Com foco em novos artistas e 100% independente, segunda edição da Parque Gráfico terá 60 expositores - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

projeto busca apoio 17/05/2017 | 03h01Atualizada em 17/05/2017 | 10h26

Com foco em novos artistas e 100% independente, segunda edição da Parque Gráfico terá 60 expositores

Feira de arte impressa ocorre de sexta (19) a domingo, em Florianópolis

Com foco em novos artistas e 100% independente, segunda edição da Parque Gráfico terá 60 expositores Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A primeira Parque Gráfico, em maio de 2016, colocou Florianópolis na rota das feiras de arte impressa, recebeu 5 mil pessoas e resultou em R$ 100 mil reais em vendas de produções gráficas e publicações independentes. Um ano depois, a segunda edição do evento vai reunir novamente os apaixonados por design, papel e os formatos possíveis – gravuras, zines, quadrinhos, lambe-lambes, panfletos, livros, postais e o que mais a imaginação permitir. A feira ocorre de sexta-feira (19) a domingo, no Museu da Escola Catarinense (Mesc), no Centro.

O evento é comandado mais uma vez pela designer Camila Petersen, que nesta edição conta com a ajuda da produtora Nina Bamberg. O formato segue intacto – há a seção expositiva normal e a parquinho, voltada para o público infantil, além de uma programação com 17 cursos e oficinas em parceria com a Faferia. Diferentemente da edição de estreia, que foi contemplada pelo Edital Elisabete Anderle, desta vez a feira é 100% independente – quem quiser apoiar o projeto pode colaborar com qualquer valor por meio de doação online, transferência ou depósito bancário. Os dados e demais informações estão no site do projeto

— Há um investimento porque eu acredito que é importante para a sustentabilidade e permanência do evento no calendário anual — aposta Camila.

Primeira edição reuniu 5 mil pessoas no Mesc Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

São 60 expositores, seis a mais do que no ano passado, e sete deles convidados. No geral, os trabalhos foram selecionados com base em alguns critérios como baixa tiragem, fabricação artesanal e valor artístico. Já o grupo de convidados – Arnaldo Petrazzini; Bruna Granucci; Fernanda Volkerling; Insólito, Inerte, Insípido; Julia Brustolin & Pedro Brucznitski; Mamapá e Thales Fialla – foi definido a partir de um ponto de partida: nunca ter exposto ou ter exposto em poucos ou pequenos eventos.

— A gente focou em novos artistas. Todos os convidados são pessoas que estão começando a se arriscar no mundo das artes gráficas e, por isso, precisam de um empurrãozinho. E mesmo na curadoria-geral dos selecionados tivemos uma preocupação de trazer gente nova para esta edição — explica Camila.

Um dos expositores que estarão pela primeira vez na feira é a Plutão Prints, comandada por Luiza Ramos e Babi Carvalho. A dupla de designers cria pôsteres, impressos e ecobags com frases divertidas – como trechos de músicas de pagode – e lettering (letras desenhadas).

— Começamos a pensar a respeito no ano passado, quando acompanhamos a primeira edição da feira. Tinha muita gente incrível expondo seus trabalhos e uma diversidade tão grande que era difícil escolher o que levar para casa. Plantou uma sementinha na nossa cabeça. Depois disso começamos a acompanhar os outros expositores e eventos de arte impressa e impressos independentes e agora estamos ansiosas para nossa estreia — conta Luiza.

Trabalhos da Plutão Prints Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Apenas 25% dos expositores da atual edição participaram da feira no ano passado. Nomes já conhecidos do público que frequenta esse tipo de feira pelo Brasil, como Pipoca Press e Lote 42, retornam. Há também expositores internacionais, como Vital Lordelo, de Portugal, Gráfica Olia Presión, da Bolívia, e Microutopias, do Uruguai.

No estacionamento lateral do MESC haverá ainda a intervenção da Kombi El Clandestino, galeria de arte de Joinville que selecionou obras de alguns dos seus artistas, em diversos suportes e linguagens e valores acessíveis. 

Agende-se
O quê
: Parque Gráfico - Feira de Arte Impressa
Quando: de sexta-feira (19) a domingo (21). Na sexta, das 16h às 19h, no sábado e domingo, das 13h às 19h
Onde: Museu da Escola Catarinense – MESC (Rua Saldanha Marinho, 196, Centro, Florianópolis)
Quanto: A entrada é gratuita. Alguns expositores aceitam cartão, mas a dica é levar dinheiro

Leia mais:

Veja a programação formativa completa da Parque Gráfico 

Vale a pena conhecer: veja alguns expositores de SC que estreiam na Parque Gráfico 

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTrecho da rua Dona Francisca em Joinville tem interdição total para obras até sexta-feira https://t.co/8W76WRRtwU #LeianoANhá 58 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOperação combate o contrabando de cigarros em Santa Catarina https://t.co/fcZbcoaMTY #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros