Agende-se: Semana do Rock Catarinense terá shows e papo sobre a história do gênero no Estado - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Rock made in SC13/07/2017 | 09h31Atualizada em 13/07/2017 | 09h31

Agende-se: Semana do Rock Catarinense terá shows e papo sobre a história do gênero no Estado

Evento terá participação de 31 bandas de Santa Catarina , além de conversas e feira de música em Florianópolis e São José

Agende-se: Semana do Rock Catarinense terá shows e papo sobre a história do gênero no Estado Johnny Duluti/Divulgação
Banda Eutha comemora 25 anos de carreira e reconhecimento na cena underground Foto: Johnny Duluti / Divulgação

Se Raul Seixas é considerado o pai do rock no Brasil, The Snakes pode assumir a paternidade do gênero em Santa Catarina. Em 1963, a banda abriu caminho para o som na Capital e, de lá para cá, muita coisa mudou. A começar pela divulgação. Dos mutirões para afixar cartazes de shows em postes usando cola à base de água e farinha de araruta, hoje basta criar um evento virtual e hordas de fãs do estilo estão a postos. E neste 13 de julho, celebrado como Dia no Rock no Brasil, todos os caminhos levam à música e à celebração da rebeldia e do barulho. Em Florianópolis e em São José, começa a quinta edição da Semana do Rock Catarinense com shows de 31 bandas, palestras e conversas para relembrar como foi que tudo começou por aqui.

Um raio-X da história do heavy metal

Serão 11 dias de programação nos principais espaços de música alternativa das duas cidades, entre eles Célula ShowCase, Casa de Noca e Taliesyn Rock Bar, além de apresentações na Escadaria do Rosário e Beira-Mar de São José. As 31 bandas selecionadas de 12 cidades do Estado — na primeira edição participaram apenas sete grupos — passaram pela curadoria de Geraldo Borges, músico e idealizador do evento.

Ele dividiu a agenda de shows entre alguns estilos dentro do próprio rock. É só olhar a programação e escolher entre heavy metal, hard core, experimental. E não está restrito apenas ao rock. Tem até o som do Trio Rédea Solda, grupo instrumental que combina música nativista com referências urbanas.

Dentre os destaques da programão está o bate-papo sobre como foram as décadas de 80, 90 e 2000 para o rock em Santa Catarina, com representantes de bandas que fizeram sucesso em cada época: Márcio Costa (Tijuquera), Cléo Borges (Iriê) e Marco Audino (Stryks).

— Cada década tem a sua importância e legitimidade, com grupos que fizeram história. Mas essa década de 10 está sendo muito boa, com várias bandas surgindo e com estilos diferentes. A internet e a facilidade para produzir tem favorecido essa reverberação — avalia Borges.

Trio Rédea Solta Foto: Ana Paula Borges / Divulgação

Eutha comemora 25 anos com lançamento de single

Outro destaque da 5ª Semana do Rock Catarinense é a comemoração dos 25 anos da Eutha, provavelmente a mais antiga e emblemática banda do cenário underground em atividade no Estado. Na sexta, eles farão o lançamento de O carnaval do satã, música que entrará no terceiro álbum do grupo e conta a história do underground.

— Começamos em fevereiro de 1992 e muita coisa mudou. Tinham bem menos opções para curtir. E quando tinha, a gente se preparava o mês inteiro. No Brasil, existiam menos bandas alternativas e esses grupos se conheciam e interagiam — conta o músico e jornalista Marcelo Mancha, 41 anos.

O segredo da longevidade, segundo Mancha, foi o fato de que os integrantes logo desistiram da obsessão pelo sucesso, tão comum em bandas em início de carreira.

— Fomos realistas rapidamente. Sem a pressão de ¿fazer virar¿, a gente relaxou para fazer o que curtia — lembra.

Aos poucos, a Eutha ficou conhecida na cena underground catarinense e brasileira. O primeiro disco foi lançado em 2001 e o segundo, em 2013. Agora eles se preparam para gravar o terceiro álbum. Sempre com convites para shows.

Programação

Quinta
21h,
na Célula Showcase
O Mundo Analógico
Bate papo sobre 20 anos do Parto da Primavera nos Dentes

Segunda, dia 17

 21h, na Casa de Noca
Inicio da #SRC com O Exótico Quark Encanto e Trio Rédea Solta

 Terça, dia 18
20h
, na Tralharia
Marcos Espíndola: Anos 2000, uma Odisseia Coletiva
22h, no Taliesyn Rock Bar
Leite de Velha e Helvéticos

Quarta, dia 19
12h
, na Escadaria do Rosário
Orquestra Manancial da Alvorada
20h, no General Lee
Bate papo de Décadas com Marco Audino, Cléo Borges e Marcio Costa. Shows de Carinae e Mosaico Adulto

Quinta, dia 20
20h,
na Célula Showcase
Bate papo Sobre o Underground e shows com as bandas Farra do Bowie, The Dolls  e Superbug

Sexta, dia 21
23h,
na Célula Showcase
Shows com as bandas Eutha, Homicide, Homem Lixo, REUS Renegados, Excluídos, Ultrajantes e Sarcásticos

Banda Homicide Foto: Evelise Oliveira / Divulgação

Sábado, dia 22
23h
, na Célula Showcase
Shows com as bandas Muñoz, John Filme, Ménage e Ruínas de Sade

Domingo, dia 23
11h,
na Beira-Mar de São José
Feira de Vinil, Food Truck, AlphaJorge, Napkin, Leo Dressel, Saint Pradier, Caledonia Fuzz, Parafuso Silvestre, Da Caverna, Rodrigo D¿Acampora  e Rinoceronte Negro

Quinta, dia 27
23h,
na Célula Showcase
Ressaca da SRC - show com Les Savons Superfins

Conheça a história do rock
Um raio-X da história do heavy metal

Leia também
Filme de horror "Pazúcus: Ilha do Descarrego" tem pré-estreia em Florianópolis
Os tweets do Padre Fábio de Melo são os melhores da internet 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"O corte de despesas é o caminho para o país crescer", disse Henrique Meirelles na Fiesc https://t.co/RR4UYpkn7v #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona treina no palco do jogo deste sábado https://t.co/5BGTHiFsL2 #LeianoANhá 5 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca