Rejane: Amanda Richter e Max Fercondini lançam livro em Joinville no sábado - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Variedades20/06/2017 | 05h30Atualizada em 20/06/2017 | 05h30

Rejane: Amanda Richter e Max Fercondini lançam livro em Joinville no sábado

Confira esta e outras notas da colunista

Rejane: Amanda Richter e Max Fercondini lançam livro em Joinville no sábado divulgação/Divulgação
Amanda Richter e o marido Max Fercondini contam a aventura que tiveram pela América do Sul Foto: divulgação / Divulgação

Depois de percorrerem seis países, a joinvilense Amanda Richter e o marido Max Fercondini resolveram dividir essa grande experiência em um livro. E no sábado, a dupla vai estar em Joinville lançando essa publicação que ficou, além de bonita, muito interessante. O encontro está marcado para as 19h30 na Livrarias Curitiba do Garten Shopping e lá eles vão contar um pouco desse tour que começou no ano passado, quando Amanda e Max embarcaram em um motor-home para uma aventura de mais de 180 dias e que passou por seis países da América do Sul. No total, eles viajaram mais de 21 mil quilômetros desbravando novos lugares e a cultura, a gastronomia e a arte de cada povo. E eu fui ver com eles quais são as impressões que ficaram dessa viagem e também dicas para quem também sonha em fazer uma aventura dessas.

Como foi viver essa aventura?
Foi transformador. Viajar é uma experiência sempre muito enriquecedora, mas cruzar 21 mil quilômetros por 180 dias consecutivos passando por seis países em um motor-home tendo que resolver vários imprevistos e dificuldades todos os dias, foi bem desafiador. Amadurecemos como pessoas e ao mesmo tempo vivemos momentos inesquecíveis.

Valeu a pena?
Valeu muito a pena, pois vivenciamos muitas coisas especiais e marcantes durante a gravação dos programas exibidos na TV Globo. Ajudamos a escavar um dinossauro de mais de 90 milhões de anos na Patagônia argentina, escalamos o vulcão Villarrica no Chile, um dos mais ativos da América do Sul, dormimos no meio do deserto do Atacama, conhecemos uma área restrita aos visitantes em Machu Picchu, entre muitas outras coisas.

Contem sobre um momento especial da viagem, aquele que vocês não vão esquecer.
Um momento muito especial foi quando recebemos a visita dos meus pais em Cuenca, no Equador (diz Amanda). Já estávamos havia quatro meses sozinhos na estrada e trabalhando bastante (não tínhamos equipe). Estávamos muito cansados e receber a visita da Carla e do Pierre foi uma bela injeção de alegria, carinho e amor que nos recarregou para seguirmos em frente, prontos para os próximos desafios.

Por último, que dicas vocês dariam para quem pensa em fazer uma viagem longa como essa?
Defina uma data. Parece que quando definimos a data que queremos partir as coisas começam a caminhar para aquele objetivo. Faça um bom planejamento da rota, do orçamento e do tempo, para não ter surpresas desagradáveis pelo caminho e não desista dos seus sonhos. Às vezes, pode levar tempo, mas se houver dedicação e força de vontade, você vai conseguir realizar o que deseja.

Leia outras colunas de Rejane Gambin

Festival de Ópera

Hoje tem a ópereta La Serva Padrona na Sociedade Harmonia-Lyra. É a segunda noite do Festival de Ópera, a partir das 20h. Os ingressos podem ser trocados por três quilos de alimentos na secretaria do clube.

Lions de Araquari

Toma posse nesta quinta-feira a nova diretoria do Lions Clube de Araquari, que terá como presidentes Fabiano Floriani Garcia e Roselane Garcia. O evento está marcado para começar às 20h e acontece na Churrascaria Viapiana.


 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSaavedra: Sindicato da habitação de Joinville quer cobrar indenização do Estado por roubos em condomínios  https://t.co/EfxZbDWWh5 #Leiano…há 30 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPenitenciária Industrial de Blumenau registra uma morte nesta quarta-feira https://t.co/5ornejjLuS #LeianoANhá 34 minutosRetweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros