Rei do Electropop:  David Guetta volta a Florianópolis para show sábado no P12, em Jurerê  - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Clube do Assinante04/11/2016 | 14h00Atualizada em 04/11/2016 | 14h00

Rei do Electropop:  David Guetta volta a Florianópolis para show sábado no P12, em Jurerê 

Em entrevista, DJ contou sobre um dos melhores momentos de sua carreira: a crianção da música-tema da Eurocopa 2016

Rei do Electropop:  David Guetta volta a Florianópolis para show sábado no P12, em Jurerê  David Collaço/Divulgação
Show de Guetta faz parte da comemoração de aniversário dos 20 anos do Grupo Novo Brasil  Foto: David Collaço / Divulgação

Famoso, top, pop, premiado: David Guetta coleciona sucessos e adjetivos. DJ responsável por transformar o Electronic Dance Music (EDM) no maior movimento jovem do mundo, ele volta a Florianópolis sábado para novo show. Sócios do Clube do Assinante têm 20% de desconto. Dessa vez ele apresenta faixas do último álbum, Listen (2014), além do recém-lançado single Would I Lie To You, produzido com o DJ Cedric Gervais e o cantor Chris Willis, parceiro de longa data.

O DJ e produtor de 48 anos apresenta também aquelas clássicas de tantos verões: I Gotta Feeling, When Love Takes Back, Sexy Bitch, Hey Mama, Who¿s That Chick?, além de This One¿s For You. O evento marca os 20 anos do Grupo Novo Brasil. Os DJs brasileiros Doozie, Bruno Martini, Assadii e Ely Yabu também assumem as picapes.

Em entrevista por e-mail, ele disse preferir criar novas músicas com calma a sofrer com a pressão do mercado de lançar coisas novas o tempo todo. Confira:

Você faz muitas pesquisas musicais para se inspirar? Por exemplo, escuta o tem tocado no resto do mundo? Ou prefere seguir tua sensibilidade?

Gosto de ouvir todo tipo de música, o máximo que seja possível. Há tantas maneiras diferentes de criar, isso significa que há um monte de estilos diferentes também.

Onde você acha que as pessoas devem sentir a música: no coração, no cérebro ou no corpo? Como acha que a música eletrônica toca as pessoas?

Todos sentem a música de uma maneira diferente. Algumas pessoas ficam mais tocadas do que outras por uma determinada canção. Eu acho bom que as pessoas têm sua própria emoção para a música, e ninguém deve jamais mudar isso.

Você trabalha como DJ, produtor e intérprete com outros artistas. Qual desses papéis mais gosta?

Sempre que tenho alguns dias de folga, gosto muito de produzir no meu estúdio. Mas é realmente todo o processo de criação de uma faixa, de tocá-la durante um de meus sets e, em seguida, executá-la com um grande artista que eu gosto. Todo esse processo é algo que eu realmente vivo.

O que você acha que um artista deve fazer para continuar evoluindo?
Acho que todo artista deve estar sempre à procura de novos estilos e formas de criar música. Enquanto você explorar outros gêneros e continuar pesquisando, irá se reinventar ao longo do tempo.

Nesses tantos anos de carreira, quais foram os pontos altos e baixos até agora?
Um dos melhores momentos da minha carreira foi poder criar recentemente a canção oficial para o Campeonato Europeu de Futebol 2016. Foi uma honra e realmente fez o meu ano melhor.

Você acabou de lançar um novo single. Existe algum tipo de pressão para lançar novos sons? Você se dá esse tempo?

Não há nenhuma pressão para lançar novas músicas. Em minha opinião, tudo que é feito com pressa não é tão bom quanto as coisas normais. Acho que boas produções precisam de tempo e, portanto, nunca sinto pressão para novos lançamentos.

Você tem algum ritual antes dos shows?

Eu não tenho um ritual específico, mas tenho certeza que estou bem preparado para tudo. Além disso, acredito que é importante sentir a atmosfera de um festival ou evento antes de começar a performance.

Claro, você está de volta a Florianópolis e o público daqui adora. O que te faz voltar sempre?

Considero o Brasil um dos países mais bonitos do mundo e adoro atuar aqui. Florianópolis é um belo lugar e o público nunca desaponta.

Agende-se
O quê: show de David Guetta (abertura com os DJ¿s Doozie, Bruno Martini, Assadii e Ely Yabu
Quando: sábado, a partir das 12h (abertura da casa). Show previsto para depois das 18h
Onde: P12 (Rua José Cardoso de Oliveira, s/n, Jurerê, Florianópolis)
Quanto: R$ 150 (fem) e R$ 180 (masc). Ingressos para pista VIP esgotados. À venda via Ingresso RápidoSócios do Clube do Assinante têm 20% de desconto.
Informações: (48) 3284.8156

Leia também
Por dentro das artes: 7 exposições em cartaz em novembro em Florianópolis
9 eventos para curtir no fim de semana em Santa Catarina
17 shows nacionais e internacionais para curtir em novembro em Santa Catarina

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia'AN' testa o aplicativo Uber no primeiro dia de funcionamento em Joinville https://t.co/il68udAyxO https://t.co/6WUEYID981há 11 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVagner Mancini será o técnico da Chapecoense https://t.co/QEwIhlRC03há 19 horas Retweet
  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros