Estímulo Mostra de Dança apresenta coreografias de grupos que se destacam nos palcos do Festival - Anexo - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Atrações do Festival20/07/2017 | 07h36Atualizada em 20/07/2017 | 07h36

Estímulo Mostra de Dança apresenta coreografias de grupos que se destacam nos palcos do Festival

CEP em Artes Basileu França, de Goiânia, e Cia. Eliane Fetzer, de Curitiba, são os grupos convidados para esta edição, que começa nesta quinta-feira

Estímulo Mostra de Dança apresenta coreografias de grupos que se destacam nos palcos do Festival Divulgação/Divulgação
Espetáculo Concerto de Outono, da CEP em Arte Basileu França, abre a Estímulos Mostra de Dança Foto: Divulgação / Divulgação

Grupos e companhias de dança com conquistas entrelaçadas à história das 35 edições do Festival de Dança de Joinville voltam aos palcos do evento para apresentar espetáculos inéditos a partir desta quinta-feira. Convidados de honra para a Estímulo Mostra de Dança, que reconhece os destaques dos anos anteriores do maior evento de dança do mundo, o Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França, de Goiânia, e a Cia Eliane Fetzer, de Curitiba, realizam apresentações completas no Teatro Juarez Machado.


Cão sem Plumas leva emoção e crítica social à abertura do 35º Festival de Dança de Joinville

A mostra paralela será aberta às 17 horas com o espetáculo Concerto de Outono e Labirinto, da CEP em Arte Basileu França. Presente no Festival há dez anos, a companhia venceu oito categorias da Mostra Competitiva somente nas duas últimas edições, entre elas o de melhor conjunto de balé clássico no ano passado.Com coreografia de Binho Pacheco e direção artística de Simone Malta, 16 bailarinos apresentam um espetáculo dividido em dois atos. 

Na primeira parte, Concerto de Outono, o corpo de balé retrata a estação do ano conhecida como a época de transição entre os extremos de temperatura do verão e o inverno. A apresentação é ritmada com o Concerto para Violino de Tchaikovsky. Na segunda parte da noite, aos passos de Labirinto, os bailarinos acordam em meio a um extenso labirinto, a ser percorrido entre atalhos e armadilhas. 

O Teatro Juarez Machado volta a receber a Mostra Estímulo no dia 27. Na data, será a vez dos bailarinos da companhia curitibana Eliane Fetzer encantarem o público. A escola foi premiada três vezes entre os anos de 2015 e 2016, com prêmios solo e, em conjunto, no gênero jazz. O espetáculo escolhido é Dois Olhares, que levará 17 bailarinos ao palco em 40 minutos de dança.

Entenda por que o Festival de Dança de Joinville é o mais importante do Brasil

Segundo o grupo, Dois Olhares tem o objetivo de mostrar que não vivemos em uma sociedade homogênea e é preciso entender expressões diferentes. Ambientado na década de 1920, a encenação do balé retrata um período no qual a mulher lutava por seus direitos e descobria seu verdadeiro valor na sociedade. Entre as conquistas elencadas pelo espetáculo estão a libertação das mulheres do uso do espartilho, o uso da maquiagem e cortes de cabelos diferentes ao imposto na época, em que o comportamento masculino imperava.


Festival de Dança motivou a criação da Escola Bolshoi em Joinville

Conheça os espetáculos das noites especiais do 35º Festival de Dança

Festival de Joinville divulga selecionados para Mostra Competitiva



Siga A Notícia no Twitter

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros