Rubens: Catumbi do Itapocu vai virar documentário - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada22/07/2017 | 05h01Atualizada em 22/07/2017 | 05h01

Rubens: Catumbi do Itapocu vai virar documentário

Gravações na comunidade ocorrem entre terça e domingo  e transformará a comunidade em um set de filmagem

Rubens: Catumbi do Itapocu vai virar documentário Valério dos Passos/Divulgação
Catumbi do Itapocu vai virar documentário Foto: Valério dos Passos / Divulgação

Catumbi do Itapocu vai virar documentário O ¿AN¿ já contou algumas vezes sobre o Catumbi do Itapocu, uma tradição centenária que serve para afirmar a cultura negra no distrito de Araquari. A festa popular, regada a dança, música e outros ritos religiosos, acontece uma vez por ano, sempre em dezembro, na Capela Nossa Senhora do Rosário, construída em 1856. 

Só que neste ano ela acontecerá, excepcionalmente, também na próxima semana. O motivo é o documentário Itapocu, que será gravado entre terça e domingo e transformará a comunidade em um set de filmagem. A ideia é contar a história do catumbi, por isso, uma ¿edição extra¿ da festa está marcada para o dia 29. Nove pessoas fazem parte da equipe de gravação do doc, a cargo das produtoras joinvilense Cinemonstro e Futuro Coletivo. A estreia será ainda neste ano.

Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br
Confira outras colunas de Rubens Herbst

Schwanke para usar

Para dar uma movimentada no Schwanke – Circuito Expositivo, o MAC Schwanke organizou um sábado especial no Instituto Juarez Machado, um dos três locais de Joinville que expõem obras do artista até agosto. A programação começa às 10 horas, com lançamento de uma linha de produtos (baldes, mochilas, sacolas, postais) com a marca de Luiz Henrique, e logo depois, uma conversa com os curadores da mostra. Às 16 horas, uma oficina para crianças entre três e sete anos trabalhará de forma lúdica alguns conceitos presentes no trabalho de Schwanke.

Prato feito

Foto: Divulgação / Divulgação

Salada Autoral é o nome do evento que juntará arte, gastronomia e bazar no Arte Final Tattoo Studio (rua Ministro Calógeras, 420) neste sábado, a partir das 14 horas. Claro que desse bem bolado muito nos interessa a parcela artística, que contará com live painting e exposição de nomes conhecidos da street art local, como Bilbo, Jonca, Zafa, Rafael Moreno, Gori e vários outros. Hessex Alone, Abel, Commando47 e Abdiel respondem pelo mix de rock, psicodelia, rap e jazz/soul/MPB. A entrada é gratuita.

Vozes literárias femininas

 O Conto de Aia, da escritora canadense Margaret Atwood Foto: Divulgação / Divulgação

A hashtag #readwomen2014 é projeto-manifesto criado pela escritora e ilustradora britânica Joanna Walsh como forma de chamar a atenção para mulheres escritoras num mercado editorial dominado por vozes masculinas. No ano seguinte, a iniciativa chegou ao Brasil, onde virou #LeiaMulheres e se espalhou por mais de 50 cidades na forma de um clube de leitura que elabora ações para valorizar autoras, mediadores e editoras. Em Joinville, ele abre as portas neste sábado, com a primeira reunião acontecendo às 15 horas, no Sesc. 

O livro proposto para debate é O Conto de Aia, da escritora canadense Margaret Atwood (foto), com mediação ficará das jornalistas Karoline Lopes, Marcela Güther e Naiara Larsen.Ainda no fim de semana do Sesc de Joinville, a gestora cultura Jonaya de Castro, idealizadora do site labExperimental.org, faz palestra neste domingo, às 19h30, sobre variados tipos de captação de recursos por meio de crowdfunding, matchfunding, relação com fundações internacionais e outras possibilidades que fogem dos tradicionais editais e leis de incentivo. Produtores e gestores de projetos culturais, sociais, educativos, ativistas e ambientais devem se inscrever na secretaria do Sesc.

A praça

Quarteto country punk The Outlaw Singers Foto: danielle weege / Divulgação

O rock jaraguaense passará a ponte, pegará a Rodovia do Arroz e estacionará na praça do Museu de Arte de Joinville (MAJ) neste sábado para fazer um bom barulho a partir das 17 horas. Na mini-caravana estarão a one man band casca grossa James Dinho and the Little Bastard e o quarteto country punk The Outlaw Singers (foto). A maior contribuição será prestar no som e arriscar um ¿bate-cabeça¿.

Em casa

A banda paulista Grand Bazaar passou por Joinville em maio, arrancando aplausos eufóricos dos presentes no Sesc com suas referências sonoras do Leste Europeu. Aproveitando nova passagem pelo Sul, o coletivo faz um pocket show neste sábado, às 15 horas, no número 3.080 da rua Blumenau. Sim, é num apartamento, é aberto e os R$ 10 da entrada irão para a banda.

Teste

A MeroAcidente! Palhaçaria faz neste sábado e domingo, às 20 horas, no galpão da Ajote, um ensaio aberto do espetáculo Um Cabaré Cômico. A ação faz parte do processo de pesquisa e experimentação cênica do grupo, que compartilhará com a plateia os números cômicos que vem sendo desenvolvidos ao longo do último ano pelos integrantes. A entrada é gratuita.

Memória

Para lembrar o centenário da greve geral de 1917, o Coletivo Anarquista Bandeira Negra, a Livraria 36 e o Espaço Cultural Casa Iririú promovem uma nova edição do Projeto Cinema, Café e Bate-papo. Neste domingo, às 18 horas, será exibido o documentário O Sonho não Acabou, que aborda o teatro social realizado pelo movimento operário no contexto da greve. A entrada é gratuita.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCBF deve confirmar antecipação do horário de JEC x Macaé nesta terça https://t.co/wLtFfb1SNL #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBarroso desiste e Copa Santa Catarina volta a ser discutida https://t.co/asQfRYkb7I #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros