Orelhada: "Amor por Anexins", da Dionisos Teatro, volta a ser apresentada em Joinville - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Cultura13/05/2017 | 05h00Atualizada em 13/05/2017 | 05h00

Orelhada: "Amor por Anexins", da Dionisos Teatro, volta a ser apresentada em Joinville

Peça teve estreia em 1997 e é uma adaptação de texto de Arthur Azevedo

Orelhada: "Amor por Anexins", da Dionisos Teatro, volta a ser apresentada em Joinville eneas lopes/Divulgação
Foto: eneas lopes / Divulgação

Em 1997, a Dionisos Teatro estreava sua primeira peça, "Amor por Anexins", uma adaptação do texto de Arthur Azevedo sobre um senhor idoso que tenta conquistar uma viúva interesseira, mas não se livra do hábito de falar por meio de ditados populares. Em 2008, no centenário do poeta e dramaturgo, o trabalho foi remontado, com novos figurinos, música ao vivo e os dois pés na rua. E é assim que "Amor por Anexins" retorna à baila: levando dramaturgia aos espaços públicos de Joinville, graças ao projeto aprovado no Simdec. Serão oito apresentações gratuitas, a começar por este sábado, às 15 horas, no jardim do MAJ. O itinerário segue para a rua das Palmeiras (dia 17, às 15h), praça Tiradentes (dia 20, às 15h), Zoobotânico (dia 21, às 15h), Parque da Cidade (dia 24, às 10h), Porta do Mar (dia 7/6, às 15h), praça Nereu Ramos (dia 11/6, às 12h30) e Estação da Memória (dia 17/6, às 11h30).

Topetes

Foto: Divulgação / Divulgação

Quem desce a serra novamente para entortar algumas espinhas joinvilenses é a Ovos Presley (foto), lenda da rica cena psychobilly de Curitiba. Os veteranos são a atração principal do Psychoville, minifestival que ocupa o palco do Delinquent¿s Bar neste sábado. Os conterrâneos d¿Os Piolhentos e a local Tampa do Caixão abrem o baile a partir das 23 horas. Ingressos a R$ 10.

Jardim

O Museu de Arte de Joinville faz a sua parte na Semana de Museus estreando neste sábado a intervenção "Revoadas de Outono, Conversas no Jardim: Expressões do Barro no Quintal do MAJ", com mais de cem peças em cerâmica, relacionadas a elementos da natureza, à mostra na área externa. Às 16 horas, as dez autoras das obras conversarão com o público. A exposição fica até o dia 20.

Ligações

A Confraria do Escritor de Joinville abre seu encontro mensal para discutir as conexões entre literatura e cinema. Para isso, contará com as presenças especiais do ator e músico Vinícius Ferreira, da professora de literatura Taiza Mara Rauen Moraes e do cineasta Fábio Porto na Casa da Cultura, a partir das 10 horas deste sábado. A discussão é aberta ao público e gratuita.

Humor

O comediante e youtuber Maicon Küster, de Balneário Camboriú, apresenta o shows de stand-up "A Vida de um Lixo", no Teatro Juarez Machado, neste sábado, às 20 horas. Com mais de 1,5 milhão de seguidores nas redes sociais, Küster faz piada com a situação política, relacionamentos e assuntos aleatórios. Os ingressos estão à venda no site ingressonacional.com.br.

Frase

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Não acho que o synth pop irá fazer tanto sucesso assim, mas a música eletrônica em geral está muito mais popular do que nunca. Especialmente com toda a dance music que existe por aí. Há dez, 15 anos, a cena estava morta na Inglaterra. Você não pensaria em coisas assim.

Vince Clarke (foto), do duo Erasure, em papo com o site Scream & Yell, admite que, hoje, a música eletrônica faz muito mais sucesso que as bandas dançantes dos anos 80, como o próprio Erasure, um expoente do synth pop.

Disputa no Paraíso

MCs de Joinville e de outras cidades da região se encontram neste domingo, a partir das 15 horas, para a oitava edição da Batalha do Paraíso, realizada por um grupo de moradores do bairro Jardim Paraíso, em Joinville. A BDP, como é popularmente chamada, acontece sempre no segundo domingo de cada mês na Lanchonete do Mano, próximo ao posto policial, e une batalhas de MCs — que podem se inscrever na hora da competição — e pocket shows de grupos de rap. Após as apresentações, o microfone fica aberto para quem quiser mandar suas rimas.

O fio da meada

Foto: Divulgação / Divulgação

Outro espetáculo joinvilense que é retomado neste fim de semana é "Por 3 Fios", da Essaé Cia. Teatral, uma adaptação do conto "Os Três Fios de Cabelo de Ouro", dos Irmãos Grimm. O solo criado em 2008 por Muriel Szym — que faz o viajante que desafia um rei tirano para cumprir uma profecia — será apresentado no galpão da Ajote neste sábado, à 16 horas, e no domingo, às 20 horas. Os ingressos antecipados custam R$ 20 (inteira).

Duelo de curtas

Foto: Divulgação / Divulgação

O sábado é dia de nova batalha de curtas-metragens na Galeria 33, dentro do Projeto ShorCutz Santa Catarina. Os duelantes da vez são o filme joinvilense "A Noiva de Tarantino", de Ebner Gonçalves, e "Satúrnica, premiado curta do paulista Cesar Netto. Já o título convidado vem de Portugal: "Palhaços" (foto), de Pedro Crispim, sobre um artista circense que tenta reconquistar o ex-companheiro, envolvido com uma malabarista. A sessão começa às 20h e é gratuita.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSaavedra: STF arquiva ação e trem segue sem restrição de horários em Joinville https://t.co/tiZS6eRhCY #LeianoANhá 27 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFesta das Flores atrai 84 mil visitantes neste ano em Joinville https://t.co/CjByyBucPE #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca