Rubens: Navegador Amyr Klink vai abrir o 5º Encontro Catarinense de Escritores em Joinville - Anexo - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Orelhada 02/11/2017 | 05h00Atualizada em 02/11/2017 | 05h00

Rubens: Navegador Amyr Klink vai abrir o 5º Encontro Catarinense de Escritores em Joinville

Evento, marcado para 24 e 25 de novembro, elege a literatura de viagem e aventura como mote

Rubens: Navegador Amyr Klink vai abrir o 5º Encontro Catarinense de Escritores em Joinville Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Sugerir aguardar um evento literário com o espírito aventureiro em dia não é descabível para quem gosta de viver fortes emoções por meio da leitura. Mas a indicação vem a calhar quando o 5º Encontro Catarinense de Escritores — marcado para 24 e 25 de novembro, na Associação Empresarial de Joinville (Acij) — elege a literatura de viagem e aventura como mote. O roteiro terá como principal nome o velejador Amyr Klink (foto), que abrirá os trabalhos e falará de suas aventuras pelos mares e pela autoria de livros. Outros convidados serão o casal catarinense Michelle Weiss e Roy Rudnick, que viajam o mundo a bordo de uma caminhonete; o jaraguaense Charles Zimmermann, que já rodou vários países de bicicleta; e o coach e "mochileiro" Jonas Tilp. Confirmado também está Rodolfo Pinto da Luz, presidente da Fundação Catarinense de Cultura, que falará sobre academias e outras entidades literárias no desenvolvimento da literatura. Aliás, o evento é promovido pela Associação das Letras de Joinville, em parceria com a Assembleia Legislativa, por isso a entrada é gratuita. Porém, o número de vagas é limitada, e a inscrição é necessária pelo link que se encontra na página do evento no Facebook.

Sem eletricidade

Jeancarlo
Foto: Juliana Deretti / Divulgação

Nasceu para o público uma nova banda joinvilense — ou quase isso. A Cachorro do Mato é, na verdade, um projeto do músico Jeancarlo Reeck (foto), velho conhecido da cena local como baixista das bandas Bendito Bem, Carbonarantes e Somecents, entre outras. Ao lado do "braço direito" Paulo Jr. — guitarrista da Napkin, Sylverdale e Carbonarantes —, ele concebeu um trabalho baseado no indie folk, no qual melodias doces e letras emotivas são sustentadas por violões e percussão esparsa. Essa iniciativa acústica estreia em dose tripla: além do show de ontem, na Ajote, um EP de quatro faixas, que sai em formato físico e logo estará disponível na internet; e o videoclipe de "A Volta", gravado no Teatro CNEC e com a bailarina Yasmin Gonçalves, do grupo Studio Arte D, em cena. Ele está no site do "AN" para degustação geral.



Herói na melhor forma

Enquanto a Marvel/Disney produzir filmes como "Thor: Ragnarok", as palavras "blockbuster", "entretenimento" e "escapismo" serão periodicamente remendadas e bem polidas por mãos capazes de oferecer boa diversão inconsequente até para quem jamais leu um gibi na vida. Em cartaz em Joinville e Jaraguá, o filme começa como uma comédia, continua alternando humor e grande ação com diálogos afiados e chega ao clímax incorrendo na tragédia. É um Thor diferente, (bem) menos sério mas ainda determinado, e que só ganha ao cruzar com Cate Blanchett, Jeff Goldblum e Mark Ruffalo pelo caminho. Quem torceu o nariz para os dois longas anteriores do herói gostará de saber que este terceiro capítulo passa por eles no melhor estilo "Hulk esmaga!".

Confira outras colunas de Rubens Herbst.
Leia as últimas notícias de Joinville e região no AN.com.br. 

Cheios de inspiração

banda somaa, de joinville
Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Apreciem aí na foto o trio joinvilense Somaa dentro do Estúdio Costella, em São Paulo, onde passou os últimos dias gravando seu primeiro disco completo (após três EPs e um split). O novo trabalho está aos cuidados de Gabriel Zander, produtor de álbuns dos Autoramas e Vivendo do Ócio, entre outros, e contará com músicas já tocadas ao vivo (como Gula) e outras totalmente inéditas. Título e número de faixas ainda são uma incógnita, mas é quase certo que o disco sai no primeiro semestre de 2018.

Frase

O diretor e cineasta Thiago Di Mello, o ator Klebber Toledo e a mãe do goleiro Danilo, Dona Ilaídes Padilha, durante a coletiva de imprensa de lançamento do filme ¿O Goleiro¿
Foto: Divulgação / Divulgação

"O filme vai mostrar o que o Danilo viveu, as dificuldades que enfrentou e como venceu até chegar no auge de sua carreira. Queremos deixar um legado para que essa história jamais seja esquecida. Além de Danilo, esse longa-metragem será uma homenagem a todos aqueles que partiram, mas que nos deixaram belas lições."

Thiago Di Mello, diretor de "O Goleiro", que contará a trajetória de Danilo, uma das 71 vítimas do acidente com o voo da Chapecoense, há um ano. O filme foi anunciado na terça-feira, em coletiva que reuniu o cineasta (à esquerda), a mãe do atleta e o ator Klebber Toledo (centro), que interpretará Danilo. Em pré-produção, "O Goleiro" deve estrear no final de 2018.

A Notícia
Busca