O que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região - Anexo - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

 

Guia + AN28/07/2017 | 14h59Atualizada em 28/07/2017 | 14h59

O que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região

Últimos dias do Festival de Dança de Joinville estão entre as atrações

O que tem para o fim de semana: confira o que fazer em Joinville e região Reprodução/Jaqueline Tkac/Arte
Foto: Reprodução / Jaqueline Tkac/Arte

Sábado, 29 de julho

 16ª Feijoada Beneficente do Rotary Club de Joinville - Colon
Quando:
sábado, 29 de julho, das 11h30 às 14h30.
Onde: Sítio Novo - avenida Santos Dumont, 7770, Joinville.
Quanto: R$ 40 por pessoa (ou por marmita, se for retirar no local). Crianças até 10 anos pagam R$ 15. Haverá venda na hora do evento.

Jéca é tu - Festa Julina na São João
Quando:
sábado, às 20h30.
Onde: Comunidade São João XXII - rua Alexandre Simas, 120, Iririú, Joinville.
Quanto: entrada gratuita.

Show The Beatles – A História por trás das canções
Quando: sábado, às 19 horas.
Onde: piso térreo do Shopping Mueller - rua Pedro Lobo, s/n - Centro, Joinville.
Quanto: gratuito.

Forróbodó dos Campeões
Quando: sábado, às 22 horas.
Onde: Porão da Liga - rua Jaguaruna, 100, Centro, Joinville.

Ressaca - Edição Rússia
Quando: sábado, às 23 horas.
Onde: Let It Be Pub - rua Visconde de Taunay, 586, Atiradores, Joinville.
Quanto: R$ 15 ou R$ 50 com consumação.

Domingo, 30 de julho

Feijão e Doação - Centro de Engenheiros e Arquitetos de Joinville
Quando:
domingo, das 11 às 15 horas.
Onde: restaurante Emmendörfer - rua Max Colin, 1483, América, Joinville.
Quanto: R$ 40. Crianças de até 12 anos de idade não pagam.

Pixel 0800: brechó e antiguidades, música e comidas
Quando: domingo, das 15 às 21 horas.
Onde: Bar Pixel - rua Ministro Calógeras, 178, Centro, Joinville.
Quanto: entrada gratuita. 

Concerto de Órgão de Tubos, com Elisa Freixo
Quando:
domingo, às 20 horas.
Onde: Igreja da Paz - rua Princesa Isabel, 438, Centro, Joinville.

Sábado e domingo, 29 e 30 de julho

Espetáculo A farsa do juiz, ou as peripécias de João Brás, com Coletivo Plateia Livre

Foto: Divulgação / Casa Iririú

Quando: sábado e domingo, às 20 horas.
Onde: Casa Iririú - rua Guaíra, 634, Iririú, Joinville.
Quanto: entrada gratuita.

Confira as atrações do 35º Festival de Dança de Joinville: 

Non Stop, com Cia Híbrida - Mostra Contemporânea
Quando:
sábado, às 17h30.
Onde: Teatro Juarez Machado - avenida José Vieira, 315, América, Joinville.
Quanto: R$ 24. 

Palcos Abertos

Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Feira da Sapatilha: até sábado, às 11h, 13h, 16h, 18h e 19h30.
Praça Nereu Ramos: até sábado, às 12h, 13h30, 15h, 16h30 e 17h30.

Feira da Sapatilha

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Quando: até sábado, das 10 às 22 horas.
Onde: Expocentro Edmundo Doubrawa - avenida José Vieira, 315, América, Joinville.
Quanto: entrada gratuita.

Visita aos Bastidores
A curiosidade do público de saber o que tem por trás dos palcos é revelada no Visitando os Bastidores. O visitante pode conferir as coxias, camarins, estrutura de som e luz, e tudo o que ocorre em um espetáculo. Para participar, basta se inscrever no balcão de informações do Festival de Dança de Joinville. As visitas são realizadas todos os dias, até 29 de junho, das às 13 às 17 horas.

Pedalando por Joinville

Foto: Divulgação / M. Artur Fotografia e Eventos

O Festival de Dança de Joinville também promove um pedal pelo Centro de Joinville. A equipe do PedalTur acompanha os visitantes num passeio de uma hora e trinta minutos. O serviço de locação de bicicletas custa R$ 35 e fica à disposição dos visitantes, ao lado do Centreventos Cau Hansen, nos horários: 9h, 11h, 14h e 16h. 

Exposição 100 anos sem degas
Quando: até este sábado.
Onde: Foyer do Teatro Juarez Machado - avenida José Vieira, 315, América, Joinville.

Exposições

Exposição Ápice, do fotógrafo Chico Maurente
Quando: até 30 de julho, das 10 às 22 horas.
Onde: Garten Shopping - avenida Rolf Wiest, 333, Bom Retiro, Joinville.
Quanto: visitação gratuita. 

Schwanke - Circuito Expositivo: 
desenhos, colagens, pinturas, esculturas e instalações formando o conjunto de 204 obras representando o pensamento artístico predominante de Luiz Henrique Schwanke (Joinville, SC 1951 – 1992). Cada espaço apresenta aspectos específicos da obra do artista e marca os 25 anos da sua ausência. Do acervo de cerca de quatro mil obras, 200 obras estarão expostas nos três locais, 130 nunca apresentadas. A curadoria é de Rosângela Cherem com os co-curadores Carlos Franzoi e Camila Ramos. 
Quando e onde: no Instituto Internacional Juarez Machado, até 4 de agosto, de terça-feira a sábado, das 10 às 19 horas; na ACIJ, até 18 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 10 às 18 horas; no Museu de Arte de Joinville, até 20 de agosto, de terça-feira a domingo, das 10 às 16 horas.
Quanto: entrada gratuita. 

Exposição multimídia Máquinas do Abismo: exposição composta de colagens digitais impressas, videoarte, instalação sonora e instalação de objetos. Elaborada a partir da descrição de máquinas imaginárias, esboçadas em colagens digitais feitas com desenhos de patentes do início da Revolução Industrial, faz um contraponto entre mecanismos, soluções técnicas, materiais industriais e a incapacidade de sua utilização.
Quando: até 30 de agosto, das 10 às 16 horas.
Onde: Anexo 1 do Museu de Arte de Joinville - rua XV de Novembro, 1400, América.
Quanto: gratuito.

Exposição O sambaqui pelo olhar de uma criança: exposição composto de desenhos, maquetes e peças em argila produzidas por crianças do CEI Maria Laura Cardoso Eleotério.
Quando: até 31 de agosto das 10 às 16 horas.
Onde: Museu Arqueológico de Sambaqui - rua Dona Francisca, 600, Centro, Joinville.
Quanto: gratuito.

Exposição Entre fios e tramas: exposição de trabalhos produzidos por alunos do curso de tecelagem da Escola de Artes Fritz Alt, da Casa da Cultura Fausto da Rocha Júnior.
Quando: até 7 de agosto, das 10 às 16 horas.
Onde: Galeria de Arte Victor Kursancew, na Casa da Cultura Fausto da Rocha Júnior - rua Dona Francisca, 800, Saguaçu, Joinville.
Quanto: entrada gratuita.

Exposição Dançando com o tempo: memórias do Festival de Dança: exposição com 36 painéis que reproduzem reportagens jornalísticas produzidas ano a ano, desde a criação do evento, em 1983, e que trazem momentos marcantes de cada edição.
Quando: até 29 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.
Onde: Arquivo Histórico de Joinville - avenida Hermann August Lepper, 650, Saguaçu.
Quanto: gratuito.

 
A Notícia
Busca