Tá chegando a hora18/02/2014 | 03h01

Anexo lança série de reportagens sobre os preparativos do Carnaval de Joinville

A partir desta terça-feira até o dia 28 de fevereiro, confira como estão os preparativos dos blocos e escolas de samba para os desfiles deste ano

Enviar para um amigo
Anexo lança série de reportagens sobre os preparativos do Carnaval de Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
Aos poucos o Carnaval de Joinville começa a conquistar seu espaço: na foto a Escola de Samba Unidos pela Diversidade no desfile de 2013 Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS
Aos poucos, o Carnaval de Joinville parece conquistar seu espaço para ficar. Produções e ensaios estão a todo vapor e um ar de sigilo paira sobre as seis escolas de samba da cidade que, pela primeira vez, participarão de um carnaval competitivo, com jurados convidados. Para entrar no clima, o Anexo preparou uma série de reportagens, com entrevistas com os cinco blocos e as seis escolas de samba, que você poderá conferir até dia 28.

Com o tema A Festa é Sua,  a programação do Carnaval de Joinville começa no dia 28 de fevereiro, às 20 horas, com apresentação do grupo Afoxé e, na sequência, a corte do Carnaval e o desfile dos blocos Manda Brasa, Carnaville Folia, Império Joinvilense, Boranda e União Tricolor, com direito a 30 minutos de apresentação para cada um.

No sábado, dia 1º de março, as crianças ganham a vez com o tradicional Baile Infantil de Carnaval, às 15h30 no Sesc. Às 20 horas começa a noite tão esperada, em que as escolas Príncipes do Samba, Dragões do Samba, Unidos do Caldeirão, Grêmio Recreativo Unidos pela Diversidade, Fusão do Samba e Acadêmicos do Serrinha entram na avenida para animar o público com bateria, carros alegóricos, fantasias e muita alegria. Será uma hora de desfile para cada escola.

A festa se encerra com o trio elétrico. A divulgação dos campeões será no dia 2 de março, com premiação de R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500 para os três primeiros lugares e troféu de participação para todas as agremiações.

A expectativa da presidente da Liga das Entidades Carnavalescas de Joinville, Marta Pires Nunes, é ter o dobro de participantes em relação ao ano passado, já que, de acordo com o novo regulamento, cada escola terá no mínimo 250 integrantes e cada bloco 100 foliões. Além disso, com a competição entre as escolas, a possibilidade de aumentar a qualidade do desfile irá colaborar na criação da cultura de Carnaval na cidade.

— Já existia a vontade entre as escolas e se comentava há tempo em ter uma competição como nas grandes cidades, mas só agora foi possível — conta Marta.

A proposta da Lecaj, de acordo com a presidente é realizar um balanço do Carnaval ainda no mês de março e iniciar o planejamento para 2015, principalmente os projetos de captação de recursos, dificuldade unânime entre todas as agremiações. Para este ano, a Prefeitura de Joinville liberou o repasse de R$ 16,5 mil para cada escola e R$ 1,5 mil para cada bloco, valores bem abaixo do esperado pelas entidades. No entanto, a demora na entrega da verba, feita apenas no dia 14 de fevereiro, foi alvo de críticas de muitos integrantes das escolas e blocos.

Neste ano, Marta pretende investir na orientação dos associados para inscrição nos editais de cultura municipais estaduais para arrecadar recursos com antecedência. Para isso, estão programadas orientações sobre os processos, além do investimento maior na divulgação da liga e das entidades ligadas a ela, para que não se limite apenas ao período de Carnaval.

— Eles são verdadeiros guerreiros. Todos que estão envolvidos nas escolas de samba e blocos fazem por amor e pela força de vontade, porque a verba é mínima e não existem pessoas contratadas, eles saem do trabalho, viram noites e finais de semana na produção dos materiais e fantasias— explica.

A resistência em relação ao Carnaval em Joinville ainda é uma realidade. Existe uma dificuldade das escolas e blocos de conquistar novos foliões e de captar patrocínio. Questionada sobre o tema, Marta acredita que é uma situação que poderá mudar, com o apoio da Lecaj, incentivando a projeção dos envolvidos dentro da sociedade, principalmente para desmistificar o conceito que muitos têm sobre o Carnaval:

—  As pessoas são carentes de manifestações populares das quais possam participar. A ideia é divulgar e fazer com que elas conheçam o Carnaval de Joinville.

Notícias Relacionadas

Cultura popular 13/02/2014 | 13h58

Estação da Memória de Joinville terá atividades sobre o Carnaval

O atendimento às escolas funcionará de terça a sexta-feira, às 9 e às 14 horas

Folia 06/02/2014 | 10h20

Esquenta do Carnaval 2014 começa neste sábado em Joinville

Encontro de escolas e blocos será no Parque da Cidade às 15 horas

Folia 24/01/2014 | 10h52

Definida programação do Carnaval de Joinville

Escolas de samba e blocas ganharão um repasse maior do que o ano passado

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga A Notícia no Twitter

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros