Rubens: Cemitério dos Imigrantes de Joinville tem destaque em livro da Fundação Catarinense de Cultura - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada17/07/2017 | 10h24Atualizada em 17/07/2017 | 10h28

Rubens: Cemitério dos Imigrantes de Joinville tem destaque em livro da Fundação Catarinense de Cultura

Confira essa e outras notícias na coluna de Rubens Herbst

Rubens: Cemitério dos Imigrantes de Joinville tem destaque em livro da Fundação Catarinense de Cultura Salmo Duarte/Agencia RBS
Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

O Cemitério dos Imigrantes de Joinville aparece com destaque no primeiro volume da coleção Horizontes do Patrimônio Cultural, que a editora da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) lança hoje, durante o 8º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais, no campus da Udesc na Capital. 

Com o patrimônio cultural funerário do Estado como tema, a publicação (também acessível pelo site fcc.sc.gov.br) dá grande crédito ao cemitério de Joinville, criado em 1851 e destacado pela arquitetura típica dos cemitérios germânicos, sendo tombado na década de 1960 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). 

O guia é fruto de um levantamento pioneiro no País sobre cemitérios, manifestações e ritos religiosos realizado por Elisiana Trilha Castro, doutora em história e vice-presidente da Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (Abec). Mais de 30 locais, de sete regiões de Santa Catarina, estão na lista.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br
Confira outras colunas de Rubens Herbst

História 

O documentário de curta-metragem Mário Avancini – Decifrando a Linguagem das Pedras foi lançado em dezembro e teve poucas exibições públicas desde então. Agora, o filme-biografia sobre o grande escultor, dirigido por Luciano Coelho, ganha um considerável alcance com sua chegada ao YouTube. São 20 minutos de imagens de arquivo e depoimentos de familiares, amigos e especialistas na obra de um dos maiores artistas joinvilenses.

Discussão 

Vinte e dois trabalhos, entre teses, dissertações, monografias, artigos científicos e trabalhos de conclusão de curso serão apresentados durante o 11º Seminários de Dança, evento paralelo ao festival de Joinville que a Escola do Teatro Bolshoi abriga nos dias 26 e 27. O tema deste ano, 1, 2, 3 e já! A criança pinta, borda e dança, quer fomentar o diálogo sobre a relação da dança e a infância. Para participar dos dois dias de debate, aperfeiçoamento e trocas de experiências é preciso se inscrever pelo site festivaldedanca.com.br.

Frase do dia

Foto: Charles Guerra / New Co

Comecei a perceber no show do Cartola (de 2002), tinha uma gente nova se aproximando. Hoje eu vejo crianças e fico muito feliz de ter ultrapassado todas as barreiras, de perceberem que eu não sou uma ameaça, que eu não sou um perigo. Porque, de uma maneira geral, as pessoas são caretas e o país está mais conservador, não vamos nos iludir.

Ney Matogrosso, em entrevista ao O Globo. O cantor é o grande homenageado do Prêmio da Música Brasileira, cuja cerimônia acontece nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, e que terá a joinvilense Ana Paula da Silva disputando a categoria Regional – Cantora.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaO que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região https://t.co/LYosOVgyy0 #LeianoANhá 6 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaO que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região https://t.co/IhRhppetgf #LeianoANhá 33 minutosRetweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros