Documentário sobre nazismo em SC abre o festival FAM 2017  - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Cinema20/06/2017 | 03h00Atualizada em 20/06/2017 | 03h00

Documentário sobre nazismo em SC abre o festival FAM 2017 

Festival Florianópolis Audiovisual Mercosul começa terça-feira e segue até o dia 25 com mostras de curtas, longas, animações e até videoclipes. Principal evento de cinema no Estado terá também shows e debates. Tudo gratuito

Documentário sobre nazismo em SC abre o festival FAM 2017  Reprodução / Reprodução / Anauê/Reprodução / Anauê
Imagem histórica de desfile Integralista em Blumenau está no doc "Anauê", de Zaca Pires Foto: Reprodução / Reprodução / Anauê / Reprodução / Anauê

Os regimes totalitários que eclodiram na Europa nos anos 1930 e desembocaram na Segunda Guerra Mundial exerceram significativa influência em Santa Catarina, onde foram criados núcleos e partidos nazifascistas. O assunto, polêmico e até ignorado pela historiografia oficial, é o tema do documentário Anauê, do catarinense Zeca Pires. O longa-metragem revê os tempos do Integralismo e Nazismo na região de Blumenau e abre nesta terça-feira a 21ª edição do Florianópolis Audiovisual Mercosul, o FAM, na Mostra Longas Mercosul às 21h. O principal festival de cinema no Estado e um dos mais importantes do Mercosul segue até o dia 25 de junho com mostras de ficção, animação e documentários, além de exposições e debates no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis.

O documentário de quase duas horas tem depoimentos de moradores e descendentes de alemães, historiadores e sociólogos. Mostra um histórico acervo fotográfico, fílmico e fonográfico, como fragmentos dos discursos de Getúlio Vargas e de uma entrevista de Nereu Ramos. O filme foi realizado com o Prêmio Catarinense de Cinema 2013/2014.

—É uma parte da história de Santa Catarina que foi colocada para debaixo do tapete. Acho importante que as novas gerações saibam para não repetirem. Tenho convicção de que a gente tem que aceitar as diferenças e opiniões diversas. Não só aceitar, como também crescer com isso. Para diminuir o preconceito, a ganância, a intolerância — opina o diretor.

Outras estreias importantes ocorrem durante o FAM 2017. Uma delas é a produção brasileira-uruguaia A Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira, que será exibido amanhã na Mostra Longas Mercosul — um dia antes de entrar na programação dos cinemas comerciais.  Outra é Guarnieri, documentário que estreia em SC e relembra a trajetória do ator e dramaturgo Gianfrancesco Guarnieri, figura significativa do teatro brasileiro. O filme é dirigido pelo neto do ator, Francisco Guarnieri.

Cena de "A Mulher do Pai", de Cristiane Oliveira Foto: Mulher do Pai / Divulgação

 Temas sociais e mostra de videoclipes

 O FAM teve recorde de inscritos em 2017. Foram 710 trabalhos, 30 % a mais que no ano passado, de países como o Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Paraguai, Peru, Porto Rico e Uruguai. Os 45 filmes selecionados serão exibidos em cinco mostras competitivas: Mostra Doc-FAM, Curtas Mercosul, Curtas Catarinense, Infantojuvenil e de Videoclipes.

Dentre as novidades está a data de abertura — uma terça-feira e não sexta, como era comum — e o número de dias de festival, que em vez de oito terá seis dias de programação. Outra novidade é a Mostra de Videoclipes, gênero que voltou com vigor nos últimos anos. É a primeira vez também que o FAM realiza o Rally Universitário. Os 25 estudantes selecionados, divididos em grupos, terão a missão de produzir um curta-metragem de três a cinco minutos em até 100 horas contínuas de produção.

A diversidade temática será outro ponto forte do FAM 2017, com produções que perpassam assuntos sociais e políticos do Brasil e da América Latina.

—Tem muitos filmes sobre a condição da mulher no mundo. O longa colombiano Oscuro Animal, por exemplo, fala sobre a opressão da mulher na Colômbia. Tem filme também que discute a questão indígena, como o doc Índios no Poder — destaca a diretora de programação do festival, Marilha Naccari.

A programação do FAM terá ainda Fórum Audiovisual Mercosul, encontros, lançamento de livro, shows e oficinas.

Veja a programação completa no site do evento.

AGENDE-SE

O quê:
FAM 2017
Quando: 20 a 25 de junho
Onde: Centro de Cultura e Eventos da UFSC, Campus Trindade, Florianópolis
Quanto: gratuito

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFilas e horas de espera marcam último dia de atendimento antes de recesso para reforma na Farmácia Escola de Joinvi… https://t.co/tXrlCfkzu8há 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAeroporto de Joinville terá apresentações natalinas https://t.co/IXXggYPlv2 #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca