A história dos sapatos de sola vermelha, que são verdadeiros objetos de desejo - Anexo D - Cultura e Variedades - A Notícia

Versão mobile

Todas querem01/12/2012 | 18h01

A história dos sapatos de sola vermelha, que são verdadeiros objetos de desejo

Há 20 anos o designer francês Christian Louboutin encanta as mulheres com suas criações

A história dos sapatos de sola vermelha, que são verdadeiros objetos de desejo JUSTIN TALLIS/AFP
Uma exposição no Design Museum, em Londres, fez uma retrospectiva dos 20 anos de carreira de Christian Louboutin Foto: JUSTIN TALLIS / AFP

Essas solas vermelhas dispensam apresentações — principalmente para quem gosta de moda e é louca por sapatos. Elas são mais do que uma assinatura, são o legado de Christian Louboutin, o designer francês que há 20 anos é responsável por criar verdadeiros objetos de desejo para as mulheres, sejam elas anônimas ou famosas.

Aliás, celebridades como Sarah Jessica Parker, Mary-Kate Olsen, Victoria Beckham, Christina Aguilera, Angelina Jolie, Jennifer Lopez, Lady Gaga, Mariah Carey, Katie Holmes e Blake Lively são fãs declaradas de Louboutin e podem ser vistas com frequência desfilando um de seus modelos por aí.

E tanto alvoroço não é apenas por causa do famoso e cobiçado solado vermelho-escarlate. As criações do estilista têm um quê fetichista, com saltos altíssimos, materiais de qualidade e modelos que vão do mais simples e clássico ao mais glamouroso, extravagante e inusitado.

Tamanha criatividade também foi usada por ele para dirigir o espetáculo de uma das principais casas noturnas de Paris neste ano, a Crazy Horse, símbolo do erotismo e da elegância francesa. Além de planejar a apresentação de quatro números de "FEU", musical inspirado nos tempos do cabaré que ficou em cartaz por três meses, Louboutin, claro, vestiu os pés das bailarinas. Após Dita von Teese e a princesa e atriz francesa Clotilde Courau, ele foi o primeiro criador de moda convidado a revisitar o show.

Para celebrar as duas décadas de existência da marca, ele lançou um livro para relembrar sua trajetória ("Christian Louboutin", Editora Rizzoli) e, no início deste ano, apresentou a "Coleção-cápsula: 20 Sapatos para 20 Anos de Christian Louboutin", que faz uma viagem pela história da grife, com detalhes de plumas, laços, pedras e brilhos e design muitas vezes inspirado no universo das performers e dos cabarés que tanto encantam o estilista. Há também releituras de alguns modelos icônicos, como o "Pensèe", o primeiro da grife a ter solado vermelho.

Além disso, em março, inaugurou uma exposição que fez uma retrospectiva dos 20 anos de sua carreira no Design Museum, em Londres, onde os visitantes puderam ver de perto os sapatos mais famosos de Louboutin e conhecer o processo de criação do acessório.

Outra ação de Louboutin que marcou 2012 foi a releitura do sapatinho da Cinderela, mas só algumas privilegiadas tiveram acesso a essa preciosidade. Foram produzidos 20 pares e entregues de presente a celebridades em comemoração à edição de diamante do clássico da Disney. É, Louboutin está com tudo mesmo!




Leia também:

Christian Louboutin é um apaixonado por sapatos

Mariela comprou seu Louboutin para usar no dia do casamento

A NOTÍCIA

Siga A Notícia no Twitter

Mais sobre

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros