequena panorâmica do cinema francês mais recente. Desta segunda-feira até sábado, a Aliança Francesa (rua Professora Senhorinha Soares, 62, no bairro Anita Garibaldi) promove uma mostra de longas e curtas-metragens, desde animações e documentários até dramas e comédias. A abertura é com o drama histórico Rouge Brésil (2014, foto), sobre a relação de índios com exploradores europeus. No dia 29, a atração é o cult Sabores do Palácio. Todas as sessões acontecem às 19 horas e têm entrada gratuita.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona volta à quadra nesta segunda pelo Estadual de Futsal https://t.co/66MRJrycSI #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC vence primeiro jogo-treino sob comando de Rogério Zimmermann https://t.co/RZTG9jY5Ea #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros