"Ele tem uma vontade imensa de viver aquilo que não viveu", diz Dan Stulbach sobre Eugênio  - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Contradições humanas29/06/2017 | 04h00Atualizada em 29/06/2017 | 04h00

"Ele tem uma vontade imensa de viver aquilo que não viveu", diz Dan Stulbach sobre Eugênio 

Ator, sucesso na novela das 21h, estará em Florianópolis nesta sexta-feira (30) para a transmissão do programa Fim de Expediente, da rádio CBN, e falou com o DC sobre rádio e dramaturgia

"Ele tem uma vontade imensa de viver aquilo que não viveu", diz Dan Stulbach sobre Eugênio  Divulgação/TV Globo/Divulgação
Dan Stulbach Foto: Divulgação / TV Globo/Divulgação

No ar como o Eugênio da novela A Força do Querer, o ator Dan Stulbach, 47 anos, é um profissional polivalente – ele já comandou o programa CQC, foi comentarista esportivo, diz que o teatro é o lugar onde ele se encontra e ainda é um dos apresentadores do programa Fim de Expediente, da rádio CBN, que será transmitido especialmente de Florianópolis nesta sexta-feira, a partir das 18h, no cinema do shopping Iguatemi.

Ao lados dos colegas José Godoy e Luiz Gustavo (Teco) Medina, Stulbach comenta há 11 anos os principais fatos da semana e temas em evidência, passeando por assuntos que vão de música a futebol.

— Comecei no programa em 21 de abril de 2006, dia do falecimento do técnico Telê Santana. Nunca tinha feito rádio antes, só nas minhas brincadeiras de criança. No rádio você não tem figurino, não tem maquiagem, só o conteúdo e a imaginação. Isso é o mais legal, mais desafiador e mais interessante, mas também o mais difícil. Ser sintético nas suas informações, criar uma imagem e ser próximo de quem está te ouvindo. Tem que ser dinâmico, informal, mas não superficial — conta o ator em entrevista por áudio de WhatsApp entre uma e outra gravação da novela.

Apesar de se envolver em projetos em diferentes meios, Stulbach conta que "ator" é o que preenche no espaço para a profissão em fichas de hotel. Aliás, seu atual personagem na novela das 21h tem dado o que falar. Casado com Joyce, interpretada por Maria Fernanda Cândido, Eugênio recentemente se envolveu com Irene (Débora Falabella), uma arquiteta manipuladora. Antes disso, ocupava a diretoria da empresa da família e decidiu abandonar o posto para realizar o sonho de ter um escritório de advocacia, atitude desaprovada pela mulher. E ainda tem a questão da filha Ivana (Carol Duarte), que não se identifica com o gênero feminino e vive em conflito com a mãe por causa disso.

— O retorno que eu estou tendo com o personagem é muito, muito intenso. Primeiro, tinha a história da profissão. "Que corajoso, sempre é tempo de ser feliz". Depois ficou em cima da Irene, todo mundo vinha falar pra eu tomar cuidado com ela. Agora, é uma decepção. Esperavam que Eugênio fosse mais inteligente. Em relação à Ivana, acho que vai ser muito intenso daqui a pouco. É um tema muito bom, a luta contra o preconceito. A novela tem um papel muito importante no esclarecimento, e acho que a questão trans é importante de ser discutida — acredita.

O papel marca o retorno de Stulbach ao horário nobre da TV Globo. O ator conta que vários motivos fizeram com que o convite para interpretar Eugênio fosse irrecusável, como o tratamento carinhoso que recebeu da autora Gloria Perez, a afinidade com a equipe de direção da novela e os companheiros de cena.

— É um personagem complexo, que você pode trabalhar na ambiguidade. Ele é bom de caráter, mas tem seus defeitos. Todos nós somos assim, então é muito bom você trabalhar uma pessoa que você poderia encontrar na rua, que poderia ser seu amigo, mas que tem suas questões, sua profundidade, e que divide isso com quem tá assistindo. Eu acho que ele tem uma vontade imensa de viver aquilo que ele considera que não viveu, de que ele abriu mão durante a caminhada e pelos outros. Acho que ele não quer mais abrir mão de nenhum sonho ou desejo, seja ele qual for — finaliza.

Acompanhe a transmissão do programa

Além de ouvir pela frequência 740 AM no rádio, site ou aplicativo, o público poderá acompanhar presencialmente a transmissão a partir das 18h de amanhã no Cinesystem do shopping Iguatemi. Os ingressos serão distribuídos gratuitamente no local a partir das 17h, por ordem de chegada.

Leia mais:

Série catarinense estreia nacionalmente nesta quarta-feira

Rubens: Fernanda Young estará na Feira do Livro de Jaraguá do Sul

Carlos Schroeder: clássico de Charles Dickens, fora de catálogo desde 1950, é relançado no Brasil 


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRejane: Roberto Carlos fez show inesquecível em Joinville https://t.co/LKwpOfABpu #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCrimes aumentam e SC enquanto efetivo policial cai https://t.co/DFZ7qUq5xO #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca