Rubens: Grupo Cirandela faz turnê no Norte de SC com o espetáculo Para Contar Estrelas - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada24/06/2017 | 05h00Atualizada em 24/06/2017 | 05h00

Rubens: Grupo Cirandela faz turnê no Norte de SC com o espetáculo Para Contar Estrelas

Apresentações ocorrem no Sesc de Joinville, neste domingo, e no Sesc de Jaraguá, na terça-feira, sempre às 20 horas

Rubens: Grupo Cirandela faz turnê no Norte de SC com o espetáculo Para Contar Estrelas SESC/Divulgação
Bruno Andrade Fachin e Priscila Schaukoski Foto: SESC / Divulgação

Bruno Andrade Fachin e Priscila Schaukoski, a dupla que em 2009 criou o grupo de teatro Cirandela em Criciúma, está em turnê pelo Estado com o espetáculo Para Contar Estrelas. Duas das sete paradas são no Norte: no Sesc de Joinville , neste domingo, e no Sesc de Jaraguá, na terça-feira, sempre às 20 horas e sem cobrança de ingresso. 

Na peça, Bruno e Priscila são ¿guardadores do tempo¿, seres míticos que viajam pelo universo capturando os vários tipos de tempo. Em todo lugar que aportam, eles seguem o que é ditado pelo seu patrão, o relógio. Ele têm a missão de, a cada parada, capturar o ¿aqui e agora¿, mas nunca se sabe se o procedimento-padrão funcionará, nem se o mundo tem tempo para ser guardado, ou até mesmo se tem algum tempo livre para vislumbrar as estrelas.

Leia as últimas notícias de Joinville e região em AN.com.br

Confira outras colunas de Rubens Herbst

Dança falada, dança dançada

Cena do espetáculo 'Imersão', do MOA-Movimento Artístico Patrícia Dalchau Foto: Divulgação / Divulgação

De fato, estes dias que antecedem o Festival de Joinville andam agitados no setor da dança local. Pois vejam que neste sábado, na Ajote, a Associação dos Grupo de Dança de Joinville (Anacã) promove, às 15 horas, uma mesa-redonda com representantes da cidade, docentes, mestres e doutores na área cultural de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul para discutir o futuro da dança em Joinville pelo viés educacional.

 Às 19h30, também no galpão, o Movimento Artístico Patrícia Dalchau apresenta o espetáculo Imersão, trabalho coletivo em que a experiência pessoal de cada bailarino emerge no sentido do grupo, que é dançar. Os ingressos custam R$ 20 (inteira). Já a nova edição da Mostra Dança Joinville acontece neste domingo, no Teatro Juarez Machado.

Serão três sessões: uma especial, às 15 horas, em comemoração aos cinco anos do Grupo Tuffi Dippe (ingressos esgotados); a mostra infantil, às 17 horas (R$ 15 para todos); e a mostra adulta, às 19h15 (ingresso inteiro a R$ 20). No total, 411 bailarinos de 13 instituições apresentarão 43 coreografias em jazz, folclore, danças urbanas, sapateado e balé.

50 anos de rock

Banda made in brazil Foto: Divulgação / Divulgação

Uma lenda viva do rock nacional ressurge em Joinville neste domingo. A Made in Brazil é não só um sobrevivente do gênero no País do samba (e do sertanejo, axé, funk...) como também dona de uma pá de sucessos nunca esquecidos, como Anjo da Guarda, Vou te Virar de Ponta-cabeça, Minha Vida é Rock `n¿ roll e Uma Banda Made in Brazil. Fiéis ao estilo desde que fundaram o grupo paulistano, em 1967, os irmãos Oswaldo e Celso Vecchione passam com sua turnê de comemoração pelo Delinquents Bar, em noitada que começa às 20 horas. Os ingressos custam R$ 20.

Performance

Expert no uso da arte para provocar, o Erro Grupo ocupa a sede da Amorabi neste sábado, das 8 horas às 17 horas, com a performance-intervenção Irrupção. Será um pouco diferente daquela apresentada na Capital em 2015: uma pessoa do grupo carregará uma árvore pelas ruas da comunidade do Itinga, representando dois elementos deslocados para lugares ao quais não pertencem, como se fossem espécies invasoras.

Desfecho

Chega ao fim neste sábado a edição de 2017 do Reverbera – o Som do Cantautor. Para marcar o encerramento do projeto, os convidados são os músicos Vê Domingos (Itajaí) e Bruno Kohl (Porto Belo), que ocupam o Sesc de Joinville com seu workshop de composição, às 15 horas, e fazem show às 20 horas. Nos dois momentos a entrada é gratuita.

Decisão

Após três meses de disputa, o concurso Didge Garage Band chega à final neste domingo, a partir das 20 horas. Bento Leão e Projeto 676 sobreviveram à peneira de 16 bandas e batalham por prêmios que incluem gravação e edição de um clipe, abertura de um show nacional no Didge e entrevista na Rádio Atlântida. Além dos dois grupos finalistas, a noite terá a apresentação da Rordak.

Mito

A Cia. Euterpe, banda da Scar, reprisará neste domingo, às 20 horas, o show em tributo a Elvis Presley. Apresentado pela primeira vez em outubro, o espetáculo agora ganha grandiosidade no palco do Grande Teatro, além de trazer no repertório sucessos de todas as fases da carreira do Rei do Rock. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e estão à venda na bilheteria da Scar.

A Ilha em PB

Imagem do livro de fotografia 'TEMP O", de otávio nogueira Foto: otávio nogueira / Divulgação

Desde 2013 morando em Florianópolis, o fotógrafo paulista Otávio Nogueira mostra seu deslumbramento com as paisagens da Ilha nas 45 poéticas imagens que compõem o livro TEMP O, lançado em fevereiro pela editora da Udesc. O autor – que em seus registros destaca as nuances de luz e investiga as possibilidades do preto e branco – apresenta a obra em Joinville neste sábado, às 17 horas, no Instituto Juarez Machado.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaContagem regressiva: veja como estão os 10 times do Campeonato Catarinense https://t.co/a9vTFxASaB #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSC tem o segundo maior percentual de aposentados e pensionistas do Brasil https://t.co/SY4r4HN35k #LeianoANhá 11 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca